Centro da Cidade

Página 4 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Centro da Cidade

Mensagem por ET em Ter 24 Jun 2014 - 15:35


Havia conseguido sobreviver? Parecia que a resposta era positiva, vendo como tinha destruido quase toda a surplice de Minos, que agora estava coberto no seu sangue. Não só isto, como agora que tinham saido do Reality Marble do agente da ANBU, finalmente tinha chegado ajuda, vinda do patamar mais alto da vila de Konoha, o próprio Hokage, Tobirama, estava presente.

-Conseguimos caralho, conseguimos - dizia para se convencer enquanto se tentava levantar depois de ser atirado pelo impacto do seu próprio ataque. Aparentemente não estava ferido do impacto com o chão, notanto que havia algo por cima do seu corpo - mas que...

Recordando-se melhor do momento em que lançou o seu ataque final, lembrou-se de uma presença quente que o tinha envolvido, que aparentemente tinha criado uma armadura mistica. Logo se lembrou da armadura de Fénix que Jean portava desde as batalhas em R'lyeh - Ah Demonbane dammit não me digam que fui escolhido por aquela gaja.

-JOJO-KUN DESU! - antes que a podesse analisar, logo Jojo foi abraçado por Kohaku, deixando cair os seus óculos laranjas - Estava mesmo convencida que não iámos conseguir safar-nos desu.

Jojo manteve-se apreensivo - também eu pensei, e não houve um momento em que não estivesse a pensar que podia ser este o meu último combate... Se não fosse o Ed, o Shiroi e o Corvo... não.... houve mais alguém que ajudou...

Tentou olhar em redor, procurado por alguém com quem agora estava endividado, acabando por ver ao longe uma cratera com um corpo deitado, sem perceber se ainda estava vivo ou morto - ... ia a jurar que reconhecia a voz dele à bocado...
avatar
ET
Admin

Mensagens : 1131
Data de inscrição : 08/05/2014
Idade : 23
Localização : Açores

Ficha do personagem
Nome:: Minami Josuke
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário http://animerpgpt.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Centro da Cidade

Mensagem por Hiroby em Ter 24 Jun 2014 - 18:24

- Survive face the death completed sucessfully... - disse o bastardo, enquanto fumava seu cigarro. Estava novamente na dimensão normal, observando a situação atual com calma. Tudo havia dado certo... Shiroi gritava a alegria de estar vivo. O Corvo prendia-se no ombro dele. - Parece que aquele mascarado não está nas melhores...

Aproximou-se do corpo do ilusionista. Percebeu o estado deplorável daquele ANBU, e logo disse ao corpo. - Agora é o tempo de usar melhor suas outras habilidades...

O Corvo logo utilizou das ilusões para tentar trazer algum alívio à Alphonse. Usou delas para tentar lhe dar a sensação de estar se recuperando um pouco dos ferimentos. Não que fosse ser algo muito efetivo, mas já era alguma coisa. Afinal, não podiam deixar aquele homem morrer ali, pois este havia ajudado eles a enfrentar o Espectro.

- Levamos ele ao hospital, ou o que? - perguntou à JoJo.
avatar
Hiroby

Mensagens : 157
Data de inscrição : 09/05/2014
Idade : 18
Localização : Acrelândia

Ficha do personagem
Nome:: Edward Arques
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Centro da Cidade

Mensagem por ET em Ter 24 Jun 2014 - 18:31

-Mas é claro... - respondeu Jojo, chegando-se para o pé de Ed e do rapaz quase inconsciente - Acho que devemos muito a ele ao final de contas
Então o rapaz tentou pegar nele, apoiando-o no seu ombro - Achas que consegues andar? - perguntou, tentando verificar-se se o ANBU estava mesmo acordado, reparando em algo estranho - huh.. Ed, ele não tinha cabelo curto?
avatar
ET
Admin

Mensagens : 1131
Data de inscrição : 08/05/2014
Idade : 23
Localização : Açores

Ficha do personagem
Nome:: Minami Josuke
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário http://animerpgpt.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Centro da Cidade

Mensagem por Tsunayoshi em Ter 24 Jun 2014 - 19:07

Sentia a mão do Hokage a pousar no seu ombro, e nesse mesmo instante deixou de ver uma secretária cheia de papelada e uma sala e passou a ter à sua frente, novamente, Minos num estado muito danificado e à sua volta Josuke, Edward, Shiroi, e Alphonse completamente desvastado em plenas ruas de Konoha. Sem tempo para admirar aquela magnífica técnica do Hokage, de saudar o trabalho que fizeram ao danificar o Minos de tal modo, o ANBU deu de imediato um salto junto de Josuke que carregava o corpo do ilusionista - Obrigado, mas eu toma conta dele a partir de agora Josuke. - falou Prometheus, pegando no seu amigo. - Não creio que a minha assistência seja necessária aqui, vou tratar do meu colega. - disse ao líder da vila, de imediato dispersando-se dali rumo a um hospital.

Percorria os telhados, tendo verificar se o seu colega ganhava os seus sentidos de volta, mas estava em más condições, a sua transformação começava a dissipar e as suas feridas eram visíveis - Alphonse, eii, acorda! Tu és mais forte que isso, lembra-te do que acordámos. - dizia o servant, referindo-se ao pacto de que o grego seria quem mataria o ilusionista caso fosse necessário, uma tentativa de 'tocar' no jovem, fazendo-o dizer algo.
avatar
Tsunayoshi

Mensagens : 209
Data de inscrição : 08/05/2014

Ficha do personagem
Nome:: Prometheus - Archer
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Centro da Cidade

Mensagem por ET em Ter 24 Jun 2014 - 19:31

Num instante, o misterioso rapaz da ANBU foi raptado por outro agente da ANBU, provavelmente para ser cuidado. Tal coisa deixou Jojo confuso por segundos, ficando um bocado desiludido por nem ter tido a oportunidade de agradecer aquele rapaz a quem devia imenso.

-Bem malta, é melhor irmos afastando daqui. O Hokage em principio deve acabar o assunto, e depois de termos dado cabo de quase toda a baixa de Konoha, duvido que a destruição agora seja menor - afirmou enquanto juntava os seus óculos do chão.

Começou a caminhar com calma com Kohaku afastando-se do lugar. Agora parecia que tudo iria acalmar devido à aparente derrota do cabecilha da invasão.
-Jojo-kun que armadura é essa? Um Gokuseifuku? - perguntou a rapariga, olhando a armadura mística que Jojo agora tinha.
-Em princípio não... acho que apareceu em mim do nada enquanto atirei o ataque final contra o Espectro... eu suspeito que seja do mesmo tipo que a armadura do Jean... E agora acho que não sei como tirar isto...
avatar
ET
Admin

Mensagens : 1131
Data de inscrição : 08/05/2014
Idade : 23
Localização : Açores

Ficha do personagem
Nome:: Minami Josuke
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário http://animerpgpt.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Centro da Cidade

Mensagem por ET em Ter 24 Jun 2014 - 22:49

Por instantes Jojo sentiu um distúrbio na Força lá pelas montanhas, como alguém a morrer devido a uma luta, mas acabou por pensar que havia sido algum Espectro a ser derrotado - (aliás, antes seja um espectro que alguém daqui a ser morto... a presença bem que parecia um pouco fucked up...)

Ajeitou a sua capa vermelha que tinha o novo simbolo dos Crusaders envolvendo-se nela de forma a esconder a misteriosa armadura - Meh... escuso de andar a mostrar muito algo que ainda nem percebi.
-Huh, Jojo-kun, tens algo ai desu -
avisou Kohaku tirando da cabeça de Jojo algo que parecia uma tiara, aparentemente parte da armadura.
-Mas que raio que coisa de paneleira é essa? Parece uma tiara - queixou Jojo arrumando aquilo por baixo da capa sem pensar muito - Ed, eu vou ver o barco para me certeficar que não houve merda enquanto estavamos no centro disto tudo - avisou começando a andar. Naturalmente, Kohaku o seguiu.
avatar
ET
Admin

Mensagens : 1131
Data de inscrição : 08/05/2014
Idade : 23
Localização : Açores

Ficha do personagem
Nome:: Minami Josuke
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário http://animerpgpt.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Centro da Cidade

Mensagem por Hiroby em Ter 24 Jun 2014 - 23:29

Quando percebeu o que Josuke referiu, Edward logo observou os cabelos azuis do homem que agora tinham novas proporções e as cores também mudavam. - Esses tons verdes... Será que este é... - silenciou-se ao ver outro ANBU surgindo, levando o outro. Achou estranho o fato dele saber o nome de Josuke, mas a voz se assemelhava a de uma certa pessoa do passado e a mente do bastardo raciocinava aquilo com facilidade.

Acendia outro cigarro, enquanto pensava em todas as coisas que aconteciam em sequência. Sentia várias energias conhecidas, uma delas sendo a de Shiki, e esta mesma desaparecendo. Um desespero lhe veio a mente... O que poderia ter acontecido?

Logo ouvia Shiroi dizendo que seguiria JoJo e Kohaku, e sem se importar, o bastardo aceitou que ele assim fizesse. Oh vida... Nem saía de uma complicação e já entrava em outras... Ele queria ficar para observar o que aconteceria à Minos, mas decidiu pedir ao Corvo para que fizesse isso por ele.

Seguiu o caminho em direção às outras energias, inexpressivo. A curiosidade lhe abalava, e talvez o ocorrido pudesse lhe abalar mais ainda...
avatar
Hiroby

Mensagens : 157
Data de inscrição : 09/05/2014
Idade : 18
Localização : Acrelândia

Ficha do personagem
Nome:: Edward Arques
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Centro da Cidade

Mensagem por Mustang em Qua 25 Jun 2014 - 13:36


Como dois relâmpagos, um negro e outro azul, Tobirama e Minos deslocaram-se a altas velocidades para longe do centro da vila. O hokage provavelmente queria usar o seu potencial sem ser reprimido pela segurança dos seus, enquanto Minos gostava de testar os seus limites, o seu alvo agora era o líder da vila, não seria prudente ir atrás do grupo de Josuke.

O corpo de Alphonse começava a regredir para a forma original, mas graças a Archer ninguém descobrira a sua identidade. Começou a abrir mais os olhos, sentia o vendo a bater na sua própria cara, via as casas a passar por ele a grande velocidade, sentia o seu corpo percorrer telhado a telhado. Reconheceu a voz do companheiro e olhou para ele, sorriu por baixo da máscara.

- Não te preocupes, eu não vou morrer. - brincou com o rapaz sentindo a própria voz a falhar - Os ferimentos foram maiores do que eu esperava. Pelos vistos já estou fora desta invasão.
avatar
Mustang

Mensagens : 435
Data de inscrição : 08/05/2014

Ficha do personagem
Nome:: Sasagawa Alphonse
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Centro da Cidade

Mensagem por Mysterion em Qui 26 Jun 2014 - 20:52

Mahou Shoujos deveriam voar, não deveriam? Deveriam cruzar os céus, fosse com seus passos lentos, fosse com uma vassoura feito uma bruxa. Não, as bruxas todas deveriam saber voar, voar alto e além. Mas Sanae não sabia voar.

E a abóbora não fora feita para isto.

Zarparam do Porto com velocidade crescente, o vento se curvando a eles e abrindo caminho enquanto transitavam pelos céus, mantendo uma altura razoável o bastante em seguida para ver as ruas, investigar, ver os prédios, avaliar a destruição, em busca de vítimas que poderiam ser atendidas. O primeiro esforço do vôo de Sanae era conseguir enxergar escuridão a jazer pelas ruas, sem sucesso. O que necessitava de ser contido foi, mas a velocidade deu tal curto na mente da jovem que as imagens começaram e se diluir, começaram a pintar um canvas que ela não tinha controle.

Foque-se no vôo, pensou, enquanto Hyde gritava em seus ouvidos e os prédios pareciam ganhar forma e matéria conforme se aproximava, estavam a ser escritos na realidade diante de seus olhos. Lentamente, o calor de adrenalina e temor que inflara seu coração começou a ser substituído pelo calor físico, conforme o brilho da abóbora ganhava força e densidade. Ela ia explodir.

Hyde tinha razão. A abóbora não fora feita para voar, mas para explodir rápido. A prana que girava em seu fundo era primeiro moldada em uma reação, e depois inserida no constructo mental da fruta. Ela não era projetada para flutuar devido ao seu núcleo, de exaustão rápida.

Havia mais. Muitos dos circuitos mágicos de Sanae haviam colaborado ao mesmo tempo, de forma a construir uma abóbora grande o bastante para a dupla montar, mas isso tornava o trabalho manual de confecção mística fraco e deixando a desejar. Sanae abaixou e viu o sorriso da abóbora. Um sorriso maníaco, que queria matar seus portadores.

Então vamos lá! – rugiu a jovem com um sorriso tão cruel quanto o encravado na abóbora maldita.

Hyde logo sentiu um pequeno conforto frio e afetuoso vindo de Sanae. Enquanto a luz da abóbora aumentava, uma plana e cristalina camada começou a sair de seus dedos. Na mente dela, ela banhava a abóbora com cuidado, imaginando uma plástica a envolver cada canto, desde as laterais até aos detalhes faciais, os olhos incandescentes sendo fechados, a boca selvagem sendo calada e costurada. Suava frio, estava a colocar todo o cuidado que tinha no próprio corpo para montar a barreira.

Sabia que a barreira estava apenas contendo a explosão. Quando fossem parar, teriam que largar dela. Cravara os dedos dentro, a segurando com garra e força física, esta que era debilitada, mas ainda assim aceitável.

Arranhou com os dentes para a direção onde queria. Prestava atenção no firme agarro de Hyde ao seu corpo, de forma a não perder o sentido, e não permitir a loucura tomar posse de sua mente. Uma quantidade absurda de escuridão estava a lhe enevoar, quanto mais usava feitiçaria, mas não podia cessar. Avançou pelos céus como uma estrela cadente, deixando um rastro de luz por onde cruzava.

O primeiro traço fora ascendente, do Porto até a vila. Agora era decadente, como um arco-íris de cores violentas, enquanto Sanae procurava onde pousar. Havia visto o suficiente de Konohagakure. Perdia altitude, mas, conforme tomava este cuidado, a barreira perdia resistência e a explosão começava a se alastrar nos furos, estava pronta para matar ambos.

Vou ter de largar... Hyde está a se segurar, não pode usar os ventos da Chainsaw para nos manejar... Vou ter de fazer assim.

E assim foi feito. Sanae largou, nas alturas, da bomba. Ela fez um show de luzes diante de seus olhos, conforme ela e Hyde afundavam para o solo.

Smashing... PUMPKIN! – rugiu do fundo de sua alma, e estendeu a mão em direção ao solo.

O som de uma batida. A gigantesca abóbora preventiva conteve o impacto, e lançou ambos para o lado, batendo os braços, mas seguros e vivos.

... Ainda precisa de uns testes. – alegou para Hyde diante do olhar feio dele.

...

Olhar feio.

...

Queres comer algo? Soube que o ramen é bom, se estiver aberto.
avatar
Mysterion

Mensagens : 655
Data de inscrição : 08/05/2014

Ficha do personagem
Nome:: (Caster) Alucard Brunestud
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Centro da Cidade

Mensagem por Syaoran em Qui 26 Jun 2014 - 23:39

(Tenho de arranjar maneira de tirar isto de dentro de mim, não vou conseguir viver comigo mesmo enquanto os ouvir a gritar na minha cabeça. ) - pensava tentando ignorar os murmuro que ecoavam pela sua mente - (Vou acabar por enlouquecer se isto continuar. E mesmo que não exista maneira de os fazer desaparecer tem de haver uma maneira de os conseguir calar.) - continuava a sua linha de pensamento fazendo esforço para ignorar as vozes estranhas, levava as mãos à cabeça a coçando freneticamente, parecia mais que estava a arrancar os cabelos, talvez já estivesse doido de vez - Calem-se, calem-se, calem-se calem-se calem-se! - tentava ordenar todos que lhe enchiam a cabeça a pararem mas sem sucesso, alguns dos seus gritos acabavam por lhe escapar pela boa a um nível muito pequeno - Calem-se... Calem-se... - soltava quase como um sussurro.

Sabia que o seu problema não era apenas aquelas vozes que viajavam pela sua cabeça, mas se ele pudesse libra-se delas nem que fosse apenas por um dia poderia resolver o resto, mas isso não era possivel era? Mesmo assim, podia dizer que estava um pouco mais calmo, o ataque tinha terminado e os invasores tinham sido derrotados ao que parecia, a destruição ainda tinha sido grande, mas tudo pode ser concertado, com muito ou pouco trabalho, tudo poderia ser concertado, até mesmo uma mente quebrada, podia ser remendada.
Mas que estava ele agora a fazer? Tinha terminado o que se tinha auto propondo, carbonizando os corpos deixados para trás que agora não passariam de cinza a ser levada pelos ventos e agora que tudo tinha terminado apenas seguido por Vee que caminhava atrás dele sem dizer nada, ele andava perdido e sem rumo.

- Ele disse que eu precisava de algo para encher a minha cabeça, mas será mesmo que ela tem espaço para mais uma coisa? E quanto mais eles falam mais a minha raiva aumenta.... Calem-se por favor. - sussurrava para si de cabeça baixa enquanto andava.

Vee que o seguia estava em silencio por medo, já o tinha ouvido varias vezes falar sozinho, mas isso se tinha tornado cada vez mais recorrente, principalmente durante as noites em que ele passa acordado discutindo e mesmo ela quanto Judal quando tentava falar com ele recebiam respostas cheias de raiva os mandado embora ou até os ordenado que se calassem, por isso tanto ela quando o Mago decidiram que quando ele está assim mais valia deixa-lo estar até passar, mesmo que a cada "ataque" a duração do mesmo aumente.
avatar
Syaoran

Mensagens : 749
Data de inscrição : 18/05/2014
Idade : 23
Localização : Matosinhos

Ficha do personagem
Nome:: Alibaba Saluja
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Centro da Cidade

Mensagem por Mysterion em Sex 27 Jun 2014 - 12:25

... Hyde. Acho que caímos no local certo. - alegou Sanae de repente, o que chamou a atenção do peluche. Ela encarava fixamente em uma direção, como se ponderasse caminhar com cuidado antes que o solo se fizesse em areia.

Eu não vejo nenhum ramen por aqui, girl.

Não é este tipo de local. - disse ela, os olhos vazios, o desespero começando a se infiltrar em sua voz, a dançar em sua mente. Hipnotizada, ela caminhou vagarosa pelas ruelas, seguida pelo familiar apreensivo.

...

Encontrou. Não muito distante de si, estava o homem loiro da fantasia negra de Sheena. Com calma, caminhou até ele e se colocou em sua frente, cessando os movimentos uma vez que se viu ereta e rígida, como estátua de argila.

É ele, Sanae. É ele que é Legião, é ele que é caos.

Kimi ga. - saudou Sanae, erguendo sua mão. - Posso tocar na sua escuridão, por um instante?
avatar
Mysterion

Mensagens : 655
Data de inscrição : 08/05/2014

Ficha do personagem
Nome:: (Caster) Alucard Brunestud
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Centro da Cidade

Mensagem por Syaoran em Sex 27 Jun 2014 - 12:57

Continuava a andar por Konoha sem rumo, ainda incomodado com o que conseguia ouvir na sua cabeça, mas tentando manter-se em silencio para não parecer mais loco do que já estava. Para sua surpresa a sua rota fora bloqueado por alguém que se colocava na sua frente, como por instinto e talvez medo levou logo a mão direito ao cabo da sua espada a fazendo levantar alguns centímetros da bainha, mas nesse movimento conseguira ver a pessoa que se tinha metido há sua frente, uma rapariga que lhe pedia para lhe tocar.

- Tocar a minha escuridão? De que estás a falar? E primeiro de tudo quem és tu? - perguntava surpreso largando a espada que deslizava pela bainha ficando selada novamente dentro dela, apesar de deixar a sua mão ainda próxima do cabo por precaução.

Vee que o seguia ergue a sua coluna tal um gato intimidado, tinha também sido apanhada de surpresa com a chegada daquela mulher, dando um rugido nada intimidador que logo foi cessado pela ordem gestual do Ferreiro que lhe mostrava a palma da mão ainda de costas para ela, indicado-lhe para ter calma e ficar parada.
avatar
Syaoran

Mensagens : 749
Data de inscrição : 18/05/2014
Idade : 23
Localização : Matosinhos

Ficha do personagem
Nome:: Alibaba Saluja
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Centro da Cidade

Mensagem por Mysterion em Sex 27 Jun 2014 - 13:46

Ah, shit. - Hyde se fez notar ao erguer o chapéu em meio de cumprimento para o ferreiro e o animal que o acompanhava. - Perdoe a rude introdução de minha parceira, ela está em transe hipnótico e não pode manter maneiras. Esta é Dreyar B. Sanae, uma Mahou Shoujo. Ela notou uma forte influência maligna e, ademais, uma perturbação espiritual em ti, como se houvessem muitas intenções. Ela só gostaria de lhe arrancar parte de seu sofrimento para lhe aliviar.

Sanae continuava a com a mão estendida e olhos vazios, apenas esperando permissão.
avatar
Mysterion

Mensagens : 655
Data de inscrição : 08/05/2014

Ficha do personagem
Nome:: (Caster) Alucard Brunestud
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Centro da Cidade

Mensagem por Syaoran em Sex 27 Jun 2014 - 13:55

O Urso de Peluche estranho que acompanhava aquela rapariga começava a tentar explicar a situação, o Ferreiro ao ouvir o nome daquela mulher afastava a sua mão do cabo da espada murmurando para si.

- Dreyar... - disse num sussurro enquanto olhava a rapariga ainda de mão estendida - Não lhe vou deixar fazer nada até que ela me explique ao certo o que vai fazer, por isso é melhor ela sair desse transe. - disse quase como uma ordem - (Escuridão? Influencia maligna, perturbação espiritual?) - perguntava-se em segredo, mas levando a mão à cabeça, como quem tenta aliviar uma dor de cabeça

Vee agora mais calmo aproximava-se do Alquimista sentando-se ao seu lado olhando o Urso e a rapariga alternadamente, também não percebendo as suas intenções.
avatar
Syaoran

Mensagens : 749
Data de inscrição : 18/05/2014
Idade : 23
Localização : Matosinhos

Ficha do personagem
Nome:: Alibaba Saluja
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Centro da Cidade

Mensagem por Mysterion em Sex 27 Jun 2014 - 14:09

Sanae. Pum-pum-pumpkin-pumpkin.

Funcionou feito um encantamento, pois logo os olhos da rapariga ganhavam força e vida pulsante, levando-a a piscar confusa. Afinal teria de haver diplomacia e, de qualquer forma, ela é mais habilidosa nisso que Hyde.

Perdão. Ossos da hipnose (1). Conheces por acaso uma rapariga chamada Shiki e uma Sheena, algo assim? Permitiram ser tocadas, a escuridão chamada Shiki e o hospedeiro, Sheena. Ela ficou mais aliviada, pois reparti o mal. Ainda vive dentro dela e ela necessita de Exorcismo, mas penso ter conseguido acalmar e silenciar um pouco a voz de Shiki. Tudo que peço é permissão para fazer o mesmo contigo.

"O menino loiro". Sanae tinha certeza que ao citar aqueles nomes teria surtido algum efeito.

...

Posso repartir?

Spoiler:

(1) Pun de Ossos do Ofício
avatar
Mysterion

Mensagens : 655
Data de inscrição : 08/05/2014

Ficha do personagem
Nome:: (Caster) Alucard Brunestud
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Centro da Cidade

Mensagem por Syaoran em Sex 27 Jun 2014 - 14:33

Alibaba via aquela actuação por parte do Urso e ouvia as palavras da rapriga lhe dando dois nomes que ele não podia recusar.

- Neko-chan e Hime-chan... Estás a dizer que a Neko-chan lançou algum tipo de maldição na Hime-chan? E que tu estás a partilhar isso com ela para diminuir a dor dela? - falava em duvida tentando perceber o que estava a acontecer - A onde ela está? - perguntou tentando saber o paradeiro da ilusionista - (Ela quer aliviar o meu sofrimento, mas como ela fala parece que ela fica com o que retira de nós.... Calem-se, deixem-me pensar.... Se ela fizer isso será perigoso para ela...) - tentava reflectir ainda com intromissão dos que habitavam a sua mente.
avatar
Syaoran

Mensagens : 749
Data de inscrição : 18/05/2014
Idade : 23
Localização : Matosinhos

Ficha do personagem
Nome:: Alibaba Saluja
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Centro da Cidade

Mensagem por Mysterion em Sex 27 Jun 2014 - 14:37

Ela partiu. Eu fiz o que pude por ela, e agora Ryougi Shiki está selada. Ela fala, mas eu já não escuto. Lido com isto já faz algum tempo. - disse ela, com um sorriso gentil. Mas havia algo no ar que dizia que ela escutava, sim. - Não sei para onde ela foi, mas sei que reparti apenas uma parte daquele mal, e que ele ainda ronda em sua mente. Permita-me retirar uma parte da tua, permita-me carregar parte. - pediu ela séria.

.. Sanae não vai suportar esta escuridão por muito tempo, mas ela insiste em amenizar os outros... Que obsessão doentia ela tem com as trevas? - perguntava-se Hyde sobre a única parte daquela parceria que nunca compreendeu.
avatar
Mysterion

Mensagens : 655
Data de inscrição : 08/05/2014

Ficha do personagem
Nome:: (Caster) Alucard Brunestud
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Centro da Cidade

Mensagem por Syaoran em Sex 27 Jun 2014 - 15:06

- Não sabes? Muito bem... - suspirou abaixando a cabeça, olhando, para Vee e de seguida para o Urso e para a rapariga - A proposta é tentadora, ficaria agradecido se me pudesse livrar disto, mas... Tu ficas mesmo com o que retiras dos outros, o peso fica em ti mesmo que consigas ignorar. - olhando a rapariga, tinha de pensar nas consequências do que podia fazer - Vocês os dois são amigos? Companheiros? - perguntou olhando a Mahou Shoujo e o Urso.
avatar
Syaoran

Mensagens : 749
Data de inscrição : 18/05/2014
Idade : 23
Localização : Matosinhos

Ficha do personagem
Nome:: Alibaba Saluja
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Centro da Cidade

Mensagem por Mysterion em Sex 27 Jun 2014 - 15:11

Companheiros. Eu sou uma Mahou Shoujo, e toda Mahou Shoujo tem um companheiro animal. No final, eu acabei com este, Hyde Van Helsing, mafioso, canastrão, e portador do Chainsaw Demoníaca. - disse Sanae de ritmo lento e vagaroso, ainda queria retirar a escuridão daquele rapaz. Podia ver que era mais que uma, e se pudesse retiraria cada grito, cada lamento dele. Talvez em outra ocasião. - Tens certeza que não queres silenciar nem algumas destas almas? Eu me viro com elas depois. É meu dever.
avatar
Mysterion

Mensagens : 655
Data de inscrição : 08/05/2014

Ficha do personagem
Nome:: (Caster) Alucard Brunestud
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Centro da Cidade

Mensagem por Syaoran em Sex 27 Jun 2014 - 15:20

- Eu não estou a dizer que não aceito a ajuda que estás a oferecer, mas quero saber em que é que me estou a meter antes de tomar uma decisão. Não posso ir em frente apenas porque uma cara bonita me diz que me quer ajudar. - respondeu de seguida olhando para o urso - Tu que achas do que ela faz? Pensas que é perigoso para ela? Responde com a verdade por favor... - perguntou ao urso mafioso, pedindo a verdade - (Eu vou-me livrar de vocês e nunca mais vou ter de vos ouvir, poderei seguir em frente.) - tentava comunicar com o que tinha no seu interior cada vez mais inclinado em aceitar a proposta da rapariga.
avatar
Syaoran

Mensagens : 749
Data de inscrição : 18/05/2014
Idade : 23
Localização : Matosinhos

Ficha do personagem
Nome:: Alibaba Saluja
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Centro da Cidade

Mensagem por Mysterion em Sex 27 Jun 2014 - 15:34

...

Hyde olhou para Sanae.

Sanae olhou para Hyde.

... Sanae absorve a escuridão das pessoas. Ela absorve e depois permite que ela se acumule em sua alma, junto do desespero, do pânico, da loucura. Isso vai e vai se acumulando. Sanae é a Mahou Shoujo do Halloween, a noite em que a camada material e espiritual da existência se afrouxa, o enterro do sol e o nascimento da lua, o ponto do auge do conflito entre a Luz e a Escuridão, o caos e o eclipse do mundo. Ela é a Mahou Shoujo que protege este conceito, e mais, que é este conceito. Já viste um anime de Mahou Shoujos, não? Que a falar palavritas mágicas ganham um vestidinho todo faggot e usam o poder do Amor para lutar, não? Sanae não usa o poder do amor. Ela usa o poder do Halloween, que lentamente se banqueteia em sua mente e lhe deprime. Ela evoca abóboras cartunescas, pois aprendeu a ter senso de humor negro sobre o que faz, e isso lhe permite manter o controle. Mas um dia a mente dela pode entrar em ruptura, e ela será lançada ao abismo. Ela não se tornará uma assassina nem nada disso...

Hyde fez uma pausa.

Sabe o que é Geas? É uma maldição celta antiga, que obrigava o receptor a seguir uma ordem do feiticeiro. Sanae implantou um Geas em si própria, de que, quando a escuridão for demasiada para ela, ela cometerá suicídio no mesmo instante, levando as trevas consigo para o Outro Mundo, para que assim elas nunca mais possam voltar. Esta é a missão dela, não permitir que se torne uma Bruxa do Halloween e que jogue sua praga sobre o mundo. Eu estou aqui para apoiá-la e lutar do seu lado, até que ela absorva toda a escuridão que puder. Ela deve continuar viva até ter sugado tudo... E assim ela quebrará a Magia do Halloween. Ela não permitirá que este fardo recaia sobre nenhuma outra pessoa. Ela não passará os ensinamentos.

Hyde parou de falar.

... Não é seguro para ela, mas ela tem de fazer. Não porque é Destino, não porque ela é a Mahou Shoujo do Halloween. Ela tem de fazer porque ela é Sanae, e ela o quer fazer. Ela não dormirá até se livrar de toda a escuridão que puder. Se ela pagar o preço, so be it. Ela podia ter passado o dever para outra, mas não o fez. Ela deixou que pesasse sobre si, pois este é um mundo sem Ordem, Lei, Misericórdia, Perdão ou Pureza, e ela tem certeza que quer enfiar isso tudo no rabo dele antes de partir. Este é o significado que ela concede.

O urso ergueu a cabeça.

Permita, por favor.
avatar
Mysterion

Mensagens : 655
Data de inscrição : 08/05/2014

Ficha do personagem
Nome:: (Caster) Alucard Brunestud
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Centro da Cidade

Mensagem por Syaoran em Sex 27 Jun 2014 - 15:48

-(Merda... não vai ser agora que vocês se vão calar...) - suspirou dentro da sua cabeça sendo combatido pelos gritos de desespero dos que lá também moravam - Sanae-chan és uma boa rapariga... Agradeço por o que estás a tentar fazer, o que fizeste pela Hime-chan e o que estás a tentar fazer por mim, mas se a tua missão é mesmo levar contigo o maior numero de escuridão, acho que te tens de guardar para pessoas que realmente precisem da tua ajuda. - disse tentando abrir um sorriso mas sem conseguir - Como tu queres que ninguém tenha de carregar a escuridão eu não quero que ninguém carregue o meu fardo. Coloquei isto em mim mesmo, tenho de o aguentar ou arranjar maneira de me livrar dele sem que tenha de passar o passar a outras pessoas. - terminou suspirando, de certo modo estava irritado consigo mesmo por não ter aceite e livrado-se de algum daquele problema - Obrigado mesmo assim. Continua o bom trabalho... - agradeceu novamente curvando-se e depois de erguer o corpo voltou a entrar em rumo - Vee, vamos temos o que fazer. - chamou o Ferreiro começando a ser seguido pelo pequeno pokemon
avatar
Syaoran

Mensagens : 749
Data de inscrição : 18/05/2014
Idade : 23
Localização : Matosinhos

Ficha do personagem
Nome:: Alibaba Saluja
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Centro da Cidade

Mensagem por Mysterion em Sex 27 Jun 2014 - 15:52

... Muito bem. Não pesquei o teu nome, então não posso me despedir adequadamente. Mas quero que saibas que sempre estarei por perto para te ajudar... Da maneira que posso. Tenha o resto de um bom dia, rei loiro. - deixou escapulir algo que Shiki havia lhe dito. Sem se importar, começou a caminhar para longe. - Hyde. Divirta-se por aí, depois nos encontramos. Preciso de um tempo sozinha.

Sure thing, hoss. Até, loiro. - disse, seguindo numa direção oposta da Mahou Shoujo, que trilhava até a Floresta.
avatar
Mysterion

Mensagens : 655
Data de inscrição : 08/05/2014

Ficha do personagem
Nome:: (Caster) Alucard Brunestud
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Centro da Cidade

Mensagem por Tsunayoshi em Sex 27 Jun 2014 - 23:29

- Uma atrocidade destas só podia ter uma origem... Hades. - pensou o servant, dirigindo-se para uma das últimas concentrações de espectros de baixo nível.

A destruição já era vasta na vila, muitas casualidades, muitos ninjas que deram a só a vida ficando apenas os seus corpos para contar a história de como lha foi tirada. Seu punho cerrava-se veemente, estava bem frustrado. Não só pela desgraça do submundo que envolvera a vila, mas por muitas razões, especialmente o facto de Athena não se ter dado ao luxo de aparecer e fazer algo perante isto. Se a protectora da humanidade não fazia nada, bom agouro não era.

Desceu que nem uma flecha sobre os servos de Hades, enfrentando-os directa e fisicamente, intrometendo-se num grupo de cinco soldados. Rapidamente saltaram sobre o grego, tentando aniquilar a ameaça, porém a descoordenação e falta de companheirismo fora um catalisador para a rápida derrota deles. Desviando-se com um movimento de pés rápido, como se estivesse dançando no meio deles, esquivando dos golpes criando friendly fire entre eles e com as suas espadas gémeas acabando com eles.

Havia muitos mais espectros naquela extensa rua, e assim continuara a percorrê-la, abordando os mais próximos - Quando irão perceber que os mortos não pertencem ao mundo dos vivos? - perguntou de modo retórico enquanto projectava as lâminas douradas contra os espectros e sorrindo com a ironia de que ele própria já não pertencia a este tempo. Apesar do baixo nível destes soltado e de os conseguir derrotar com facilidade, a cada espectro que derrotava, mais dois ou três se juntavam, começando a surgir uma concentração junto de Prometheus. Em vez de ser o atacante, já era o atacado, usando as armas para se defender e não para derrotá-los como devia fazer.

Começava a dar pequenos pulos para trás dado o sufoco que lhe estavam a fazer, concentrou-se então e lançou-se contra eles tentando usar a sua força de titã para desequilibrá-los, todavia isso apenas dera certo em arrumar com dois ou três e sem demoras dois atiraram-se ao servant que não escapou ileso, com um corte na zona da omoplata - Eles já estão em grande número, com apenas força não consigo superá-los, e evadir os seus ataques era preciso pelo menos ter velocidade do som para conseguir escapar sucessivamente a tantos golpes hmm. - analisava a situação, verificando todas as opções possíveis tendo encontrar a certa, a que lhe garantisse a vitória e limpasse as ruas de Konoha daquele lixo vindo do submundo. Olhou para trás, vendo uma parede que ditava que os caminhos estavam fechados - Eles são demasiados para eu confrontar corpo a corpo, até para estar junto deles, isso seria o meu fim sem dúvidas. Precisava de os derrotar num único golpe... - e eis que algo surgiu na cabeça do premeditador.

Virou as suas costas para as já dezenas de espectros e lançou-se em velocidade em direcção à parede, convidando os servos de Hades a segui-lo que o fizeram sem hesitar e soltando palavras de vitória - Ele já foge, vamos a ele! - diziam, entre outras frases, convencidos que o servant já não aguentava com eles. Continuava a correr desenfreadamente como se não fosse travas junto à parede e fosse colidir com ela, mas já quando se acercou bem perto dela, deu um salto e pousou os pés da parede e com muita força, deu um enorme impulso em direcção aos espectros, esperando pelo timing para soltar o Hero's Talon sem hipóteses de fuga, e assim que chegara o momento, com a espada da mão direito, soltou um slash horizontal à altura da cintura dos invasores e os derrotar, saindo uma enorme pressão de ar, tão cortante e letal - Mandem os meus cumprimentos a Hades! - gritou convicto da vitória... e assim o fora.

Respirava aceleradamente, o esforço fora muito para o seu estado actual e efectuar uma técnica que drena muita stamina causava os seus efeitos. Activou a spirit form para assim começar a conservar as suas energias e forças, esperando então que elas se restabelecessem de novo. Abandonou o local então, procurando por Kyle, e saltando de telhado em telhado observava que a invasão havia chegado ao fim, mas as marcas que fizeram, certamente iriam durar.
avatar
Tsunayoshi

Mensagens : 209
Data de inscrição : 08/05/2014

Ficha do personagem
Nome:: Prometheus - Archer
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Centro da Cidade

Mensagem por Syaoran em Dom 29 Jun 2014 - 0:40

Depois de se separar da Mahou Shoujo que generosamente se oferecia para carregar parte do seu tormento, continuava a andar por aquela cidade meia deserta ainda, apesar de o ataque ter terminado com certeza ainda não era seguro fazer as pessoas saírem dos abrigos, mas agora que já se tinha afastado bastante e não tinha ninguém perto abaixo perto do animal que o seguia.

- Vee... desculpa, vou-te pedir um favor muito importante - falou para o pokemon enquanto pousava a sua mão na pequena cabeça do animal quadrúpede, apesar de ainda ouvir as vozes desesperantes na sua cabeça tinha algo em mente que queria fazer e tentava ignorar o melhor que podia até ter feito o seu pedido - Procura a Hime-chan por favor, preciso de falar direito com ela, sem fugir desta vez. Eu estarei por... - dizia olhando em volta, já tinha andando por alguma extensão de Konoha e apesar de não a conhecer direito ainda podia dar um pouco de direcção - Estarei por ali... - dizia apontando para onde pretendia ir

Vee ouvia o pedido e logo começava a afastar-se confiante que iria concretizar a sua missão apenas olhando para trás para ver que Alibaba o olhava a afastar.

- Vai com cuidado... - aconselhou olhando o pokemon afastar-se ainda mais.

Agora os dois separados Alibaba seguiu rumo para o local que tinha indicado, enquanto andava sem rumo por Konoha tinha avistado floresta e era para lá que se dirigia.
avatar
Syaoran

Mensagens : 749
Data de inscrição : 18/05/2014
Idade : 23
Localização : Matosinhos

Ficha do personagem
Nome:: Alibaba Saluja
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Centro da Cidade

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 4 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum