Floresta das Neves

Página 2 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Floresta das Neves

Mensagem por Mysterion em Qua 26 Nov 2014 - 18:26

As pessoas nas sombras fizeram ecoar aplausos. Se não fosse já óbvo quem eram, quando se afastaram das árvores e se exibiram ao sol e as neves que caíam se fizeram bem parecer, a sua presença se apossou do recinto. Enquanto Caster aplaudia com calma e refino, seus olhos sempre sobre sua Milady, Azaka era entusiasmada e, apesar da dor que sentia, olhava com empenho e admiração para os dois amigos.

Foi incrível, nya!

Foi bastante agradável. - disse o Servant, que não sabia ter gostado do treino por ser a primeira demonstração de combate que via em séculos, ou se por realmente ter tido algum entretenimento de assistir. Seus olhares sempre recaíam para Miya, como se a admirasse.
avatar
Mysterion

Mensagens : 655
Data de inscrição : 08/05/2014

Ficha do personagem
Nome:: (Caster) Alucard Brunestud
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta das Neves

Mensagem por Gohan em Qua 26 Nov 2014 - 18:41

Jean ficou um pouco espantado ao perceber de quem eram as silhuetas. Estas pertenciam a Caster e a Azaka, que vinham lhes dando os parabéns pelo combate, embora tivesse sido apenas um treino.

-Oh. Boas Azaka-chan e Jack. - levantou a mão as dois sorrindo - Não foi nada de mais...

Miya levantou-se, sacudindo a saia que se havia enchido de neve, olhando Azaka e Jack enquanto Jean lhes acenava, Foi apenas um treino, nada de mais. - sorriu olhando para o Servant.
avatar
Gohan

Mensagens : 472
Data de inscrição : 08/05/2014
Idade : 20
Localização : Behind you!

Ficha do personagem
Nome:: Jean Mustang
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta das Neves

Mensagem por Mysterion em Qua 26 Nov 2014 - 19:15

It's more than i got, my mates. - o máximo de adrenalina que Caster conseguia era em seus pesadelos, repletos de morte, sangue e magia negra. Por mais divertidos que fossem, eram uma experiência diferente da lívida.

Nya, nya. - disse Azaka como se concordasse com a cabeça. - Desculpe por espiar-vos, nya. É que vos vimos e lhe seguimos, nya.

A razão de vos seguir é que, além de sermos stalkers malignos, temos algo sério que precisávamos lhe pedir. - Caster obviamente demonstrava que não gostava de enrolar, gostava de ir directo ao ponto quando abordava pessoas. - Não vou me adiantar a pedir com conversas, faz o diálogo parecer falso. Jean e Milady Miya, com a fechadura da Academia por tempo indeterminado visto que o Concelho Mágico está a procurar intensamente seu cérebro por lá, eu e Kokutou Azaka nos encontramos sem moradia. - ele falava com calma e educação, chegando ao ponto de enfim se ajoelhar na neve com suas roupas negras e brancas, como se referisse a pessoas de estatura superior e não a companheiros. - Eu e Kokutou Azaka precisamos de moradia provisória, por algum tempo até colocarmos nossos pés em algum lugar novamente. Poderíamos, por obséquio, permanecer convosco? Garantimos que faremos nossa presença espectral para que não lhes incomode e que, como fantasmas, sumiremos assim que uma manhã qualquer se faça no horizonte.

Apesar de vir de uma cultura diferente de Jack, Azaka se curvou da mesma forma, pois realmente pensava em Jean e Miya como mestres, assim como pensava de todos, até do próprio Servant.

Nya, nya. Por favor, nya.
avatar
Mysterion

Mensagens : 655
Data de inscrição : 08/05/2014

Ficha do personagem
Nome:: (Caster) Alucard Brunestud
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta das Neves

Mensagem por Gohan em Qua 26 Nov 2014 - 19:55

Então... Vocês viram o treino todo? - Jean ficou um pouco desconcertado por ter sido perseguido e espiado, mas de qualquer modo estava contente porque lhe haviam dito que tinha sido uma boa luta e abriu um largo sorriso.

No entanto, Jack começou a explicar o porque de os terem seguido e Jean começou a carregar o cenho, mas assim que Jack se ajoelhou Jean abriu os olhos e avançou ligeiramente olhando para Miya sem saber o que fazer. Esta devolveu-lhe o olhar, enquanto via se não estava ninguém naquela zona além deles.

Porque raio haveriam eles de se ajoelharem para pedir tal coisa?

-Ham..Hmm! Nao é preciso ajoelharem. - Miya aproximou-se de Jack quase zangada, levantando-o do chão enquanto Jean fazia o mesmo a Azaka.

-Se precisavam de um sitio para ficar podiam ter pedido...normalmente. - disse um por desconcertado com a situação, levantando Azaka enquanto se punha a matutar no assunto.
avatar
Gohan

Mensagens : 472
Data de inscrição : 08/05/2014
Idade : 20
Localização : Behind you!

Ficha do personagem
Nome:: Jean Mustang
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta das Neves

Mensagem por Mysterion em Qua 26 Nov 2014 - 20:04

Uma das poucas vezes que Jack sentiu algo perto de espanto ou surpresa ao chegar naquele admirável mundo novo foi quando Miya se aproximou dele e lhe levantou da neve. Primeiro que, assim como Azaka, não esperava uma reacção daquelas vinda dos companheiros, e segundo que estava um pouco satisfeito que a própria Miya se tivesse dado ao trabalho de lhe levantar. Não respondeu frente ao que parecia ser zanga nos olhos dela, apenas a fitando como sempre, interessado.

Desculpe, nya... - foi tudo que Azaka conseguiu dizer. Ryougi Shiki poderia ser muito casual para exigir que a nekomata se curvasse, mas a família Ryougi e os pensamentos que sua relação servo/mestre havia gerado exigiam aquilo. Além disso, entrara em sintonia com Alucard, que simplesmente respondia aos costumes de sua era, desactualizado. - ... O caralho, nya. - a rapariga sentia por vezes vibrações emocionais e mentais do Servant, e sabia em algum lugar dela mesma que ele odiava se curvar para outras pessoas e sabia perfeitamente que na presente época não se fazia aquilo entre amigos.

Então por que raios ele fazia?

Estou, hum, nya... Má acostumada a pedir coisas, nya. - respondeu ela sem jeito, quase que lembrando a todas que ela ainda não percebia o que era "ser" humana.

Perdão. É, hum... Costumes de onde venho. - disse Caster, mas ele abriu um sorriso sarcástico quando estava frente a frente com Miya, como se gozasse dela por ter lhe levantado. Afinal mostrava outra faceta de sua personalidade. - Milady? Agradeço. - disse com aquele sorriso de humor negro, frio, mas ainda assim amigável. Estava a gozar da exorcista ou assim?
avatar
Mysterion

Mensagens : 655
Data de inscrição : 08/05/2014

Ficha do personagem
Nome:: (Caster) Alucard Brunestud
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta das Neves

Mensagem por Gohan em Qua 26 Nov 2014 - 20:15

-Creio que estamos entre amigos. Se for preciso desenrascamos-vos durante um tempinho. - Miya não entendia bem personalidade de Jack, por vezes galante e agora...parecia troçar dela. Miya apercebeu-se daquele pequeno traço sarcástico, ao que falou de olhos cerrados.

-Ai desenrascamos? - Jean olhou para ela enquanto coçava a cabeça. Não lhe parecia muito boa ideia... -Hm... Hamm... Miya... Nós... Bem.. Só temos dois quartos...

A exorcista voltou a sua expressão natural pensando no assunto, abrindo a boca para falar e fechando-a novamente por duas vezes.

-Temos um sofá... - disse por fim.
avatar
Gohan

Mensagens : 472
Data de inscrição : 08/05/2014
Idade : 20
Localização : Behind you!

Ficha do personagem
Nome:: Jean Mustang
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta das Neves

Mensagem por Mysterion em Qua 26 Nov 2014 - 20:25

Kokutou Azaka pode ficar com o sofá, se aceitarem. Eu não me importo de dormir no chão ou até do lado de fora. - disse logo Caster, garantindo o que era sua função e dando o melhor que pudesse para sua Master.

Jack, nya, vais dormir no chão?

O que esperas, Kokutou Azaka, que revele capacidades sobrenaturais de dormir encostado à parede, como uma obra de arte? É muita gentileza de Jean e Milady Miya nos conceder um tecto. Em segundo lugar, olhe para mim por um instante. Sou feio demais para servir na parede. - Caster podia troçar de outras pessoas, mas ali ficou mesmo revelado que ele preferia troçar de si mesmo e que Jack Seward não detestava ninguém além de Jack Seward.

A pensar bem, nya, o Jack tem razão. Não nos importamos de dormir no chão, nya. Só precisamos de um local onde evitemos chuva.

Correcção, Kokutou Azaka precisa de um local para evitar chuva. Outra correcção, eu não me importo de dormir no chão. Ela é egoísta e egocêntrica e vai querer dormir na cama de vocês se não a jogarem no sofá. - era óbvio que falava aquilo simplesmente para que a nekomata não dormisse no chão, colocava a segurança e bem-estar dela nas mais altas estimas, ao compensar o pouco caso que fazia de si. - Se for preferível que eu durma fora, seja do lado de fora da casa, seja fora da casa mesmo, dormir neste lugar onde estou se necessário, armarei da sombra e da madeira um arado e declararei este meu reino. Só procuramos um local para Azaka.

Kokutou Azaka se calou. Havia um subtexto que apenas os dois podiam perceber.

Ela pode dormir no vosso sofá? E eu posso dormir no vosso chão, ou pelo menos em vosso jardim? Se minha presença for um incomodo, como já disse a Milady Miya na noite anterior, eu me desfaço. - prometeu com a educação de sempre.
avatar
Mysterion

Mensagens : 655
Data de inscrição : 08/05/2014

Ficha do personagem
Nome:: (Caster) Alucard Brunestud
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta das Neves

Mensagem por Gohan em Qua 26 Nov 2014 - 20:55

Jean não estava a gostar da situação... Tanta gente na sua pequena e humilde casa? Lançou um olhar para Miya mas esta estava a fazer beiço...

-Ok. Que seja, podem ficar por lá. - disse abrindo o coração e as portas de sua casa para Azaka-chan e Jack - E não Jack. Não tens autorização para ficar no jardim. Além de não termos um, ia ser de muito pouca hospitalidade fazer algo desse género.

-Por quanto tempo pensam ficar? - perguntou de forma inocente.
avatar
Gohan

Mensagens : 472
Data de inscrição : 08/05/2014
Idade : 20
Localização : Behind you!

Ficha do personagem
Nome:: Jean Mustang
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta das Neves

Mensagem por Mysterion em Qua 26 Nov 2014 - 21:22

Depende. Quando tempo até se fartarem de nós? - perguntou Jack, e logo fez um gesto de continuação. - Dê-nos dois dias. Arranjaremos outro local até lá, nem que seja o Hotel. Só temos que esperar que o Concelho perceba que vigiar a Academia não vai trazer grandes resultados e nos permitam dormir em paz. - garantiu, não queria se estender na hospitalidade.
avatar
Mysterion

Mensagens : 655
Data de inscrição : 08/05/2014

Ficha do personagem
Nome:: (Caster) Alucard Brunestud
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta das Neves

Mensagem por Gohan em Qua 26 Nov 2014 - 21:54

-Bom, têm algo planeado? Iam para algum lado antes de darem uma de stalkers? - comentou fazendo uma graçola devido ao facto de eles os terem perseguido.

-Eu peço desculpa, mas talvez me vá ausentar. Devia ir falar com o Jousuke.
avatar
Gohan

Mensagens : 472
Data de inscrição : 08/05/2014
Idade : 20
Localização : Behind you!

Ficha do personagem
Nome:: Jean Mustang
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta das Neves

Mensagem por Mysterion em Qua 26 Nov 2014 - 22:16

Nosso plano era mesmo vós encontrar. Stalkear foi apenas um feliz incidente a meio. - constatou Caster, que se voltou mais uma vez a observar Miya. - De resto, nosso vagar é eterno como as neves que assolam Fuyuki.
avatar
Mysterion

Mensagens : 655
Data de inscrição : 08/05/2014

Ficha do personagem
Nome:: (Caster) Alucard Brunestud
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta das Neves

Mensagem por Gohan em Qui 27 Nov 2014 - 20:56

-Eu irei então ausentar-me. Peço as minhas desculpa. Se quiserem a Miya mostra-vos a casa, ou então procurem algo para fazer. - e despedindo-se da sua forma habitual saiu da zona levantando um braço - Até logo.

Jousuke. Por onde andas? É o Jean.

_______________________

-Até logo Jean. - despediu-se do rapaz, virando a sua atenção para os outro dois. Apercebendo-se do foco que Jack mantinha sobre ela - E então. Vamos indo?

OOC: A partir de hoje a telepatia vai ficar sempre naquela cor :v
avatar
Gohan

Mensagens : 472
Data de inscrição : 08/05/2014
Idade : 20
Localização : Behind you!

Ficha do personagem
Nome:: Jean Mustang
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta das Neves

Mensagem por Mysterion em Qui 27 Nov 2014 - 21:03

Seria um prazer, Milady Miya. - respondeu Caster de prontidão com o braço cruzado sobre seu peito... Não muito diferente do que um mordomo ou cavalheiro faria. Ele permaneceu de olhos fechados quando falou, o que lhe concedeu uma qualidade austera e suavizou as linhas de sua face.

Nya, nya. Miya-chan, vamos, nya.
avatar
Mysterion

Mensagens : 655
Data de inscrição : 08/05/2014

Ficha do personagem
Nome:: (Caster) Alucard Brunestud
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta das Neves

Mensagem por Gohan em Qui 27 Nov 2014 - 21:56

-Vou mostrar-vos onde é a casa, fica do outro lado da cidade. É um sitio calmo. - disse sorrindo para ambos avançando um pouco esperando que fosse acompanhada.
avatar
Gohan

Mensagens : 472
Data de inscrição : 08/05/2014
Idade : 20
Localização : Behind you!

Ficha do personagem
Nome:: Jean Mustang
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta das Neves

Mensagem por Mysterion em Qui 27 Nov 2014 - 22:06

E ambos acompanharam, Azaka no passo por vezes feliz por vezes tímido, Caster sempre calmo, sempre no controle ao marcar a neve com suas botas.
avatar
Mysterion

Mensagens : 655
Data de inscrição : 08/05/2014

Ficha do personagem
Nome:: (Caster) Alucard Brunestud
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta das Neves

Mensagem por Syaoran em Seg 9 Mar 2015 - 3:51

No meio da floresta nevada foi ouvido um bocejo animal, este tinha sido originário por Vee que olhava para cima.

”Vee ve? Veee veeee ve””O que foi? Estava ocupada.”
”Graaa graa graaaaa gragra””Desculpa grande heroína estamos com problemas”
”Vee?””Que se passa?”

Isto pode parecer estranho vendo os dois animais a comunicarem entre si mas se voltamos atrás algum tempo atrás talvez fique mais claro.
Poucas horas depois de Alibaba deixar Fuyuki indo para Konoha.

”Onde vais?” perguntou Judal vendo o animal ir em direcção à saída do bar
”Vee!””Vou sair!”

E assim saiu do Bar indo dar um passeo que a levou aquele local na floresta.

”Graa gaaa””Vem ai alguém”
”Graaaa gaaaa grarara gararag” - ”Corram deve ser mais um dos humanos”

Eles gritavam tentando correr cada um para o seu esconderijo mesmo sem ter certeza, mas antes que todos pudessem fazer isso o ser que eles sentiam chegar apareceu.

”Vee ve?””Que se passa?”
”Hootgra graarara””Não é um humano”

O alivio abateu-se por todos enquanto todas aqueles animais aves, coelhos e até insectos, apesar do clima, apareciam rodeando o pobre pokemon que estava no seu passeio.

”Vri vri bro””Desculpa, pensávamos que era um humano afinal vens do lado dos humanos”
”Ve veee ve vee ve” - ”Sim, eu vivo com humanos mas vim dar um passeio”
”jra? Jraaa? Jrararaja jrerarjra?” - ”Ele libertou-te? Como? Que tipo de humano?”

Mas antes que Vee pudesse responder mais um daqueles pequenos animais entrou rapidamente no grupo com ar aflito.

”krikrikrikri kri kriririri!””Os gigantes estão a vir para aqui melhor fugimos!”
”Hooot? Grohot? grogrooo!” - ”O quê? Já? Todos escondam-se!”

Sendo puxada a recém chegada foi levada para uma cova e todos tentavam encontrar a sua o mais rápido possível, mas alguns não tinham sido rápidos o suficiente, os mais velhos e sem força tinham sido apanhados a tentar escapar e assim que foram vistos pelos maiores e mais fortes animais Ursos-lobos, deixaram-se ficar para não porem os resto já em segurança em risco.

”Ghraaaaa ghraararaa? Grhahrahhrha ghrahra grahrhagra””Apanhamos alguns onde será que estão os outros? Nós só queríamos brincar também, mas se os outros não aparecerem não vai ser tão divertido e quando não nos estamos a divertir estamos com fome.”

Aqueles animais grandes e fortes ameaçavam os infelizes que tinham sido apanhados já os cercando. O espirito heróico daquela Eevee veio ao se cima e mesmo colocando-se em perigo saiu do seu esconderijo se atirando para o meio do circulo feito em torno dos apanhados.

”Veee vee!””Deixem-lhos em paz!”
”Ghragragrag ghraaaaa ghraaaraara? Ghra?” - ”Hooo uma heroína saiu do seu buraco mas vai acabar na boca do lobo? Urso?”
”Vee! - ”Fujam!”

Com a ordem o animal olhou em volta ainda cercada e olhou n os olhos de todos os que lhe cercavam, fez beicinho e esbugalhou os seus olhos e nesse exacto momento fora possível ver corações rosa a saírem dos olhos do agressores que se distraíram o tempo suficiente para os que estavam encurralados e escondidos para fugir dali.
Assim que o efeito passou todos eles voltaram a si tendo apenas o pokemon no seu centro e mais ninguém por perto todos os outros tinham escapado

”Graa! Ghraaaghraaghraa ghra ghraaa!””Maldita! Vamos ter de nos satisfazer apenas contigo prepara-te para ser devorada!”

Prepararam o impulso para saltar sobre Vee mas com um pequeno pulo e as suas patas se brilharem ela criou um buraco rapidamente fazendo todos eles baterem uns nos outros enquanto ela fazia um túnel até fora daquele centro, mas assim que veio a superfície todos aqueles predadores a viram e a corrida começou.
Corre entre ramos, caídos, raízes subidas, arvores caídas até tentou perde-los por neve mais alta mas nada até que quando saída de uma dessas zonas caiu num lago ainda por congelar acabando toda molhada mas ainda com os animais atrás de si se apressou para sair da água gelada e entrou nuns arbustos mas no outro lado estavam eles já a sua espada.

” Veee veee vee ve. Veee vee!””Parece que vou ter de mostrar o meu verdadeiro lado. Aqui vou eu!”
”Ghraa graa? Ghraaa ghraa!!””Que é isto? Ela transformou-se fujam!”

Ao sair do outro lado da vegetação tinha sido coberta de folhas e neve e depois de dizer que ia lutar começou a criar uma bola negra na sua frente com intenção de os atacar, mas com aquele aparato todo aquela nova forma que os agressores viram era estranha para eles um monstro de folhas e neve que começava a criar uma esfera negra fora o suficiente para assustar e os por em fura.

”Vee?””O quê?”

Perguntou-se porque eles tinham fugido desfazendo o ataque e depois voltou atrás até ao lago por congelar vendo o seu reflexo na água percebendo porque eles tinham fugido e com uns abanões se desfazendo de todo o aparato.

”Kri kri kri! Kri kri!””Ela conseguiu! Ela fez os fugir!”
”gr agra gr agra gra graaa” - ”Grande Heroína, salvaste-nos daqueles monstros, estaremos extremamente agradecidos e estarás sempre bem vinda.”

E assim acabou aquela aventura que levou aos menores e mais fracos animais da floresta a verem como uma heroína.

”Vee porque estás toda molhada? O que andas-te a fazer?” perguntou o mago ao ver a eevee encharcada a entrar no bar
”Vee? veeee””Eu? Nada.”
avatar
Syaoran

Mensagens : 749
Data de inscrição : 18/05/2014
Idade : 23
Localização : Matosinhos

Ficha do personagem
Nome:: Alibaba Saluja
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta das Neves

Mensagem por Hiroby em Ter 12 Maio 2015 - 21:06

* Another flashback *




Ah, o ar frio da nostalgia... Ou melhor dizendo, das florestas tão enevoadas de Fuyuki.

O jovem Edward Arques sentiria falta daquilo no mais profundo de seu âmago, mas no momento não considerava favorável aos seus planos a ideia de permanecer em Fuyuki. E por isso ele estava ali, aproveitando seus últimos momentos dentro daquela floresta, colhendo morangos, junto de Bonn Clyde e do ainda desfalecido Shiroi.

- Sabe, os morangos de Fuyuki sempre são os mais vermelhos e há uma razão para isso. Locais frios sempre possuem morangos mais vermelhos. Talvez o sangue humano seja mais vermelho aqui. 

E mordiscou um dos morangos com delicadeza. Um tanto de sumo escorreu para fora de sua boca e ele pôs-se a limpar, sem perder a calma. Respirou aquele ar frio e lançou um sorriso ao corvo, que também aproveitava para comer alguns morangos. Aqueles frutos também o levavam a momentos de nostalgia, não muito bons, na busca pela sobrevivência em um ambiente tão vasto de criaturas variadas como Fuyuki. Todo um diálogo telepático começou a se passar entre eles.

- Quando eu era criança, eu tinha tanto amor à vida. Com o tempo, cada pessoa que cruzou meu caminho foi desconstruindo esse meu amor. Toda a minha contemplação à natureza foi-se perdendo com os anos... Mas a natureza é sábia, Bonn Clyde. Não sei como criou algo como o ser humano. Eu o devia considerar repugnante por ser humano, mas não consigo, pois sei que nesses tantos anos como corvo, acabaste perdendo muito da sua essência original. A natureza reconstrói os seres. Nossa dita racionalidade nos levou a crer que superávamos a natureza, mas na verdade, só a destruímos. Hoje, a destruição é ainda mais clara, tudo por um dito progresso que nunca parece se mostrar completamente útil. O que faremos quando alcançarmos os confins do Universo? Acredito que nada muito interessante. O que pensas sobre isso?

- A natureza é uma essência neutra. De certa forma é como a magia. Tanto desconstrói quanto o processo contrário... E nisso encontramos a mutabilidade dela. A humanidade é dada a ser fixa, pois por mais que mostre suas novas obras, ela nunca perde sua mentalidade clássica. Tudo que os humanos fazem hoje é como se fosse um fetiche modernizado de costumes antigos.

- Um comentário bem divertido, por acaso. E o que nós seriamos dentro do ciclo existencial humano?

- Humanos. De qualquer forma, nós seguimos esses costumes e pouco nos desprendemos deles.

- Mais um ponto para você! Será que consegue chegar onde eu quero chegar?

- A necessidade da humanidade seguir os passos da mutabilidade da natureza para conseguir um desenvolvimento correto e justo?

- Quase. Do jeito que somos, alcançaríamos o Darwinismo social.

- Então, o que queres dizer?

- Bonn Clyde, seja meu apóstolo. Reformularemos as regras do mundo humano! Nós seremos a natureza que a humanidade precisa, mas antes de tudo, precisamos nos instituir como servos entre os deuses e em seguida, começar a destruí-los, um por um. Não sei como faremos isto, mas isso é a maior necessidade para a existência dos humanos. Precisamos de novos deuses para criar novos humanos! Esta velha regência existente só trouxe o fracasso para todos.

- Mas acabaria por matar todos os deuses?

- Não. Restaria uns dois ou três... Eu não conseguiria matar Dionísio. 

- E depois que matássemos os deuses, como teríamos certeza de que os novos deuses poderiam mudar a humanidade?

- Ora, porque nós seríamos deuses!

- Isso até que tem lógica...

- Mas então, o que me dizes?

- O que receberia com isto?

- Que tal poder divino e quase tudo que fosse possível?

- Um corpo novo?

- Acredito que isso se inclua muito bem à tal ideologia.

- Aceito.

Houvera muito receio em sua aceitação, mas decidira dizer aquilo. O antigo Edward Arques havia sido aniquilado pelo poder do vazio... Ele parecia o mesmo de sempre, mas a sua filosofia parecia perder parte da sanidade comum. Ele não almejava mais coisas bem simples, mas sim o impossível. Perdeu-se numa destruição de boa parte das suas filosofias de tom mais materialista para uma visão muito utópica. Estava perdido, e o Corvo sentia que ele também se perderia com aquilo. Mas o que poderia fazer? Ninguém mais se importaria em plenitude com a visão dele. Talvez ele continuasse mais normal nos seus outros pontos de vista, mas do que valeria com tamanhos planos dignos de epopeias?

Nada mais poderia fazer Bonn Clyde, além de seguir seu mestre e esperar o sucesso de seus planos. Tentaria se mostrar um bom conselheiro no que fosse possível, mas não tinha certeza alguma do que o futuro os aguardava. O bastardo voltaria para o braço de seus conhecidos... Ou acabaria por perder a vida antes disto?

Após os diálogos telepáticos se cessarem, Edward disse.

- Não sei por quanto tempo mais o Shiroi ficará desmaiado. Bem, só para que ele não acorde por mais uns tempos... 

E deu um pontapé na cabeça de Shiroi. Um tanto de sangue escorreu com o chute.

- Nunca me dei ao luxo de analisar isto, mas agora comprovo que as pessoas que moram em Fuyuki tem mesmo o sangue mais vermelho do que o normal. - disse ironicamente, começando a acender um cigarro. - Agora vamos às montanhas... Antes de sairmos de Fuyuki, tenho uma missão ao senhor.

O Corvo teve ainda mais certeza que Edward perdera a sanidade. Ainda sim, não perdera o senso de humor.
avatar
Hiroby

Mensagens : 157
Data de inscrição : 09/05/2014
Idade : 18
Localização : Acrelândia

Ficha do personagem
Nome:: Edward Arques
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta das Neves

Mensagem por Syaoran em Sab 23 Maio 2015 - 22:25

Vee havia chegado ali a algum tempo e perguntando o que aqueles animais que a viam como heroína queriam, apesar da sua conversa parecer duas pessoas a falarem para o resto eles apenas diziam Omonotopeias.

”Então que querem de mim?” –  perguntou a Eevee novamente depois de não receber resposta

”Eles voltaram de novo e levaram alguns de nós, eles disseram que não nos queriam comer mas sim que te queriam a ti” – respondeu assustado o passaro com ar de quem estava com medo

”Então vocês querem me entregar pelas vidas dos vossos, desculpem lá mas vou embora, deixei o meu dono para isto” disse um pouco triste enquanto se começava a afastar

”Claro que não! Nós queríamos pedir para os salvar, ou salvar o maior numero sabemos que é provável alguns dos que estão presos já estarem mortos ou morrerem no processo” – disse o passaro aflito  planando do ramo da árvore até a frente do pokemon

”Então a onde é que eles estão? Desculpa ter desconfiando que vocês iriam entregar-me em troca dos vossos” perguntou seguido de um pedido de desculpas

”Não tens de te desculpar nós e que estamos a abusar da tua boa vontade. Eles estão numa gruta mais para o centro da floresta” – revelou a localização

Sem dizer nada o pokemon quadrupede começou a correr floresta a dentro, queria terminar aquilo o mais rápido possível para ver se ainda apanhava o seu dono antes de ele partir mas sem já era tarde de mais Correu entre árvores abaixando-se para passar por baixo de raízes que saiam do solo ou saltava rochas, finalmente via ao longe algo que se parecia com uma caverna e começava a ouvir os risos maléficos dos animais que já havia encontrado antes.

”Estou aqui! Deixe-los ir!” ordenou a pequena Eevee

Hahahaha…. Não acredito que foste acreditar que nós os deixávamos ir se te entregasses, metade deles já foram comidos os coitados. – disse as gargalhadas o lobo que  alfa que se aproximava de Vee

Olhou em volta viu sangue e as tripas ainda fumegantes naquele local frio, o que dizia era verdade, alguns já não eram mais vivos e sem sequer respondeu formou uma bola negra a sua frente a lançando no alfa que foi lançado aos trambolhões para trás.
Vee era de imediato cercada pelo resto da matilha que salivavam excelsamente com o pensamento de lhe ceifar a vida e depois comer o seu interior, a atacavam quase todos saltando para o centro da roda a onde o pokemon estava, entre saltos empurrões e cavadelas Vee conseguia fugir  daquele meio mas tinha sofrido alguns arranhões sangrava de uma das patas traseiras o que iria dificultar a sua fuga.

Fora daquela caverna uma voz humana era ouvida – ”Olha aquele Eevee não parece familiar Char?” – perguntou o humano

”Sim, acho que é a Vee a Eevee de Masaro de 2 anos atrás” – respondeu o pokemon  alaranjado em chamas  na sua onomatopeia .

Sem sequer esperar pela ordem do seu treinador o lagarto correu para dentro da caberna  enchendo a sua boca de ar e soprando uma grande lavareda que queimou e afastou alguns dos lobos que começavama  cercar a pobre Eevee

”És… És tu?” perguntava Vee reconhecendo de alguma maneira o Charmander que agora era um Charmelion

”Sim sou eu. Evolui, que fazes aqui?” – perguntou o pokemon de fogo

”Ajudar uns conhecidos, apesar de grande parte deles já ter sido comido” – disse  o Eevee abaixando a  cabeça

”Estás bem Vee?” – perguntou o treinador  do Charmelion também a correr atrás do seu pokemon, apesar de ele só ouvir os dois pokemons dizerem os seus próprios nomes os compreendia e os queria ajudar.

Charmelion foi em direcção aos Lobos  as suas garras afiadas começavam a brilhar e ficavam   prateadas, era a técnica Dragon Claw   e começou a distribuir  arranhadelas em todos os lobos que apanhava pela frente. Entretanto o Treinador abaixava-se perto de Vee e via a sua ferida tirou um spray da sua  bolsa e  borrifou todas as feridas do Eevee que começavam a sarar. Charmelion continuava a  vencer todos aqueles lobos   dando arranhadelas com as suas garras ou os queimando com os seus bafos, até só restar um, o Alfa que o olhava ainda imponente pensando estupidamente que o conseguia vencer.

”Espera! Ele é meu!”anunciou Vee passando pelo Pokemon de fogo e ficando em frente ao Lobo Alfa – ”Solta os meus amigos devem estar presos em algum buraco “ – pediu a Eevee já formando uma bola negra de energia

”Muhahahaha… tu pensas que vais conseguir alguma coisa, apenas me apanhaste desprevenido na ultima vez não me vais acertar desta vez” – anunciou o Lobo recebendo o ataque mas desviando-se facilmente e atirando-se para cima de Vee

Ao ver o contra ataque do Lobo Vee  cavou rapidamente um túnel fugindo do ataque e saindo a alguma distancia, disparava novamente mais um ataque de Shadow Ball e falhava, tentava Charme e não resultava andava praticamente a fugir do Lobo Alfa que a perseguia.
Charmelion e o seu Treinador procuravam pela caverna até que finalmente atrás de uma pedra encontravam os animais que ainda estavam vivos e  todos ficavma a ver as dificuldade de Vee e mesmo com as ordens do Treinador Charmelion não ajudava o Eevee em luta.

”Então? Estás a ficar cansada outra vez?” – perguntava o lobo num tão de troça

”Cala-te vais  pagar por o que fizeste aos animais deste lugar, irei matar-te!”dizia Vee sem pensar  começando a correr na direcção do Lobo o seu corpo começava a tremer e  formava uma segunda copia de si  em corrida  levantava ao focinho e formava uma Shadow Ball que também aparecia na copia falsa a copia atirava primeiro a sua bola o que fazia o Lobo desviar-se mas a verdadeira aitrava também a sua e sem tempo para desviar da segunda o Lobo era novamente acertado votando a dar algumas voltas no chão e levantar poeira.

O Lobo estava no chão e quando voltou a si abrindo os olhos viu  Vee  Já com uma nova Shadow Ball  perto dele preparando-se para a atirar a queima roupa, aquilo poderia não resultar em morte mas iria doer bastante.

”Está bem!! Eu e o meu grupo vamos embora poupa-me! – pediua o Lobo assutado

”Se eu te vir novamente aqui não hesitarei”anunciou Vee desfazendo a bola

O Alfa e os outros que começavam a acordar fugiam, talvez fosse desta que não voltavam. Vee agradecia a ajuda a Charmelion e ao seu Treinador e levava os sobreviventes restantes consigo até ao pássaro que lhe tinha pedido ajuda.

”Desculpem não ter chegado mais cedo e alguns já terem perdido a vida”desculpava-se Vee

”Nós é que agradecemos sem vocês nós teríamos morrido também, é uma pena termos perdido alguns de nós mas pelo menos alguns ainda estão vivos graças a ti” – dizia um dos reféns

”Não sei se ele voltará, mas mesmo que volte não virá com ninguém, ele foi derrotado, o resto da alcateia nunca o respeitará” – disse Vee

Assim novamente Vee que era vista como Heroína aquele grupo de animais fraco conseguiu os ajudar apesar de perder algum tempo com o seu dono que já não estava mais em Fuyuki[/b]
avatar
Syaoran

Mensagens : 749
Data de inscrição : 18/05/2014
Idade : 23
Localização : Matosinhos

Ficha do personagem
Nome:: Alibaba Saluja
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta das Neves

Mensagem por Uchiha em Qui 2 Jul 2015 - 19:34

Katsuhiro já se encontrava no local indicado no papel, no entanto não via ninguém, só árvores e neve assim como todo o resto da floresta. Dentro de si, a voz de Akane fez-se ouvir.

Achas que pode ser uma emboscada?

O ghoul respondeu, em voz baixa.

A fita no joelho é realmente estranho, poderia ser de modo a alguém especializado em longa distância identificar facilmente a minha perna de modo a incapacitar-me... Mas seria estúpido, porque razão se dariam ao trabalho de isto tudo para atacar alguém? Porque razão iriam decidir atacar alguém que, ao ter aceitado a missão, não é obviamente uma presa fácil?

Dentro da sua mente conseguiu percecionar Mizuki a acenar positivamente com a cabeça. Era como se tivesse uma visão estando ao mesmo tempo completamente conetado à realidade. O laço estava mais forte, e Katsuhiro não conseguia entender porquê. Mas naquela altura, não era momento para se preocupar com tal coisa.

Provavelmente é algo mesmo secreto, o que é estranho para uma missão de nível relativamente baixo. Vamos simplesmente esperar que apareça alguém.
avatar
Uchiha

Mensagens : 70
Data de inscrição : 19/06/2015

Ficha do personagem
Nome::
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta das Neves

Mensagem por Syaoran em Qui 2 Jul 2015 - 20:02


[Missão Rank C]

Relativamente perto do Ghoul, um som foi ouvido metálico como se portas se abrissem e em pouco tempo um homem nos seus 30 e poucos anos, vestindo um enorme casaco vermelho com cabelo ruivo encaracolado e óculos enormes de fundo de garrafa.

- Finalmente alguém apareceu para o meu pedido anda, rapaz, anda... - dizia o homem chamando Katsushiro para o seu esconderijo.

havia ali perto uma pequena entrada no chão escadas que iam para as profundezas, para ir a um Bunker, era apenas uma divisão e lá estariam para alem do Ghoul e daquele homem havia também uma mulher jovem de cabelo castanho e ravo de cabalo vestindo também um casaco longo vermelho e um outro homem grande e forte, negro vestindo calças de tropa e camisola caveada negro. O bunker em si tinha varias mesas com equipamentos científicos e mágicos vários quadros negros com equações e desenhos.
avatar
Syaoran

Mensagens : 749
Data de inscrição : 18/05/2014
Idade : 23
Localização : Matosinhos

Ficha do personagem
Nome:: Alibaba Saluja
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta das Neves

Mensagem por Uchiha em Qui 2 Jul 2015 - 20:27

Katsuhiro agarrava o cabelo com a sua mão direita, ajeitando a franja que se movia com o vento. Apareceu um homem do nada, parecia vir direto do chão, uma espécie de bunker, assim como aquele o Yuuma tinha em sua casa. Sem dizer uma palavra, o rapaz de cabelos brancos limitou-se a seguir o homem através da escadaria subterrânea.

Estão mais pessoas lá em baixo. - sentiu desde logo o ghoul.

Ao chegar ao fim das escadas, Katsu deparou-se com mais duas figuras. Para além do homem de cabelos loiros, encontravam agora também naquele espaço uma mulher e um outro homem. Katsuhiro parou o seu passo apenas um pouco à frente das escadas. Analisou o bunker: diversos esquemas, equipamentos, desenhos - tudo naquele lugar lhe fazia lembrar o seu pai e o seu escritório. Antes de deixar qualquer um dos presentes apresentar-se ou fazer qualquer tipo de explicação, Katsuhiro fez uma pergunta em tom seco.

Qual é a situação?
avatar
Uchiha

Mensagens : 70
Data de inscrição : 19/06/2015

Ficha do personagem
Nome::
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta das Neves

Mensagem por Syaoran em Qui 2 Jul 2015 - 22:00


[Missão Rank C]

- Fala baixo eles podem estar a ouvir... e é mau se eles estiverem a ouvir porque se estiverem a ouvir vão estar a ouvir - falou o homem de fundo de garrafa
- Sim, sim, o chefe tem razão não fales muito alto eles vão estar ouvir e como o chefe disse será mau se eles ouvirem que estamos aqui - - pediu tambem a mulher praticamente igual vestida

O terceiro homem, o negro, suspirou a ouvir os dois, mas não disse nada.

- A situação é a seguinte, precisamos de alguém que os mate de vez antes que eles nos encontrem de nos matem e sabes o quanto mau seria se eles nos matasse, porque se eles nos matam nós morremos. - disse o cientista de vermelho
- Sim, sim o chefe tem razão precisamos de alguem que os mate antes que eles nos matem e nós morrermos .- repetiu a mulher

Novamente o terceiro do grupo suspirou sem dizer nada.

- Olha para este frasco! Tem aqui um deles, este mostro horroroso, e é mau que é horroroso de tão horroroso que é. - disse o cientista apontando para um enorme frasco de vidro no fundo daquela sala ele aparentemente estava vazio
- Sim, sim olha para o Frasco! O monstro horrorosamente horroroso. - repetiu a mulher

Mais uma vez o Negro suspirava com aquela maluquice.

- Se calhar não tens o mesmo poder que eu e a minha assistente, como acontece com o meu mecânico mas estamos a finalizar um equipamento que te vai ajudar a vê-los e isso será bom porque se o conseguires ver vai conseguir ver o quão horrorosamente horroroso ele é e vais poder mata-los até eles morrerem e ficarem mortos - continuou a sua maluquice
-Sim, sim o chefe vai acabar o equipamento que te vai permitir ver Monstro horroroso naquele frasco e assim vais poder mata-lo a ele e a todos os outros até eles ficarem mortos - repetiu como sempre.
- Bem Chefe vocês os dois devem continuar e acabar o equipamento enquanto isso eu vou por o rapaz a par de tudo - faou finalmente o terceiro membro enquanto se aproximava de Katsuhiro o pedindo para o seguir até um canto daquele bunker enquanto os dois Cientistas voltavam ao trabalho

Suspirou novamente antes de começar a falar, aquilo já não seria um espanto para Katsuhiro, mas tinha de ser explicado mesmo assim.

- Desculpa teres sido arrastado para isto... eles são malucos que fugiram de um manicômio, muitos anos atrás ambos eram brilhantes cientistas mágicos trabalhavam nos seus projetos brilhantes para avançar e melhorar tanto a ciência comum como a magica. A rapariga era já na altura uma grande fâ dele apesar de ser igualmente brilhante e ele era sem duvida uma das mentes mais brilhantes que existia na altura, mas a sua mulher e filha morreram por causa de um dos seus projetos e ele antes de perceber que tinha sido culpa sua inventou esta historia de Monstros invisíveis e arrastou a rapariga para isto até ela ficar doida também. Eles foram obviamente internados mas fugiam e se escondiam para continuar esta loucura e mesmo que os encontrássemos eles voltavam fugir passado pouco tempo e escondiam-se muito melhor. Bem para pelo menos mente-los seguros e manter outros seguros eu infiltrei-me no grupo deles apesar de ser um medico do manicômio e estou a tentar ajuda-los a terminar isto para ver se ou melhoram ou desistem de fugir. Por favor não lhes contes nada e ajuda-me a salva-los de si mesmos ou se não vai-te embora e esquece isto, se decidires ficar vais ser generosamente recompensado, tanto pelo premio que já está na central como um bônus que o hospital te dará. - tentou explicar o Negro - Não lhes perguntes os nomes por favor, seria uma pena o nome de ambos ser estragado assim, trata como Chefe ou Doutor e a rapariga por Rapariga ou Mulher. - pediu finalmente o homem

avatar
Syaoran

Mensagens : 749
Data de inscrição : 18/05/2014
Idade : 23
Localização : Matosinhos

Ficha do personagem
Nome:: Alibaba Saluja
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta das Neves

Mensagem por Uchiha em Qui 2 Jul 2015 - 22:24

As aparências enganam. Quando entrou naquele bunker, que possuía todas aquelas coisas, Katsuhiro esperava uma espécie de missão de infiltração, talvez matar espiões ou encontrar algum tipo de informação... mas assim que abriram a boca: No que é que eu me fui meter?

No entanto a história intrigou o ghoul. Os cientistas aparentemente doidos diziam coisas estranhas: Monstros invisíveis? Dentro de frascos vazios? Era extremamente dificil de acreditar, porém Katsuhiro já sabia para nunca tomar nada como impossível, por isso manteve uma mente aberta em relação à situação. Respondeu ao homem que o chamou para a conversa privada.

Não te preocupes, eu vou ficar.- respondeu ao homem, queria ver o que sairia da situação - Tens a certeza que os tais monstros não existem? Toda a insanidade parte de um principio de realidade, se a insanidade deles se foca nestes monstros horrorosos, existe uma hipótese remota de serem reais... Ou serem espelho de alguma situação que passaram... Caso não sejam reais, o que, no entanto, é mais provável, queres que eu use o equipamento que eles estão a fazer e finja que matei todos os monstros certo?
avatar
Uchiha

Mensagens : 70
Data de inscrição : 19/06/2015

Ficha do personagem
Nome::
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta das Neves

Mensagem por Syaoran em Sex 3 Jul 2015 - 5:13


[Missão Rank C]

o Homem suspirou antes de responder - Percebo o que dizes, mas desde o acidente já foi tentado tudo para tentar ver esses tais monstros e nada. E sim, se finalmente tiveres a certeza que estes monstros que ele diz ver não existem faz que os matas para ver se ele se acalma e sossega - pediu o negro ao Ghoul

Entretanto os dois Cientistas continuavam a remexer de algum tipo de capacete e lanterna, era um tanto obvio para que naquela maluqueira serviriam.

-Estamos quase prontos, esta lanterna quando a sua luz acertar neles vão deixar qualquer pessoas os ver, mas ao mesmo tempo os deixará também em perigo, um perigo tão perigoso que só de pensar nele até me arrependo de a ter criado, mas sem ela os que tem poder para os destruir nunca o iriam ver por usa vez o conseguir matar. - falou o Cientista
-Sim, SIm, esta Lanterna deixa quem não os vê, ver e consequentemente deixa essa pessoa os conseguir tocar e ferir mas o efeito é inverso também, assim que eles forem visíveis também podem fazer danos. - explicou a rapariga um pouco mais prestável de que até então.
- Por isso nós estamos em tanto perigo, nós temos a habilidade de os ver mesmo sem isto e por isso eles conseguem nos ferir e nós - disse o Cientista antes de respirar fundo e anunciar - Terminado! Podemos testar vamos testar - anunciou apontando já a lanterna para o frasco a onde o monstro estaria - Todos apostos aqui vou eu... e.... ligado - disse ligando a lanterna e a sua luz acertando o frasco vazio.

Quase de imediato o Negro sussurrou para o Ghoul

-Estás a ver? nada... é só fruto da imaginação deles - sussurrou olhando o fraco

Apesar de que apara aquele homem o fraco não passar de um recipiente cheio de ar para os outros 3 presentes a historia era diferente, eles viam dentro daquele lugar uma criatura que se assemelhava a um canino, um lobo, mas bastante deformado, um lobo braco e grande a sua boca era extremamente comprida olhos avermelhados a primeira vista no seu pelo branco parecia estar tingido em algumas partes de vermelho mas na verdade essas zonas vermelhas pelo seu corpo eram como que feridas abertas de onde jorrava sangue. Aquela criatura aos olhos dos que a viam tentava sair atirando-se contra as paredes da sua jaula de vidro apesar de que nada acontecia ao fraco apesar dos seus arremessos parecerem bastante violentos.
http://animewallpaperhd.org/wp-content/uploads/2014/12/Monster-Wallpaper-HD-2048x1200.jpg

avatar
Syaoran

Mensagens : 749
Data de inscrição : 18/05/2014
Idade : 23
Localização : Matosinhos

Ficha do personagem
Nome:: Alibaba Saluja
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta das Neves

Mensagem por Uchiha em Sex 3 Jul 2015 - 8:15

Katsuhiro acenou com a cabeça ao homem. Se realmente nada existisse, aquela missão seria ainda mais fácil que as outras duas que lhe apresentaram na central. Estava parado, de braços cruzados, olhando para os dois cientistas que finalizavam o seu trabalho. Era um objeto idêntico ao de um capacete mineiro, mas pelo que o Doutor e a Mulher proclamavam acerca deste, deveria ter algum poder mágico... caso fosse verdade toda aquela história.
O cientista, ao ter finalizado aquele objeto, apontou a lanterna para o frasco que já antes tinha identificado como tendo um monstro no seu interior. O Yuuma desviou o seu olhar para o mesmo. Ouviu as palavras do negro, e ficou extremamente confuso. Os seus olhos cerraram-se para o frasco, como se estivesse a prestar mais atenção ao detalhe, não queria acreditar no que via.

Não te quero alarmar, mas existe mesmo uma besta dentro daquele frasco.

O ghoul descruzou os seus braços e aproximou-se mais das outras duas figuras presentes na sala.

Eu também os vejo. - fez uma pequena pausa no seu discurso -Referiram que para além deste existem mais, soltos, que vos querem atacar, sabem da localização deles?

Aquela missão acabara de se tornar muito mais interessante.
avatar
Uchiha

Mensagens : 70
Data de inscrição : 19/06/2015

Ficha do personagem
Nome::
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Floresta das Neves

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum