Hospital da Cidade

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Hospital da Cidade

Mensagem por Tsunayoshi em Qui 10 Jul 2014 - 20:30

- Ou que ela chegue a mim. - acrescentou, com um sorriso. Olhou para o seu master informando das suas acções, mas não as suas intenções - Não devo demorar muito. Prefiro que fiques aqui, dado que há muito para fazer na vila para ajudá-la a reerguer-se. - disse antes de lançar a frase que captasse o mago - Ou treinar, melhor as tuas habilidades não seria mau pensado. - atirou.

O mago estava desconfiado e curioso do que estava Prometheus a tramar, no entanto ele tinha razão. Treinar, tornar-se mais forte, isso era realmente o que pretendia fazer para evitar o que acontecera com a sua parceira e ser alguém útil e não um fardo. Prende a lança às suas costas - Está bem, depois espero pelo resumo dessa tua reunião de amigos.
avatar
Tsunayoshi

Mensagens : 209
Data de inscrição : 08/05/2014

Ficha do personagem
Nome:: Prometheus - Archer
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Hospital da Cidade

Mensagem por Mustang em Qua 19 Nov 2014 - 22:09

A hospital estava movimentado, praticamente todas as salas de operação e tratamentos básicos/médios estavam cheias, isto devido à recente invasão pelos espectros de Hades. Muitos ninjas tinham sido feridos, mas só conseguiram atendimento depois, isto devido à sobrelotação que o hospital detinha no dia da invasão. Num dos corredores, passava uma das enfermeiras, cabelos curtos e castanhos, rosto preocupado, parecia apressada em direcção a uma das salas. Chegando ao seu objetivo, abriu as porta. Olhou a rapariga de longos cabelos negros que tirava alguns apontamentos sobre um paciente, enquanto que a outra mão estava sobre o peito do ferido, erradiava uma luz branca, parecia proveniente do colar que detinha.

- Sheena-san! Outra vez o mesmo problema! Já trabalhaste demais, devias ter ido para casa já à uma hora. - comentou um pouco chateada, embora não fosse mais que preocupação pela colega de trabalho - Podes confiar nos restantes médicos cá.

- Não te preocupes comigo, também já estava a acabar. - respondeu sem dar nenhum sorriso, bateu com a caneta duas vezes no papel, deixando-a cair lá. Ergueu o seu corpo e caminhou em direcção à porta, passando pela enfermeira - Os relatórios diários dos pacientes estão na secretária. O paciente número cinquenta provavelmente será submetido a outra cirugia. - abriu a porta sem escandalos, antes de sair despediu-se.

Caminhava lentamente sobre os corredores do hospital, sem se aperceber parou em frente a uma grande janela que dava para o exterior, de lá era possível ver o pequeno parque de Konohagakure onde brincavam as crianças, um pouco mais ao longe também se podia observar a beleza da grande floresta de Sakura. Suspirou enquanto observava o ambiente, um pequeno sorriso brotou dos seus lábios. Flashes ocorreram, relembrava-se do ano e meio que passara em Konoha junto de Al, Kyle e Satoshi, tinha sido um grande ano, conhecera novas pessoas, uma nova família, uma nova casa.

A sua mente divagou. Já não estava mais no hospital. Estava na floresta de Sakuras, à um ano atrás, onde faria o seu primeiro exame de graduação médica.

- Sheena-san, pontual como sempre. - respondeu uma jovem rapariga de cabelos longos e rosa, detinha a pele delicada e um sorriso gentil, os seus olhos eram verdes e refletiam a beleza da flora. Na sua testa, um pouco grande, possuia um sinal que um dia dissera ser um grande Kinjutsu. Trajava um longo Kimono rosa que ajustava-se ás curvas do seu corpo - Estás preparada para começar o exame? - inquiriu com um sorriso - Provavelmente és a minha primeira aluna a fazer o exame com tão poucos meses de matéria.

- Bom dia Sakura-sensei. Se eu não fosse pontual nem aplicada não seria colocada no posto da ANBU. - respondeu um pouco amuada, mas logo soltou um sorriso gentil enquanto acenava com a cabeça - Estou pronta para este teste.


- Muito bem. Iniciaremos o teste então. - declarou com um último sorriso. O seu rosto agora adotava feições sérias, o seu olhar estava determinado, as brincadeiras tinham acabado - O exame que dou aos meus alunos é complicado, só terão uma única oportunidade para o fazer. Será dívidido em duas fases. Na primeira fase, serás colocada sobre o meu Genjutsu, lá terás oportunidade para observar dois feridos, mas só terás cinco segundos, após o tempo terminar, terás de dizer qual tratarias primeiro e o porque. - fez uma pequena pausa, parecia que a segunda fase do teste seria mais rigorosa - Na segunda fase, terás o teu corpo submetido a um veneno criado por mim. Se conseguires criar o antídoto certo com base nos sintomas, passarás no teste. Caso contrário, morrerás.


- Hm, interessante. - respondeu um pouco nervosa com a última prova - Então é por isso que os teus alunos só tem uma oportunidade. - riu-se de forma desajeitada, colocou-se seria logo depois, parecia determinada a fazer o exame - Eu vou prosseguir com o exame.


- Muito bem. - respondeu satisfeita com a sua aluno. Sem perder tempo, iniciou uma série de selos que colocariam Sheena numa ilusão- Genjutsu.

Sheena teve o seu cérebro domado pelo chakra da superior, em pouco tempo deixaria de estar na floresta, mas sim num pequeno laboratório. Estava no meio de duas camas de cirugião, em cada uma delas estava um paciente, ambos em bastante mau estado. Em frente a si, estava um pequeno ecrã com o número cinco, era onde daria o cronómetro. Sem perder tempo a rapariga rapidamente observou os dois pacientes, ambos em bastante mau estado, em termos de ferimentos superfíciais estavam parecidos, contudo um deles estava mais pálido enquanto o outro apenas detinha as veias mais salientes.

O tempo chegou ao fim. A ilusão foi desfeita.

- Então, Sheena-san, qual é a resposta?

- Obviamente o paciente que estava do meu lado direito. - a resposta abalou um pouco a professora, não se percebendo se pelo sentido positivo ou negativo.

- Mas o paciente do seu lado esquerdo estava num estado pior. Tens a certeza que é essa a tua resposta? Já agora, justifica-me.

- Ambos os pacientes a nível de ferimentos superfíciais estavam semelhante, o que diferenciava o seu estado era o veneno. O paciente do meu lado esquerdo estava demasiado pálido, o veneno já estava nos estágios finais, não haveria solução. Já o do meu lado direito, tinha as veias salientes, ou seja o veneno tinha sido aplicado à pouco tempo, ainda era possível salvar a sua vida.

- Muito bem. - bateu palmas com um sorriso - Mas ficarei ainda mais orgulhosa depois da última fase. - num movimento rápido e inesperado, lançou uma senbon. À velocidade que a arma rasgava o ar, era impossivel para Sheena desviar, esta teve o seu braço esquerdo atingido.

Com rapidez, encarando já o início da segunda fase, levou rapidamente a mão direita à senbon, retirando-a do seu braço. Já era de esperar da sua superior, conseguira atingir uma veia logo à primeira, isto significava que o veneno tinha ido directo à corrente sanguínea. Com seriedade, levou o seu pulgar até perto da ferida, fazendo pressão na veia atingida, no ângulo certo pressionou a veia até o sangue começar a sair. Fios de sangue caiam pela ferida causada pela senbon, a jovem ilusionista tentava jorrar parte do sangue infetado.

A sua mente estoirou de repente. O seu corpo começou a cambalear. Era uma droga forte, já tinha chegado ao cérebro apesar da rapidez que a arma tinha sido retirada. A sua gargante começou a ficar inflamada, as veias do pescoço parecia que se contraiam.

"Uma infecção respiratória. Fecha as minhas glandulas até ao ponto que o ar não circule."

Sem medo, pegou rapidamente no seu punhar e levou-lhe ao pescoço, cortou uma das veias da zona, um corte suave. O sangue começou a jorrar aos poucos, suavizando a inflamação. Com a outra mão, retirou o antídoto, aplicando-o também no pescoço.

- Que susto. - suspirou enquanto se sentava no chão pressionando as ferídas que tinha causado em si mesma - Pensei que ia morrer.

- Muito bem Sheena, estou orgulhosa de ti. - Sakura colocou a mão sobre a cabeça da rapariga, já detinha aquele belo sorriso novamente.

As imagens desapareciam, voltava aos habituais corredores do hospital. A jovem suspirou, parecia entediada. Virou o seu corpo, seguindo caminho até ao exterior do hospital.
avatar
Mustang

Mensagens : 435
Data de inscrição : 08/05/2014

Ficha do personagem
Nome:: Sasagawa Alphonse
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum