Montanhas Vulcânicas

Página 1 de 4 1, 2, 3, 4  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Montanhas Vulcânicas

Mensagem por Syaoran em Ter 20 Maio 2014 - 15:28


Estas montanhas de Konoha dizem-se estar tão vivas como o solo que faz parte deste local, à quem diga que são vulcões fechados e que é a partir do calor da lava que eles tem que a cidade é quente e amistosa. Apesar de não serem as mais altas das 3 cidades.
avatar
Syaoran

Mensagens : 749
Data de inscrição : 18/05/2014
Idade : 23
Localização : Matosinhos

Ficha do personagem
Nome:: Alibaba Saluja
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Montanhas Vulcânicas

Mensagem por Syaoran em Seg 9 Jun 2014 - 1:54

Judal com Vee debaixo dos braços tinha saído de Konoha estava agora numa das zonas que ainda pertenciam à natureza apesar da sua proximidade há vila, num lugar como aquele podiam ser vistos facilmente pelos ares, estavam descobertos, mas por outo lado era um lugar aberto a onde se algo acontecesse poderiam libertar todos os seus poderes sem receios.

- Vee, sabes o que fazer. - dizia Judal ao pausar no solo rochoso deixando o pequeno animal saltar para o chão.

- Vee! - respondia abanando a sua pequena cabeça afirmativamente enquanto as suas pequenas patas ganhavam brilho e num salto ela começava a entrar pelo chão a dentro com alguma dificuldade.

- Desculpa, Vee, vai ser mais duro cavares aqui do que no solo arenoso em que estivestes habituada neste ano. Mas por favor esforça-te um pouco. - murmurava vendo o animal desaparecer nos seu buraco, olhava para Konoha, mesmo dali conseguia ouvir e ver a destruição que aquela vila sofria - Espero que apareças rápido e sem problemas. - dizia para si olhando Konoha, não sabia o estado do seu companheiro que tinha se auto proposto ficar na vila para atrair os inimigos.
avatar
Syaoran

Mensagens : 749
Data de inscrição : 18/05/2014
Idade : 23
Localização : Matosinhos

Ficha do personagem
Nome:: Alibaba Saluja
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Montanhas Vulcânicas

Mensagem por Syaoran em Seg 16 Jun 2014 - 3:33

- Ele está a demorar de mais... Haa.. - reclamava baixo para si batendo com força o pé no chão.

O Mago estava parado olhando a destruição de Konoha, tinham planeado aquilo, mas já tinha passado demasiado tempo e para alem disso estava sozinho já que Vee debaixo do solo ainda não tinha voltado. Começava a ficar com medo de terem ficado demasiado convencidos e isso lhes ter custado ali.

- Eu vou ter com ele. - disse já separado os seus pés do solo começando a levitar.

Mas pouco subiu ao ver algo brilhante vir na sua direcção, aterrando à sua frente ao mesmo tempo que ele voltava a voltar ao chão.

- Desculpa a demora... - desculpava-se do Alquimista deixando cair o cadáver do servo de Hades, voltando à sua forma normal com um respirar ofegante.

- Estás bem? Essas feridas, disseste que fugirias... E quem é este? - falava num tom zangado olhando para o Ferreiro e o morto entre eles.

- Estou bem, tive algumas complicações, tive se fazer um exemplo para eles me levarem a serio e me seguirem. - disse olhando o cavaleiro morto - Mas as coisas por aqui estão prontas? - perguntou olhando para trás em direcção a Konoha

- Não sei, ela está a demorar mais, deve ser por causa de ser mais duro do que lá. - explicou o mago.

- Hmm.. Ok, Judal... - falou preparando-se para dar uma ordem, mas fora logo interrompido pelo mago

- Descansa agora, eu trato dos teus convidados. - disse  agarrando com mais força o seu Ceptro, vendo a chegado pelos ares e chão de varios dos invasores com armaduras negras semelhantes ao morto à sua frente.

- Vee... - disse cansada ao sair do pequeno buraco entre os pés de Judal, estava esgotada e suja de tanto cavar.

- Mesmo a tempo...- murmurou colocando-se ao lado do seu companheiro que estava pronto para combater - Tens mesmo certeza que não queres a minha ajuda? - perguntou tentando controlar a dor que sentia de todos os ferimentos que tinha.

- Se tiver dificuldade estás à vontade de te intrometer, mas caso contrario fica parado. -  pediu o mago olhando em volta enquanto os 3 eram cercados por varios dos peões de Hades, levantou o ceptro apenas para dar balanço e o enterrar novamente no solo o enfiando no buraco de cavado pro Vee que agora estava entre as pernas de Alibaba

- Mata-os... eles pensam que o que estão a fazer é uma brincadeira. - ordenou o Alquimista suspirando

Judal pareceu não surpreendido com a ordem  e em poucos momentos numa área de varios metros em volta de Judal, Alibaba e Vee  o chão começou a tremer e todos os que os cerceavam  eram perfurando por espigões de gelo até os que estavam a alguns metros de altura eram apanhados de surpresa e trespassados, criava em trono deles como uma floresta de árvores de gelo agora pintadas de vermelho, que desapareciam tempo depois em forma de água tingida de sangue que chovia no solo, assim como os corpos dos que tinham sido trespassados por aquele ataque.
avatar
Syaoran

Mensagens : 749
Data de inscrição : 18/05/2014
Idade : 23
Localização : Matosinhos

Ficha do personagem
Nome:: Alibaba Saluja
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Montanhas Vulcânicas

Mensagem por Mustang em Seg 23 Jun 2014 - 13:53

Sheena chegou às montanhas de Konohagakure seguindo o seu sensor de chakra, obviamente traçava as vibrações energéticas de Alibaba. Tinha que se desculpar pela confusão de antes, apesar de não ser o melhor momento, além do mais gostava de saber como ele estava, parecia diferente, detinha algo que lhe incomodava. Os seus receios aumentaram com a nova pintura daquele lugar, o chão estava banhado por água vermelha, muito provavelmente por sangue, enquanto que por cima desses líquidos, repousavam vários cadáveres de espectros, pareciam ter sido trespassados por algo. Mais à frente, estava Alibaba, Judal e Vee. Não era preciso muito para descobrir quem efectuara tal artimanha.

- Alibaba-kun...? - chamou um pouco amedrontada, não queria exibir os seus sentimentos, mas fora mais forte que ela.
avatar
Mustang

Mensagens : 435
Data de inscrição : 08/05/2014

Ficha do personagem
Nome:: Sasagawa Alphonse
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Montanhas Vulcânicas

Mensagem por Syaoran em Seg 23 Jun 2014 - 14:43

Tinha corrido tudo relativamente bem até ao momento tinham trazido o que puderam e levaram-se deles, tinham feito a sua parte, mas claro que não estava terminado, de todas as pessoas que podiam aparecer ali tinha de ser aquela, a única que queria que não visse aquilo, todo aquele sangue, todos aqueles corpos mortos, aquela cena em geral, se pudesse queria que ela nunca a tivesse visto, mas era tarde.

- Hime-chan...- murmurou para si, olhando a rapariga que havia chegado, estava sentado no chão a tentar descansar um pouco antes de tentar convencer Judal a voltarem a Konoha para tentar fazer algo mais - Que estás a fazer aqui? - perguntou num tom mais alto enquanto se levantava.

Judal e Vee permaneciam em silencio olhando tanto para Alibaba como para Sheena, pelo menos o Mago sabia o que se passava e o que andava pela mente do Alquimista, mas pouco ou nada podiam fazer.

- Desculpa Alibaba, deveria ter-me controlado, tu bem pediste para não os matar. - disse Judal coçando a cabeça, claramente mentindo para encobrir a aquele acontecimento.

- Obrigado Judal, mas desta vez não podes ajudar-me a sair deste problema. Ela não é burra. - falou ainda olhando baixo.

O Mago simplesmente cuspiu em seco mordendo o lábio de raiva, não podia fazer nada agora.
avatar
Syaoran

Mensagens : 749
Data de inscrição : 18/05/2014
Idade : 23
Localização : Matosinhos

Ficha do personagem
Nome:: Alibaba Saluja
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Montanhas Vulcânicas

Mensagem por Mustang em Seg 23 Jun 2014 - 14:48

- Não preciso que mintas, Judal-san. - comentou com um olhar vago, apesar de ser possível identificar tristeza nos seus olhos. Tentou sorrir, apesar de se manifestar numa intenção falsa. Levou as mãos ao pescoço e colocou-as sobre o colar que o ferreiro lhe oferecera - Tive saudades tuas... - a sua voz falhou e os seus olhos arregalaram-se quando este percebeu que as lágrimas começavam a cair, inconscientemente. Tentou falar, mas a sua voz estava abafada. Esperou e apertou o colar, olhou para o chão durante alguns segundos - Eu sei que aconteceu algo durante este ano e meio, eu não sei o que é, mas sei que mudaste. Acredita que não é por estes corpos espalhados pelo chão. - fez uma pequena pausa - Eu consigo ver através dos teus olhos. Tu não és o mesmo Alibaba que fez este colar.
avatar
Mustang

Mensagens : 435
Data de inscrição : 08/05/2014

Ficha do personagem
Nome:: Sasagawa Alphonse
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Montanhas Vulcânicas

Mensagem por Syaoran em Seg 23 Jun 2014 - 15:13

O Ferreiro ficou sem saber o que dizer, mas queria explicar, mas não ali. Claro que estava diferente, todos estavam, mas nunca tinha pensado que a sua mudança tinha sido tão grande para ela não o considerar a mesma pessoa.

- Não sei do que falas, considero-me a mesma pessoa que antes, apenas um pouco diferente. - disse começando a caminhar na direcção de Sheena - Sabes bem o que eu fui fazer neste ano, acho que é normal mudar. Mas mesmo assim quero explicar-te o que aconteceu. - tentou explicar receoso de assustar ainda mais a rapariga - Mas agora não é o momento. Não está tudo terminado. Ainda tem muitos a atacar Konoha. - disse numa tentativa de retardar a explicação. - Também quero saber o que fizeste neste tempo que tivemos separados, mas quando tudo acalmar. - terminou olhando Konoha de novo, já não sabia se queria ir para Konoha ajudar, ou simplesmente fugir daquele situação.

Judal pegava em Vee, percebia intenção de Alibaba para voltar à cidade, apesar de não o querer fazer por causa do perigo sentia que ele queria fugir dali.
avatar
Syaoran

Mensagens : 749
Data de inscrição : 18/05/2014
Idade : 23
Localização : Matosinhos

Ficha do personagem
Nome:: Alibaba Saluja
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Montanhas Vulcânicas

Mensagem por Mysterion em Seg 23 Jun 2014 - 15:22

Olha. Achei.

Ryougi Shiki subiu a montanha com passos adiantados, leves e rápidos, o treinamento dos Ryougi havia lhe feito grande bem. Agora... Estava tão calma. Não tinha vontade de matar, de lutar. Tinha apenas a vontade de assistir.

Pais e Deuses. Eles nos dão a vida, nos moldam. Mas e aquele que refaz? Ryougi Mana não era feito de argila nem metal, e seu toque tinha sido insatisfatório, doente. E a mãe deles, que agora era a mesma pessoa que a filha, e a filha que se transformou na mesma pessoa que sua criança era? Era o ciclo, sim, o ciclo que roda e roda dentro de várias gerações, e acaba voltando séculos atrás. Shiki sabia que cada atuação que tinha iria se repetir várias e várias vezes, através das gerações. Era assim que ela seria imortal.

Mas não existiam Espectros no mundo de um ciclo eterno. Nenhum, nem Hades. Cada um deles deveria ser destruído, assim como todos os deuses. Atena, Poseidon, Zeus, fosse quem fosse, apenas deveria ser eliminado. Deveria ser destruído.

O ciclo das gerações não pertencia aos deuses. O ciclo pertencia a aqueles que não eram imortais, aqueles que podem cair falecidos. As ações nunca ecoarão se o receptor estiver sempre presente.

Matara vários Espectros naquele dia. Matara até Alphonse de certa forma, outro Espectro. Por fim, quando tudo acabasse, ela estaria pronta para consertar o ciclo, concedê-lo.

... Pathos, não? Patologia também o era? Reafirmar o mesmo e o mesmo, que não é de nossa escolha?

Estava a sentir saudade de vocês. - comentou com um aceno, observando as pessoas que ali estavam. Todas eram parte do ciclo.

avatar
Mysterion

Mensagens : 655
Data de inscrição : 08/05/2014

Ficha do personagem
Nome:: (Caster) Alucard Brunestud
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Montanhas Vulcânicas

Mensagem por Mustang em Seg 23 Jun 2014 - 15:29

- Sim...acho que tens razão. Não é a melhor altura para falarmos disso. - respondeu um pouco desiludida desviando o olhar para o chão. Rapidamente o seu sensor alertou para a chegada de alguém e a sua atenção foi desviada, a voz da assassina completou o raciocínio. Sheena olhou Shiki um pouco surpreendida, poderia ficar feliz pela sua chegada, já que dera a entender ser uma amiga. Contudo, a situação entre ela e Alibaba, a aura que a rodeava naquele momento, seriam factores a reconsiderar a sua aproximação. Aquele energia tão estranha, semelhar à de Alphonse. Suspirou e olhou-lhe de modo determinado, não sorriu como das outras vez - À quanto tempo, Shiki.

"Ela não segue ideais justos ou injustos. Ela é simplesmente a reencarnação da morte" Lembrou-se das palavras de Alphonse, numa das suas missões.
avatar
Mustang

Mensagens : 435
Data de inscrição : 08/05/2014

Ficha do personagem
Nome:: Sasagawa Alphonse
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Montanhas Vulcânicas

Mensagem por Syaoran em Seg 23 Jun 2014 - 15:45

- Hime-chan... - murmurou ao vê-la olhar o chão, o que temia estava a acontecer, mas a atenção de todos fora logo roubada pela chegada de mais uma pessoa, Shiki, será que iriam começar a aparecer um por um ali - Neko-chan... Que estás aqui a fazer? - perguntou num tom desanimado - Passou-se algo? - fez uma nova pergunta.

Judal apenas olhava para a Assassina com Vee no colo, já não sentia nenhuma adversidade por aquela mulher, já não se importava com o que ela faria perto de Alibaba, ou a confiança que ele lhe desse. Já Vee continuava a olhar para Alibaba sentindo a sua tristeza.
avatar
Syaoran

Mensagens : 749
Data de inscrição : 18/05/2014
Idade : 23
Localização : Matosinhos

Ficha do personagem
Nome:: Alibaba Saluja
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Montanhas Vulcânicas

Mensagem por Mysterion em Seg 23 Jun 2014 - 16:01

Agora se tem que passar algo para dizer oi a amigos? Credo, parecem família que só aparecem em funerais. - ela brincou, com um sorriso simpático. Certamente havia se transformado no ano e meio, de uma adolescente rebelde e sexualizada numa... Mulher rebelde e sexualizada? O sorriso e o brilho no olhar era o mesmo... Mas ela parecia causar desconforto ao se olhar no espelho.- Oh, desculpe, eu atrapalhei o pré-coito? Se for este o caso posso ir embora. Já servir de voyeur uma vez e não foi tão divertido quando, sabem, entrar. - falava tudo num tom lento e calmo, como uma intelectual, permitindo que cada palavra tivesse seu peso, e bem agradada por isso, ao julgar o sorriso vulgar que lançava a cada sílaba. A forma de falar era poética, e o conteúdo sub-par.


Última edição por Mysterion em Seg 23 Jun 2014 - 16:17, editado 1 vez(es)
avatar
Mysterion

Mensagens : 655
Data de inscrição : 08/05/2014

Ficha do personagem
Nome:: (Caster) Alucard Brunestud
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Montanhas Vulcânicas

Mensagem por Mustang em Seg 23 Jun 2014 - 16:08

Sheena caminhou em direcção a Alibaba. Cada passo que dava expelia sensualidade, o seu cabelo dançava delicadamente e as suas ancas abanavam em cada passo. O seu rosto estava determinado. Aproximou-se do ferreiro, colocou-se à sua frente sem dizer nada. Dos seus olhos azuis já nenhuma pérola jorrava. Estava na altura de por para trás algumas confusões, estava na altura de racionalizar aquele problema, ordenar todos os sentimentos de forma a que deviam ser ordenados. Tinha que confrontar Shiki, tinha que confrontar aquela confusão, senão acabaria por se tornar como ela, tão irracional, tão incomum, tão poderosa. Sabia que a mente da assassina se por ventura se manifestasse em energia, todo o universo seria coberto por aquele poder.

- Deixemos-nos de rodeios. - a sua voz estava séria, nenhuma parte do seu corpo tremia. Não podia ficar confusa, sabia que Shiki adorava-a como amiga, ou pelo menos deixava claro isso. Por outro lado demonstrava o seu apetito sexual. Por outro parecia tentar conquistar o coração de Alibaba, o homem que amava. Não seria bem uma conquista, mas uma sedução, como as sereias, uma hipnose. Traçava-lhe o caminho até à morte - Quem és tu? - questionou-se cortando ambiente, sabia que Shiki entenderia a razão daquela pergunta - O que és afinal? -fez uma pequena pausa - Não, a minha pergunta foi mal formulada. Tu não existes. Uma existência como a tua foge a todas as regras do ciclo, foge a todas as funcionalidades deste mundo. Paras a rotação da terra. És algo que não pode existir, mas mesmo assim existes. - sorriu - És um paradoxo, Shiki.
avatar
Mustang

Mensagens : 435
Data de inscrição : 08/05/2014

Ficha do personagem
Nome:: Sasagawa Alphonse
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Montanhas Vulcânicas

Mensagem por Mysterion em Seg 23 Jun 2014 - 16:23

Estes ciclos não são uma bela duma m*rda? - irrompeu Shiki durante as palavras de Sheena, o seu sorriso pareceu alargar. Não. Sorrisos pertenciam a pessoas. O sorriso de Shiki não passava de um amontoado de dentes, por ela ser... - Unfit Existence. Existência Anormal, aquela que não se encaixa na sociedade. Não sei se o sou cosmicamente falando, nem na metafísica, mas nas ciências sociais o sou. É o tipo de cena que ganhas de presente quando o teu cérebro pára de funcionar. Quando ele concede-te a habilidade de ver linhas da morte e te força a reconhecer cada pessoa como um rabisco de artista, como algo que necessita de ser limpo, apagado, recomeçado. Infelizmente, eu não faço parte do ciclo, então esta função não calha a mim, embora me permita ser imparcial no que toca a ela. O ciclo da vida e da morte... E o ciclo da consciência humana. Também o ciclo familiar, pois o filho se torna como o pai, e o pai se torna como o avô, e o avô se torna no que a família lhe permitir, mesmo que só sirva para entreter os netos. Falando nisso, é o Paradoxo do Avô, não? Se voltares para matares o teu avô antes de nasceres, não deves existir, mas se não tivesse existido nunca teria voltado no tempo em primeiro lugar. É um ciclo vicioso, e causa vício em quem o toca.

A Ryougi suspirou, e o amontoado de dentes se transformou em algo humano.

Não cabe a mim definir minha existência. Não importa que atitude tomemos, nossa existência nunca será nossa. Imagine um homem de coração puro que comete as maiores atrocidades na frente de todos. Uma vez que ele morra, apenas as atrocidades lhe marcarão, e sua existência se reconfigurará para a de um criminoso. O coração puro some. Cabe apenas a vocês. Eu lutei por muitos anos para conseguir encontrar minha existência e meu ciclo, até eu parar de me importar. Agora parece que estou em estado de transição, e temo que o seja por muito tempo. Então!

Ela apontou o dedo para Sheena não como quem acusa. Apontava como o rapaz miúdo que aposta com o amigo corrida até a margem do rio.

Escolha! Quem sou? A atriz pornográfica? A assassina? A justiceira? A lésbica? A traidora? A maligna? A pessoa perdida? A Anti-Heroína? Se queres tanto uma resposta, elege!
avatar
Mysterion

Mensagens : 655
Data de inscrição : 08/05/2014

Ficha do personagem
Nome:: (Caster) Alucard Brunestud
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Montanhas Vulcânicas

Mensagem por Mustang em Seg 23 Jun 2014 - 16:36

Sheena não queria ter um discurso tão longo e tão complicado. Percebera pelas palavras de Shiki que tudo estava baralhado na mente dela, ela tinha o poder dos sentimentos, ela era tal e qual Alphonse, nada os distinguia, eram ambos iguais, enfrentavam o mesmo inimigo, mas ambos de modos distintos. O maior inimigo de qualquer um deles, eles próprios. Ela não era uma existência anormal, ela afinal não era um paradoxo. Tal como o Sasagawa, ela era o extremo da capacidade humana, estava no topo da raça. O que caracteriza os humanos são os sentimentos as sensações. Ela tinha-as no máximo. E os sentimentos quanto atingem o seu auge, tornam-se em algo incompreensível, em algo irracional. O humano torna-se perigoso. Torna-se mais que um deus.

"Se eu não a conseguir deter, também o Alphonse caíra nesta escuridão. Eu tenho que o proteger."

- Eu escolho. - respondeu e ergueu a mão -Quero que sejas minha amiga.
avatar
Mustang

Mensagens : 435
Data de inscrição : 08/05/2014

Ficha do personagem
Nome:: Sasagawa Alphonse
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Montanhas Vulcânicas

Mensagem por Mysterion em Seg 23 Jun 2014 - 16:47

... Que coisa mais Mahou Shoujo. - disse Shiki, cansada. Cansada da mãe, cansada de Hades, cansada de ser Espectro, cansada de Azaka, Alibaba, Judal, Alphonse, Jousuke... Tinha saudades de Edward, e de Sheena, e apenas isso. A confiança precipitada dela diluía cada vez mais, até o dedo cair. - ... Temos que admitir, eu gosto de ti e tu gostas de mim, mas por muito tempo nunca fomos amigas direito. Na verdade, deverias estar honrada pelo meu atraso. Quer dizer que posso ter considerado.

... Azaka era como ela, não era? Azaka fora vazia por tanto tempo, envolta no vácuo, que ela aceitou quase tudo que lhe entregassem.

... Que existência mundana.

Então está eleito por maior parte do votos. Serei tua amiga, e espero que sejas minha... E é isto. Não posso jurar pelos outros, tu sabes. Mas posso jurar para quem compareceu no dia da eleição. Alibaba-kun, cujos olhos perderam o brilho e o coração pareceu ser transfigurado e transmutado, o voto também é teu?

... Engraçado como a consciência de Shiki dos arredores parecia diluir. Objetos pareciam mais próximos, e toda sensação que corria pelo seu corpo parecia ser amplificada. A experiência não era surreal, mas sim como ela, era real em excesso.

Era assim que se sentia alguém que morria?

Para que eu seja tua amiga, é necessária alguma moralidade imposta? Quer dizer... Para estares perguntando desta forma, deves saber exatamente que tipo de pessoa sou. Ou não sou, o que parece mais apropriado.
avatar
Mysterion

Mensagens : 655
Data de inscrição : 08/05/2014

Ficha do personagem
Nome:: (Caster) Alucard Brunestud
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Montanhas Vulcânicas

Mensagem por Syaoran em Seg 23 Jun 2014 - 18:23

Alibaba, mantivera-se em calado, não percebia a razão da conversa das duas, ciclos, existencias , não era algo totalmente estranho, mas sim o porquê de o fazerem ali, naquele momento.

- Haaa... Voto? Façam o que quiseram, não sou eu nem mais ninguem que pode dizer que vocês as duas são ou não amigas. Façam o que vos deixar mais feliz. - respondeu, continuavam a ensinuar que ele tinha mudado bastante, isso encomudava o, mas tal como a conversa das duas achava que aquele tema não era para ser discutido naquele momento com o que se estava a passar.

Judal não podia importar-se menos com aquela conversa de amizade, tanta cerimonia, até pareciam que estavam a assinar um contrato.

- Alibaba que vamos fazer agora? - perguntou o mago ainda segurando o ceptro e o animal nos seus braços.

O Ferreiro abaixou a cabeça tentando pensar em algo, mas como sempre era dificil, cansaço, ferimentos e desconhecimento o deixavam sem muito espaço de manobra
avatar
Syaoran

Mensagens : 749
Data de inscrição : 18/05/2014
Idade : 23
Localização : Matosinhos

Ficha do personagem
Nome:: Alibaba Saluja
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Montanhas Vulcânicas

Mensagem por Mustang em Ter 24 Jun 2014 - 15:11

- Shiki, todas essas interrogações fazem afundares-te mais nas tuas sensações. Vai chegar o momento que os teus próprios sentimentos vão te afogar e não voltarás a sair. Serás presa pela tua própria irracionalidade. - fez uma pausa e ouviu as palavras de Alibaba, preferiu ignorar, já estava triste o suficiente pela sua mudança, não iria ficar mais - Diz-me apenas algo...qual é o teu objectivo nesta vida? - suspirou e fez outra pausa - Ou melhor, o que pretendes agora?
avatar
Mustang

Mensagens : 435
Data de inscrição : 08/05/2014

Ficha do personagem
Nome:: Sasagawa Alphonse
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Montanhas Vulcânicas

Mensagem por Mysterion em Ter 24 Jun 2014 - 15:14

... Não sei. - ela admitiu palavras que nunca foram características dela. Não, ela mente, porque no fundo de seus olhos há sensações exacerbadas. Há algo que ela quer fazer, só que não fará, pelo menos por hora. - O meu objetivo? O meu objetivo é claro e simples. Eu quero tentar quebrar o ciclo, de certa que falhará.
avatar
Mysterion

Mensagens : 655
Data de inscrição : 08/05/2014

Ficha do personagem
Nome:: (Caster) Alucard Brunestud
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Montanhas Vulcânicas

Mensagem por Mustang em Ter 24 Jun 2014 - 15:29

- Ciclo? - não havia muito mais para dizer, que ciclo?
avatar
Mustang

Mensagens : 435
Data de inscrição : 08/05/2014

Ficha do personagem
Nome:: Sasagawa Alphonse
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Montanhas Vulcânicas

Mensagem por Mysterion em Ter 24 Jun 2014 - 15:36

Ora, que pergunta é esta? Não foi tu mesma que disse que eu fugia ao ciclo? - perguntou a Ryougi, verdadeiramente confusa. As emoções dela eram reais apesar das ideologias de artificialidade.
avatar
Mysterion

Mensagens : 655
Data de inscrição : 08/05/2014

Ficha do personagem
Nome:: (Caster) Alucard Brunestud
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Montanhas Vulcânicas

Mensagem por Mustang em Ter 24 Jun 2014 - 15:41

- Shiki... - disse confusa , não podia acreditar que era o mesmo ciclo que enunciara à pouco - O ciclo que eu falei é universal. A lei da vida. O destino. Tu não podes quebrar esse ciclo.
avatar
Mustang

Mensagens : 435
Data de inscrição : 08/05/2014

Ficha do personagem
Nome:: Sasagawa Alphonse
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Montanhas Vulcânicas

Mensagem por Syaoran em Ter 24 Jun 2014 - 15:46

Não suportava mais aquela conversa, apenas a tinha aguentado devido ás pessoas envolvidas. Serrava os punhos com raiva, não delas, mas sim da situação em geral.
Logo recebeu uma pancada oca na cabeça  o fazendo olhar para o autor daquele acto, Judal havia lhe batido com o seu Ceptro.

- Calma... O que aconteceu em casa não vai acontecer aqui. - murmurou o mago ainda com o animal ao colo, percebia bem o que o seu companheiro estava a sentir e por estar por fora até percebia melhor as razões.

Alibaba olhou para o mago tentando controlar a raiva mas respirou fundo para tentar controlar-se olhou de novo para as duas que continuavam a falar.

- Desculpem... - disse abaixando a cabeça e depois começou a afastar-se - Judal estás à vontade para fazer o que quiseres. - disse para o mago continuando a afastar-se - Destino... - sussurrou para si
avatar
Syaoran

Mensagens : 749
Data de inscrição : 18/05/2014
Idade : 23
Localização : Matosinhos

Ficha do personagem
Nome:: Alibaba Saluja
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Montanhas Vulcânicas

Mensagem por Mysterion em Ter 24 Jun 2014 - 15:51

Eu sei, Sheena-chan. Eu sei. Foi por isso que disse que falharei. Mas eu vou. Ah, eu vou tentar, e vou falhar. E tentarei de novo, e de novo. Assim como teremos nossas conversas no bar, quando rimos e estávamos discutindo cosplay, de novo e de novo, e nos divertiremos de novo e de novo. Eu me tornarei minha mãe de novo, e meu irmão de novo, e nascerei de novo, e serei todos eles novamente. - ela disse, com gentileza. Não era uma gentileza fingida, era honesta, e isso que a tornava tão anormal. Ela pegou na adaga e começou a brincar com ela entre os dedos. - Eu tinha um irmão, chamado Ryougi Mana. Ele era o homem mais miserável que já vi. Na minha família, os homens herdam a posição de poder. Minha mãe deu um golpe e assumiu o poder dos Ryougi, relegando meu pai. Mana deveria ser herdeiro, mas ele era um fracasso genético, um inútil, um inútil que eu amava. Desapareceu, e eu me tornei a herdeira. Eu que tinha de manter uma pila entre as pernas. - disse ela, ainda brincando com a adaga de uma forma que deixava explícita o que representava.

... E guardou a adaga, quase que arrependida.

Perdão, Sheena. Eu nunca tive assim, amigos. E não sei o que é apropriado a se dizer. Mas seja como for, o ciclo dos Ryougi segue, desde o meu nascimento, e desde antes dele, e desde depois até, em algum lugar do futuro. E o ciclo da vida começa em cada segundo que passa, e continua cada segundo que passa, e termina em cada segundo que passa. Queres mesmo me salvar das minhas sensações? Quer mesmo permitir?
avatar
Mysterion

Mensagens : 655
Data de inscrição : 08/05/2014

Ficha do personagem
Nome:: (Caster) Alucard Brunestud
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Montanhas Vulcânicas

Mensagem por Mustang em Ter 24 Jun 2014 - 15:58

Sheena suspirou, viu Alibaba afastar-se, entendia as palavras de Shiki, não sabia como mas entendia. Tinha sido abandonada pelo seu amado, tinha sido "atacada" por ele. Triste era aquilo, não era apenas Shiki que estava daquela maneira. A jovem ilusionista começava a perceber, que aos poucos e poucos, estava a ser afogada pelos seus próprios sentimentos, por aquele amor cego por Alibaba. Não, não era amor, provavelmente era obsessão. Obsessão por infantilidade.

- Eu não te posso salvar, tens razão. - comentou com um sorriso, o seu olhar agora era vago e neutro. Não encarava Shiki, continuava focada na partida de Alibaba - Shiki... se o queres fazer... faz.
avatar
Mustang

Mensagens : 435
Data de inscrição : 08/05/2014

Ficha do personagem
Nome:: Sasagawa Alphonse
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Montanhas Vulcânicas

Mensagem por Mysterion em Ter 24 Jun 2014 - 15:59

Eu vou. E o que queres fazer?
avatar
Mysterion

Mensagens : 655
Data de inscrição : 08/05/2014

Ficha do personagem
Nome:: (Caster) Alucard Brunestud
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Montanhas Vulcânicas

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 4 1, 2, 3, 4  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum