[Numero 3] Casa do Silvers Rayleigh

Página 3 de 3 Anterior  1, 2, 3

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: [Numero 3] Casa do Silvers Rayleigh

Mensagem por Syaoran em Qui 30 Jul 2015 - 13:37




Spoiler:






As Bestas olharam Alphonse de alto a baixo pareciam enfurecidas e preparadas para atacar mas Rayleigh olhou para elas de lado e elas deram alguns passos atras acalmando a sua saliva, de seguida o Velho oulou de volta para Alphonse e coçou a cabeça - Por acaso agradecia que conseguisses todos os pedaços de volta, era a minha caneca favorita... Haaa! E para alem disso não queria mesmo ter de ajudar algum deles a dominar o resto. - disse o Mestre do Haki, virou costas e começou a afastar-se - Não precisas de ter pressa eles são Bestas poderosas apenas utilizando Haki terás alguma dificuldade, não tenhas medo de recusar caso te vejas em perigo e se achares que precisas de mais treino antes de enfrentar algum deles tens todo o tempo, apenas não te deixes vulnerável a algum ataque deles. Afinal para ti é um desafio dentro do treino, mas para eles é um negocio para consguirem o dominio deste lugar. - aconselhou enquanto se afastava levando à sua frente os Animais para eles voltarem aos seus territórios

avatar
Syaoran

Mensagens : 749
Data de inscrição : 18/05/2014
Idade : 23
Localização : Matosinhos

Ficha do personagem
Nome:: Alibaba Saluja
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Numero 3] Casa do Silvers Rayleigh

Mensagem por Mustang em Qua 5 Ago 2015 - 18:39

Dois dias tinham-se passado após o lançamento do novo desafio de Silvers, Alphonse ainda não tinham começado aquele percurso, decidira esperar algum tempo para meditar um pouco, necessitava recompor-se fisicamente e psicologicamente. Estava de pernas cruzadas em frente à casa do superior, parecia que estava num coma profundo pois não reagia a nada. Os seus longos cabelos negros caiam sobre as suas costas nuas, bailando por alguns segundos sobre o ritmo da brisa. Apesar do seu físico estar naquele local, o verdadeiro Alphonse estava longe. Nos confins da sua consciência.

...

Era um longo espaço vazio. Não existia nada. Apenas água, que cobria um pouco dos seus pés e estendia-se por toda a região.

- Por quanto mais tempo vais-me fazer esperar? - perguntava na sua voz neutra enquanto caminhava sem rumo, parecia procurar alguém, ou melhor, esperava alguém - Esta metamorfose deu-se por alguma razão.

- Kukukukukukuk - um sorriso sinistro ouviu-se ao longe, uns quantos metros do ilusionista, estava um vulto negro, um pouco maior que ele e também de longos cabelos compridos, o cenário rapidamente tornou-se pesado e aterrador devido à sua força espiritual - Com que então o Shadow decidiu que eras digno de ser o seu próprio sucessor. Agora vens aqui, na expetativa que eu faça o mesmo?


- Não vim com nenhuma expetativa, carrego sempre as certezas. - sorriu desafiando o vulto que estava a sua frente, não parecia nada intimidado com aquele ambiente, afinal era o típico tempero da névoa - Sinto um imenso poder a despertar no meu oculto, depois da absorção de Shishou ainda tive mais a certeza. Preciso fazer o mesmo contigo, assim despertarei o meu verdadeiro potencial. - a energia negra começou a fluir no corpo do Sasagawa, forte o suficiente para fazer estremecer todo aquele espaço infinito - E quando tiver esse poder, poderei destruir aquele filho da puta!

Sem esperar resposta o corpo do ilusionista desapareceu dado à sua velocidade, deslocando-se em linha reta na direção daquele vulto, preparava-se para desferir o primeiro golpe.

- Não faças isso.
Uma luz incandescente veio dos céus, intrometendo-se entre Alphonse e o vulto negro. A luz era suficientemente forte para iluminar todo aquele espaço. Aquela voz dócil e serena deveria pertencer à fonte daquela luz. O vulto desapareceu por alguns instante, como se desaparecesse sobre a influência daquela luz, enquanto Al cessava os seu movimentos, espantado com aquela situação.

- Não pode ser ... - pela primeira vez o corpo de Alphonse estremecia todo, os seus olhos estavam menos nítidos devido ao espanto, a sua boca estava meia aberta. Não tinha reação, não conseguia acompanhar aquele acontecimento. Deslumbrava-se cada vez mais enquanto a luz materializava-se e enquanto desaparecia aos poucos, formava a aparência de um jovem humana, com um pequeno gato azul no seu ombro direito. O seu sorriso era encantador e a sua presença acalmava todo o cenário daquele local.



- A quanto tempo, Alphonse. - a voz dócil da rapariga penetrava o coração de Alphonse, este sentia as suas pernas a falhar.

- YAY! A quanto tempo Al's-kun! - gritava o gato eufórico no ombro da rapariga, parecia ter algumas lágrimas nos olhos.

- H-Happy... - a sua voz estremeceu, não saia como ele desejava. Aquele gato azul era nada mais nada menos do que o seu "pai" adotivo, aquele que cuidara de Alphonse após o sacrificio da sua mãe e o mesmo que protegera Alphonse naquele cristal, preservando o seu corpo em 100 anos. Quem segurava o animal, era de certo ... - Mãe...


- Vês Happy, fizemos bem em selar a nossa energia juntamente com o cristal. - dizia a rapariga de longos cabelos laranjas, mantendo sempre o sorriso no rosto, parecia também querer deixar algumas lágrimas caírem - Graças a isso, podemos impedir-te de seguir um mau caminho, ainda posso salvar-te.


- Salvar-me?!

- Afinal é isso que uma mãe faz, não é? - deu alguns pequenos passos na direção do ilusionista, chegando perto o suficiente para abraçar o seu corpo com força, apertando-o contra si. O espanto do Sasagawa foi ainda maior ao perceber que aquilo não era uma ilusão, mas sim a realidade - Já tínhamos falado anteriormente através da réstia da minha chama que jazia no meu anel, esse que tens aí na mão.

- Eu não entendo... qual é a razão para apareceres novamente...

- Já disse, vamos salvar-te da escuridão. - desfez o abraço com suavidade e encarou o filho com seriedade, parece que era um assunto problemático - Antes de sucederes os poderes de Akyo e enfrentares Daemon Spade, é preciso saberes algumas coisas.

- Que tipo de coisas? Ainda há algo mais para saber? - o seu tom de voz parecia impaciente.

- A verdade sobre o teu pai, sobre aquele dia e sobre a minha morte - fez uma pequena pausa, parecia custar-lhe dizer aquelas palavras - O teu pai nem sempre foi a pessoa que pensaste ser. Ele.... Ele amou-te de verdade, tal como um pai.

...
...

- Não fui a única a sacrificar-me naquela noite. Tanto eu como o teu pai, morremos por ti.


*Flashback*
Spoiler:

As ruínas do laboratório estavam completamente destruidas, a cada passo que davam parecia que o teto cairia por cima deles. Happy usava as suas pequenas asas brancas para voar, fugindo assim com aquele bebé nos braços, fruto da união entre Kyo e Kazu, as lágrimas não paravam de cair pelos olhos do animal, sofria com o sacrifício da sua dona que ficara para trás, na tentativa de atrasar o próprio amado. A alguns metros destes dois, no centro do laboratório, estava um rapaz de curtos cabelos castanhos espigados, referente à imagem de Sapporo Kazu antes da metamorfose com Mukuro. Ao seu lado estavam mais dois rapazes, ambos usavam um traje negro que lhes cobria todo o corpo. Um deles detinha curtos cabelos brancos e era conhecido por ser o pupilo de Kazu, o outro era conhecido como o dragon Slayer do Metal, com longos cabelos negros e corpo robusto.

- Kyo... Por favor, já chega. Não consegues escapar à vontade de Rokudo Mukuro! - Kazu parecia um pouco preocupado com a amada, pedindo-lhe que abandona-se o confronto.

- E entregar o nosso filho? Fruto de tudo o que nós vivemos? - a voz da jovem rapariga estava mais alta do que o costumo, estava exaltada e as lágrimas caíam pelos seus olhos, sem nunca cessar, o sofrimento era imenso - Eu prefiro morrer! Mukuro nunca irá colocar as mãos sobre o MEU filho!

Tanto Allen como o Dragon Slayer cuspiram em seco, enjoados com aquela conversa. Os seus olhos estavam nítidos, como se estivessem a ser controlados por alguém, num movimento rápido, ambos os lutadores desapareceram, direcionar-se a Kyo. A mão de Allen cobria-se com as chamas indígo da névoa, enquanto que o braço do outro tomava a forma de uma espada de metal. Ambos trespassaram o corpo de Kyo, que jorrou um pouco de sangue pela boca. Kazu gritou desesperado enquanto as lágrimas caiam pelos seus olhos, mas Kyo sorriu para sua surpresa.

- Eu sei que tu amas o teu filho, eu que me amas. Consegui chegar ao teu coração e fazer-te esquecer a vingança, consegui quebrar a maldição que Rokudo Mukuro colocou sobre ti no dia que te treinou. Consegui acabar com a maldição que Mukuro lançou sobre o teu irmão, sobre o massacre do clã sapporo. - as lágrimas caiam cada vez mais, enquanto isso surgia um pequeno pentágono azul na testa da rapariga, este rapidamente começou a brilhar e a expandir-se pela sua cara, formando alguns traços como tatuagens, que percorriam o seu rosto e acabavam por traçar o restante corpo. Os punhos da jovem incendiaram-se naquele fogo amarelo característico do sol - Então por favor, eu sei que já não podemos ser aquela família feliz, o destino não nos permitiu. MAS POR FAVOR, AJUDA-ME A SALVAR O NOSSO FILHO! - carregando o poder das chamas nos seus braços, Kyo desferiu um soco em cada adversário, movida pela raiva e pelo desespero, determinada a proteger o seu filho, projetou a sua força naqueles punhos, arremessando os dois adversários que ao colidir com a parede mais próxima, destruíram mais de metade do laboratório. Era uma força monstruosa, enquanto isso, as feridas de Kyo começavam a curar-se rapidamente - Eu sou a mulher do guardião da névoa e mãe daquele que irá mudar o rumo das coisas. Não me subestimem!


- Essa técnica.... Esse Kinjutsu é muito perigoso! - o desespero do jovem ilusionista agora era outro, uma nova preocupação sobre Kyo atormentava-o, aquela "transformação" parecia ter efeitos negativos - Acompanhei o teu treino, vi-te o quão te esforças-te para a adquirição dessa técnica. Uma técnica que permite que um médico parta para o campo de batalha, impedindo-o de morrer a todo o custo. Mas essa aceleração das células, vai custar o teu tempo de vida. -explicava enquanto os dois jovens atingidos por Kyo começavam a recuperar a consciência e levantavam-se, sem grande custo.

- Pensei que já te tinha dito. Vou arriscar a minha vida nesta batalha, afinal é a vida da minha família que está em custo. - sem esperar que retomassem o seu poder por completo, sem dar tempo para estar surpreendida, Kyo lançou-se rapidamente contra o Dragon Slayer, a sua velocidade era espantosa, porém momentânea devido ao chakra acumulado nos pés. Erguendo novamente o seu punho carregado com as chamas do sol, desferiu um potente soco no rosto do inimigo, quebrando a sua armadura natural de metal, projetando-o contra o chão, pressionando o seu poder. Uma nova cratera abriu-se e mal a poeira desapareceu, Kyo retirou o punho do chão, sem se certificar se o adversário estava morto, afinal a potência daquele golpe fora bem visível. Virou o rosto olhando ferozmente para Allen - O teu futuro, é o mesmo. - da mesma maneira que se lançou para o dragão, lançou-se também para o ilusionista, tentando desferir desta ver um pontapé ascendente - Desaparece miser.....O que?! - O corpo da médica deixava de responder, deixando-se ficar estática - Merda... os olhos dele. Hipnose...

Allen não manifestava nenhum som, não emitia nenhuma vontade, nenhum sentimento. Apenas como um animal que já tem a sua presa pronta, ergueu a sua mão, preparando-se para perfurar o corpo da jovem. No entanto tudo mudou. O solo por baixo de Allen começava a desmoronar-se e em questão de milésimas, um dragão negro rasgou o restante solo, com os seus dentes afiados rasgou a pele de Allen e seguindo-se dos músculos, até os próprios ossos eram triturados naqueles movimentos. O dragão negro com olhos cor de sangue, apenas cuspiu alguns ossos no final, desaparecendo sobre chamas negras.

- Kazu... - Disse a jovem que retomara consciência dos seus movimentos. Olhou para trás e observou o jovem, ainda com uma expressão enraivecida devido ao acontecimento, afinal quase perdera a mulher que amava. Sorriu de verdade, como se apaixona-se novamente - Obrigad...

- YAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH

O grito do ilusionista percorreu todo o laboratório, um grito terrível de dor e sofrimento. Acompanhado dos seus movimentos bruscos, posicionou violentamente ambos os joelhos no chão, agarrava a cabeça com ambas as mãos. Desesperado, deu várias cabeçadas no solo, começando a criar uma ferida na testa. O sangue corria pelo seu rosto, acompanhado pelo sangue que lhe caía pelo olho da reencarnação dos seis caminhos, que neste momento exibia o Kanji número cinco, ilustrando o caminho dos humanos. A médica preocupada com a agonia do amado, aproximou-se rapidamente, agarrando-o pelos ombros.

- Kazu! O que se passa? - as lágrimas começavam a cair pelo seu rosto, e com este toque o guardião da névoa cessou os seus movimentos, encostou a cabeça ao peito da rapariga e ouviu a sua respiração. Ainda sentia as dores e a agonia, mas tinha que se conter. As lágrimas da rapariga não cessavam, sabia o que estava para vir.


- Kyo... Desculpa, mas não vou poder acompanhar-te. - disse com um sorriso, a sua voz estava cada vez mais fraca - Aqueles dois eram as únicas duas marionetas que Mukuro tinha neste laboratório, sem elas não teve outra escolha senão esta. Não conseguindo o corpo de Alphonse para si, teve de apoderar-se de outro que fosse um recipiente mais próximo ao perfeito. Alguém que ele já tinha possuído alguma vez.

- N-não há nada que possamos fazer para impedir? - a sua voz falhava e o seu corpo tremia de tristeza.

- O sexto caminho da reencarnação, o caminho dos céus. Poderia usar os seus poderes para baixar as probabilidades da possessão, mas sinceramente de pouco servia. - agarrou um pouco mais a jovem, sentindo a sua respiração - Mukuro acabaria por nos matar aos dois, mesmo não tendo corpo, além do mais acabaria por colocar-te sempre em perigo devido a ligação mental entre nós os dois. Ouve bem, vou usar o caminho dos céus para aumentar a tua probabilidade de fuga. - os olhos de Kyo arregalaram-se, de pronto preparou-se para reclamar, mas foi interrompida pelos lábios de Kazu, que lhe roubaram um pequeno selo - É assim que vai ser, vais proteger o nosso filho. - agarrou com mais força um dos braços de Kyo - Da mesma maneira que passaram Shishou de gerações em gerações, vou selar parte da minha energia no teu corpo. Uma médica como tu, conseguirá transferir Chakra sem problemas. Estás encarregue de transmitir-lha a Alphonse, mais tarde quero poder ajudar-lhe nas suas escolhas, pelo menos uma única vez. - agora era o corpo de Kazu que começava a tremer - E por fim, vou precisar que tu e o Happy utilizem o vosso cristal prateado, cobrindo o corpo do nosso filho até ao próximo século. - agora as lágrimas também caiam pelo seu rosto e a sua voz falhava - Desculpa! Estou a pedir-te que te vás comigo.

A jovem sorriu e beijou a testa do amado, surpreendendo-o. Logo levantou-se, sabia que não havia tempo a perder, além do mais ela também era uma guerreira, sabia que iria ter de enfrentar aquelas situações dolorosas, limpou as lágrimas e sorriu mais uma voz a Kazu.

- Amo-te. - disse uma última vez e partiu.

- Amo-te. - logo formou o selo do tigre, e entre sangue e lágrimas sussurrou - Caminho dos céus.

A ilusão começou a desvanecer. O flashback começava a terminar e estávamos de novo juntos ao espírito de Kyo e Alphonse.
 

- Apesar do sacrifício do teu pai, as coisas não correram como o planeado. - a sua voz era triste, a sua mágoa era enorme - Tu e o Happy conseguiram escapar com sucesso, mas o poder de Rokudo Mukuro estava tão grande. Mesmo com as probabilidades de fuga aumentadas, fui capturada e hipnotizada pelo seu poder. - novas lágrimas recomeçaram - Então só apareci 15 anos depois, para te tentar matar sobre os seus comandos. Foi aí que a tua chama da névoa despertou por completo e os poderes de Akyo surgiram. Conseguiste quebrar a hipnose e então, finalmente, consegui usar em conjunto com Happy, o Cristal prateado. Selando contigo, o meu chakra, o de Happy e o do teu pai.


O corpo de Alphonse não reagia, nem a sua mente. O seu mundo colapsou.

- Kukukukukuukukukuk - aquela voz estranha novamente ecoou sobre todo o ar, reconhecida no início como a presença de Daemon Spade. Kyou e Alphonse mantinham-se agora na defensiva, esquecendo-se por alguns momentos daquela conversa, o confronto contra aquele ilusionista era muito mais importante - O menino foi escolhido por Shishou, teve os dois pais que se sacrificaram por ele, além de ter a benção de Akyou ainda tiria a minha? Ahahahaha, que hilariante. - desta vez o vulto de Daemon não aparecia como no inicio, a voz apenas se manifestava por todo o recinto, referente a posição de omnipresença, tal como um deus - Submetam-se todos ao meu poder. - a energia espiritual do superior logo se fez sentir em todo o lugar, pressionando Alphonse e Kyou contra o solo, enquanto que  acima deles surgia no "tecto" um enorme olho, assustador com as suas veias todas realçadas e vermelhas, no centro da sua irís negra estava o naipe de espadas. O olho começou a brilhar e todo o lugar começou a ser destruído, Alphonse caíu de joelho no chão, agarrado a sua cabeça cheio de dores - Está na hora de sentirem o meu poder.

- Alphonse, por favor mantém a calma. - Kyou falava por detrás dele sussurrando-lhe ao ouvido, colocava ambas as mãos sobre os ombros do rapaz, enquanto isso o seu Yin Seal começava a manifestar-se, começando a trazer aquelas marcas por todo o seu corpo - O poder do olho do Daemon Spade consegue controlar todos os que tiverem no seu caminho, tornando-os nas suas marionetas. A única maneira de conseguires absorver o seu poder e ganhar o seu reconhecimento é à força. Vais ter que submeter o teu poder ao dele e controlar a sua mente.

- M-mas como? O poder dele é muito maior que o meu. - tentava conter as dores enquanto ouvia a explicação da sua mãe.

- Eu vou dar-te apoio, vou transferir-te o meu Byakugõ.
- disse enquanto começava a transferir o seu chakra para o corpo de Alphonse, as marcas pelo seu corpo desapareciam e ressurgiam em Alphonse, como se este tivesse o poder do Byakugõ - Usa o teu poder em conjunto com o meu, eu acredito em ti.

O grito de Alphonse ecoou por todo o recinto enquanto o seu poder aumentava, multiplicava, tornava-se cada vez mais poderoso. Kyo sabia perfeitamente que o seu filho ainda não tinha o poder para derrotar o desafio do Daemon, mas com a sua enorme reserva de Chakra, talvez fosse mais fácil pressentir com o "encantamento". O poder do Sasagawa estava incrível, o poder do seu sétimo estava no auge, o chão quebrava à sua volta e tremia devido à ressonância de poderes. Enraivecido, olhou para o grande olho de Daemon e libertou ainda mais poder, direcionando toda a sua energia para o centro do olho, aos poucos e poucos um naipe de espadas também começava a aparecer nos olhos de Alphonse.

- Daemon Spade... - disse enquanto se levantava, mantendo sempre o contacto com o olho, as marcas que Kyou transplantara nele estavam a transbordar de energia negra, raios negros começavam também a cobrir o seu corpo. O seu ódio era profundo - O criador do clã Rokudo, certo? O antepassado de Mukuro, o antepassado do filho da p*ta que obrigou Train a exterminar o seu clã, que levou o meu pai ao desespero e apoderou-se do corpo dele, sendo ele a nova reencarnação de Shishou. - o poder aumento começando a tornar-se numa aura mais densa e agressiva, Kyou começava a ter algumas dificuldades para permanecer ali - Daemon Spade, escreve o que eu te digo.... eu vou eliminar todo o clã Rokudo!

O poder de Alphonse atingiu o limite, transformando toda a quantidade de Chakra fornecida por Kyou em energia negra, agora tinha um estoque de poder que lhe permitiria sobrepor-se aos poderes de Daemon. O naipe de espadas começou a brilhar cada vez mais, até que um raio negro saiu deste, perfurando o grande olho do adversário, aí sim, todo o restante espaço foi destruído com a explosão.

- Daemon Spade, eu ordeno-te que me sucedas como teu herdeiro. - apenas sussurrou enquanto o restante espaço era destruído.
avatar
Mustang

Mensagens : 435
Data de inscrição : 08/05/2014

Ficha do personagem
Nome:: Sasagawa Alphonse
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Numero 3] Casa do Silvers Rayleigh

Mensagem por Mustang em Seg 10 Ago 2015 - 1:04

- O verdadeiro inimigo é Rokudo Mukuro. - a voz de Kyo ainda ecoava pelos ares, mas estava tudo tão confuso, estava tudo branco e brilhante, o sorriso da rapariga aparecia ao fundo do cenário - Não te deixes ser consumido pela vingança. E não te esqueças, aqueles que estão ao teu lado não são peões. Estes trilhos não foram feitos para se andar sozinho.

E de repente tudo cessou, a voz desapareceu e Alphonse abriu os olho.

- Mãe? - perguntava-se a si mesmo, tinha o corpo repousado no chão, fitava o amanhecer e a subida do sol - Cada vez aproximo-me mais da verdade. Tenho de eliminar Rokudo Mukuro e por fim a esta maldição.

Ergueu o seu corpo com calma e caminho para longe, sabia que tinha de treinar. Não podia esquecer o terror dos poderes do inimigo, afinal aquela demonstração no templo, não passava de um aquecimento.
avatar
Mustang

Mensagens : 435
Data de inscrição : 08/05/2014

Ficha do personagem
Nome:: Sasagawa Alphonse
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Numero 3] Casa do Silvers Rayleigh

Mensagem por Mustang em Seg 7 Set 2015 - 20:44

Alphonse chegou novamente perto da cabana de Silvers, não detinha nenhum ferimento do primeiro combate, apesar de ter gasto uma boa quantia de energia. Todavia, estava confiante do atributo de sua mãe que lhe corria pelas veias, aumentando a sua recuperação natural. Sentou-se com as pernas cruzadas em frente à casa do superior, fechou os olhos e deixou a sua energia sair de leve, começava a meditar para restaurar a sua energia, enquanto isso, o javali dormia a seu lado. Os longos cabelos negros do ilusionista dançavam com a levitação causada pela energia.



- Kenbushoku Haki!

Activando as peculiaridades do Haki de Observação, Alphonse explorou o mundo, procurando focar-se nas energia conhecidas. Detetou Sheena perto de outras pessoas, o que mais lhe inquietou foi a energia que sentiu, uma energia negativa, assemelhada à de Prometheus. Não era como se fosse bem uma existência viva, era mais um desconforto. Trincou os lábios, sabia o que aquilo queria dizer, Mukuro já tinha começado a atacar. Tentou abstrair-se um pouco e procurar outra presença já conhecida, surpreendeu-se com o resultado da busca.

- Será que ele morreu? - perguntou-se a si mesmo um pouco irritado com a inconveniência - Logo agora! Ele era o único com mais chances de sucesso de vitória. O companheiro dele também não era fraco, o Scarlet. - focou o seu Haki em todas as direções, expandindo as suas habilidades, mais uma vez, inconvenientemente, encontrou a energia de Edward bastante longe de Masaro, mas por acaso um pouco perto de si  - Será que eles são capazes de vencer?

A energia em torno de Alphonse aumentou, assim como o nível de concentração. Faria os possíveis para aumentar a velocidade de restauração de energia.
avatar
Mustang

Mensagens : 435
Data de inscrição : 08/05/2014

Ficha do personagem
Nome:: Sasagawa Alphonse
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Numero 3] Casa do Silvers Rayleigh

Mensagem por Mustang em Ter 8 Set 2015 - 15:00

Aquando a sua energia estava restaurada, Alphonse ergueu o seu corpo, suspirou e observou a paisagem daquela ilha, uma vez mais. Alguns raios saiam do seu corpo, sinal de estar completamente carregado.

- Ele deve ter morrido mesmo. - comentou enquanto desativava a sua habilidade sensorial, não poderia distrair-se no seu treino. Com calma, caminho até ao próximo local.
avatar
Mustang

Mensagens : 435
Data de inscrição : 08/05/2014

Ficha do personagem
Nome:: Sasagawa Alphonse
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Numero 3] Casa do Silvers Rayleigh

Mensagem por Mustang em Seg 12 Out 2015 - 1:41

Alphonse pousou suavamente sobre o topo da ilha deserta, sentando-se sobre o solo de fronte para a porta da habitação. Suspirou e abriu a sua mão direita, deixando os inofensivos morcegos voar, enquanto que com a mão oposta levou a mão ao bolso, garantindo-se que tinha todas as peças. Nisto aguardou que o velho saísse.
avatar
Mustang

Mensagens : 435
Data de inscrição : 08/05/2014

Ficha do personagem
Nome:: Sasagawa Alphonse
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Numero 3] Casa do Silvers Rayleigh

Mensagem por Syaoran em Dom 18 Out 2015 - 20:13





Demorou algum tempo mas finalmente as portas daquela cabana abriram e de ela saiu o velho que tinha proposto aquela tarefa ao ilusionista vinha com um sorriso já percebia que o Sasagawa tinha conseguido terminar estava impressionado pensara que demoraria mais algum tempo.
-Então foi muito difícil conseguir a minha caneca de volta? - perguntou Rayleigh estendendo a sua mão aberta para ter as provas da conclusão da tarefa do rapaz -Pelo tempo que demoraste ou fizeste tudo a correr ou foi bastante fácil faze-los dar-te os pedaços - comentou antes de ouvir a resposta.
avatar
Syaoran

Mensagens : 749
Data de inscrição : 18/05/2014
Idade : 23
Localização : Matosinhos

Ficha do personagem
Nome:: Alibaba Saluja
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Numero 3] Casa do Silvers Rayleigh

Mensagem por Mustang em Seg 19 Out 2015 - 23:06

- Fácil? - sorriu - Esta ilha provou-me completamente o contrário. Acho que desenvolvi-me não só a nível de poder, como também de personalidade. Não os devia ter subestimado. - confessou enquanto erguia o seu braço esquerdo, entregando as peças.
avatar
Mustang

Mensagens : 435
Data de inscrição : 08/05/2014

Ficha do personagem
Nome:: Sasagawa Alphonse
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Numero 3] Casa do Silvers Rayleigh

Mensagem por Syaoran em Ter 20 Out 2015 - 1:59





Tinha os cacos da sua caneca de volta teria de mais tarde arranjar maneira de a montar, mas antes disso tinha de tratar do rapaz, ele não era um professor nem um mestre, apenas um instrutor que lhe dava as bases e agora o deixava fazer o que quisesse com elas - Senti que utilizaste o terceiro tipo, afinal és um em cada milhão daqueles que conseguem despertar esse tipo, parabéns. - elogiou enquanto guardava os cacos - Parece que não posso fazer mais nada por ti a não ser dar-te abrigo até decidires ir embora. Expliquei-te o que era o Haki e ajudei-te um pouco até conseguires utilizar os dois primeiros tipos o terceiro por sorte conseguiste enquanto me ajudavas a mim a tratar de algo que eu realmente não queria fazer, durante algum tempo aquelas criaturas não me vão tentar fazer ajuda-las a criar uma guerra entre elas e por isso estou agradecido. Mas agora está tudo podes te manter aqui e tentar desenvolver o teu Haki com ajuda das criaturas desta Ilha ou podes voltar para a civilização e os seus problemas. - falou o velho não tinha mais nada que pudesse fazer, o Haki não era algo que era treinado como força física ele podia ficar naquela ilha a treinar de sol a sol durante 30 anos e não desenvolver em nada o seu Haki afinal estava ligado aos seus sentidos, emoções, determinação e essas coisas são muito mais facilmente melhoradas com acontecimentos inesperados e desafiantes algo que agora o Ilusionista depois de ter conseguido subjugar as 3 fações da ilha, não iria ter.

avatar
Syaoran

Mensagens : 749
Data de inscrição : 18/05/2014
Idade : 23
Localização : Matosinhos

Ficha do personagem
Nome:: Alibaba Saluja
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Numero 3] Casa do Silvers Rayleigh

Mensagem por Mustang em Qui 22 Out 2015 - 19:47

- Eu agradeço toda a hospitalidade Silver. - agradeceu o ilusionista com honestidade, expressando o seu agradecimento por todo aquele treino. De facto, treinar o Haki seria de grande utilidade, uma habilidade tão vantajosa como aquela não era de desperdiçar - Infelizmente, não posso aceitar o teu gesto. O mundo esta a passar por uma situação complicada, parece que cabe a mim ajudar a limpar a confusão. - confessou em meio de suspiros, desviou o rosto e observou a casa do mestre, esperando ver o pequeno cyborgue por perto. Suspirou novamente e atou os seus longos cabelos negros enquanto os seus pés começavam a afastar-se do chão lentamente - Mais uma vez agradeço-te. Quando tudo estiver resolvido, voltarei e vou manter o equilíbrio nesta ilha. Acho que as bestas vão sentir a minha falta.


Alphonse despediu-se enquanto afastava-se do velho homem, aproximando-se do topo da sua casa, onde possivelmente estaria Raven.

- Desculpa fazer-te esperar. - disse enquanto pousava sobre o telhado - Estou pronto.
avatar
Mustang

Mensagens : 435
Data de inscrição : 08/05/2014

Ficha do personagem
Nome:: Sasagawa Alphonse
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Numero 3] Casa do Silvers Rayleigh

Mensagem por ET em Sex 23 Out 2015 - 0:09

"Parece que sim," disse Raven a sorrir "E parece que andaram-se a divertir sem ti durante este tempo todo."

Levantou a mão, como tinha feito anteriormente para exibir hologramas, mostrando imagens captadas em Masaro, de todo o conflito que tinha ocorrido nos últimos dias, desde os problemas com o gigante blindado até a uma troca de ataques entre uma espadachim ruiva e uma figura encapuçada.

"Isto foi o que os nossos mini-drones conseguiram ver assim num apanhado geral. Acho que também vi por ai o teu clonezito a passear por aí. Parecia estar a gostar do espetáculo."

_________________
Gentlemen, I like to troll. Gentlemen, I like trolling. Gentlemen, I LOVE to troll.
I like Asspull
I like twits
I like sudden trolling, I like planned trolling
in posts, in threads, in rules, in the facebook group, in the skype chat
I like pacing
I like missing details
I like pretentious plot
I like THE HEART
I love every aspect of trolling that takes on this Earth
and that's my policy as a mod
avatar
ET
Admin

Mensagens : 1131
Data de inscrição : 08/05/2014
Idade : 23
Localização : Açores

Ficha do personagem
Nome:: Minami Josuke
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário http://animerpgpt.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Numero 3] Casa do Silvers Rayleigh

Mensagem por Mustang em Sex 23 Out 2015 - 10:09

- Eles finalmente começaram o ataque. - suspirou enquanto observava as imagens - Mas isso não é o mais importante agora, temos que começar a pensar na infiltração. Eu tenho um plano para localizar-mos as base e conseguirmos entrar. - o olhar do rapaz ficou sério, parecia que não era um método vulgar - Primeiro temos de ir a Fuyuki. Em segundo, tens de arranjar-me um sacrificio vivo.
avatar
Mustang

Mensagens : 435
Data de inscrição : 08/05/2014

Ficha do personagem
Nome:: Sasagawa Alphonse
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Numero 3] Casa do Silvers Rayleigh

Mensagem por ET em Dom 25 Out 2015 - 0:15


Ouvindo o pedido de Alphonse, Raven começou a rir-se baixinho.
"Ora, afinal és desse tipo de magos. Bem, talvez possamos fazer algo em relação a isso. Se precisares de algumas plantas básicas a gente tem, mas como sabes o nosso grande problema é o Bounded Field. Esse sacrifício é a maneira que tens de o quebrar?"

_________________
Gentlemen, I like to troll. Gentlemen, I like trolling. Gentlemen, I LOVE to troll.
I like Asspull
I like twits
I like sudden trolling, I like planned trolling
in posts, in threads, in rules, in the facebook group, in the skype chat
I like pacing
I like missing details
I like pretentious plot
I like THE HEART
I love every aspect of trolling that takes on this Earth
and that's my policy as a mod
avatar
ET
Admin

Mensagens : 1131
Data de inscrição : 08/05/2014
Idade : 23
Localização : Açores

Ficha do personagem
Nome:: Minami Josuke
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário http://animerpgpt.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Numero 3] Casa do Silvers Rayleigh

Mensagem por Mustang em Dom 25 Out 2015 - 0:20

Alphonse sorriu.

- Vou tentar abrir a portas do outro mundo, acolhendo uma das suas almas. - começou por explicar - De certo que conheces a Gura Gura no mi, a akuma no mi de Scarlet Newgate. Um dos quatro Yonkos, aquele cujo o poder lhe permitia criar terramotos ... - fez uma pequena pausa - Abrir oceanos...
avatar
Mustang

Mensagens : 435
Data de inscrição : 08/05/2014

Ficha do personagem
Nome:: Sasagawa Alphonse
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Numero 3] Casa do Silvers Rayleigh

Mensagem por ET em Dom 25 Out 2015 - 0:43

"Necromancia, huh? Isso deve ser interessante de se ver. Lá em Masaro, mexer com coisas dessas é considerado o maior dos tabus, qualquer coisa como a Transmutação Humana ser algo terrível de se fazer." comentou Raven.

"Mas tu pareces confiante de que isso é possível. Bem, afinal de contas o que se viu agora em Masaro foram pelo menos duas figuras históricas que andaram por aí a mais tempo que esse velho... mas bem, se queres tentar isso, vamos tentar. Já agora, gostavas de conhecer o resto da malta antes de chegar-mos a Fuyuki? Talvez a chefe goste das tuas ideias."

O cyborgue sorria, de uma forma meio matreira.

_________________
Gentlemen, I like to troll. Gentlemen, I like trolling. Gentlemen, I LOVE to troll.
I like Asspull
I like twits
I like sudden trolling, I like planned trolling
in posts, in threads, in rules, in the facebook group, in the skype chat
I like pacing
I like missing details
I like pretentious plot
I like THE HEART
I love every aspect of trolling that takes on this Earth
and that's my policy as a mod
avatar
ET
Admin

Mensagens : 1131
Data de inscrição : 08/05/2014
Idade : 23
Localização : Açores

Ficha do personagem
Nome:: Minami Josuke
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário http://animerpgpt.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Numero 3] Casa do Silvers Rayleigh

Mensagem por Mustang em Dom 25 Out 2015 - 11:31

- Sim, isso seria interessante. - comentou com interesse ao convite do Cyborgue - Além do mais também preciso reunir a equipa para esta missão. - um sorriso apareceu nos lábios do ilusionista, parecia já ter o plano todo montado - Saluja Alibaba, Minami Jojo, Edward Scarlet, Jean Mustang. A nova geração vai revolucionar Masaro.
avatar
Mustang

Mensagens : 435
Data de inscrição : 08/05/2014

Ficha do personagem
Nome:: Sasagawa Alphonse
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Numero 3] Casa do Silvers Rayleigh

Mensagem por ET em Dom 25 Out 2015 - 13:00

"Hum..." Alphonse tinha atirado um conjunto de nomes de pessoas que queria ao seu lado. Por uns segundos Raven pareceu pesquisar sobre eles.
"Alibaba Saluja e Jean Mustang estiveram em Masaro agora mesmo durante os conflitos, aliás até foram eles que lidaram com o Gigante Blindado e aquele Mascarado que parecia ser Rickix da 11º Geração Vongola. Parecem-me boas escolhas, eles até pode por esta altura saber mais que a gente em relação ao que se passa.

Edward Scarlet, referes-te ao bastardo daquela família de Fuyuki? Bem esse parece que esse foi de férias para a Madeira e ainda deve demorar até aparecer.
Josuke, desse tipo nunca mais ouvi falar."

_________________
Gentlemen, I like to troll. Gentlemen, I like trolling. Gentlemen, I LOVE to troll.
I like Asspull
I like twits
I like sudden trolling, I like planned trolling
in posts, in threads, in rules, in the facebook group, in the skype chat
I like pacing
I like missing details
I like pretentious plot
I like THE HEART
I love every aspect of trolling that takes on this Earth
and that's my policy as a mod
avatar
ET
Admin

Mensagens : 1131
Data de inscrição : 08/05/2014
Idade : 23
Localização : Açores

Ficha do personagem
Nome:: Minami Josuke
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário http://animerpgpt.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Numero 3] Casa do Silvers Rayleigh

Mensagem por Mustang em Dom 25 Out 2015 - 13:12

- Cada um deles é fundamental para esta invasão. - Alphonse parecia não querer despender de nenhum membro, cada um teria o seu papel - Alibaba é importante devido à sua enorme perícia para a criação de armas, ele pode dar-nos bom suporte. O Jean é descendente do Almirante de Masaro, além do mais o seu cosmos é interessante, desde que despertei o Haki, sou capaz de perceber a relação entre o seu cosmo e a constelação de gémeos. - fez uma pequena pausa antes de mencionar os próximos - Tanto Edward como Josuke são necessários na missão. O poder de combate deles é superior ao dos restantes, não podemos perder a nossa ofensiva, nem que seja por um por cento. Também gostaria de incluir a Sheena do clã Sapporo, as habilidades médicas delas podem permitir-nos continuar em combate por mais tempo.


Alphonse começou novamente a flutuar, afastando-se pouco do telhado da casa.

- O Newgate além de nos mostrar o caminho para a base subaquática, também poderá servir como força de ataque, empatando o Goldark.
avatar
Mustang

Mensagens : 435
Data de inscrição : 08/05/2014

Ficha do personagem
Nome:: Sasagawa Alphonse
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Numero 3] Casa do Silvers Rayleigh

Mensagem por ET em Dom 25 Out 2015 - 15:04

Se fosse outra pessoa a ouvir Alphonse, iria considerar a inclusão de mais pessoas, as variáveis mais variáveis, naquele plano como algo que podia se tornar demasiado arriscado. Mas Raven sorriu. Sorriu porque queria ver onde tudo aquilo iria dar. Não era que ele confiava no ilusionista, mas sim queria dar-lhe o espaço para brincar como quisesse.

"Sendo assim, podemos então tentar encontrar estes dois que andam desaparecidos."

Alibaba, Jean e até Sheena tinham paradeiros recentes conhecidos por Raven, e provavelmente iriam embarcar tanto em Fuyuki como Konoha em poucos dias. Encontrar Edward Arques e Minami Jousuke é que no entanto se tornaria mais complicado.

"Então, Alphonse-"kun"." disse ele, pronunciado o "kun" de forma tão desnatural denunciado o seu sotaque de Masaro "Vais passar por algum lado primeiro?"

_________________
Gentlemen, I like to troll. Gentlemen, I like trolling. Gentlemen, I LOVE to troll.
I like Asspull
I like twits
I like sudden trolling, I like planned trolling
in posts, in threads, in rules, in the facebook group, in the skype chat
I like pacing
I like missing details
I like pretentious plot
I like THE HEART
I love every aspect of trolling that takes on this Earth
and that's my policy as a mod
avatar
ET
Admin

Mensagens : 1131
Data de inscrição : 08/05/2014
Idade : 23
Localização : Açores

Ficha do personagem
Nome:: Minami Josuke
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário http://animerpgpt.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Numero 3] Casa do Silvers Rayleigh

Mensagem por Mustang em Dom 25 Out 2015 - 15:23

- Preciso ir a Fuyuki, mais precisamente ao local onde Newgate enfrentou Goldark. - começou para iniciar o seu plano - Enquanto tu tratas de encontrar-me um sacrifício.
avatar
Mustang

Mensagens : 435
Data de inscrição : 08/05/2014

Ficha do personagem
Nome:: Sasagawa Alphonse
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Numero 3] Casa do Silvers Rayleigh

Mensagem por ET em Dom 25 Out 2015 - 15:31

"Alguma coisa que precises específicamente? Ou um sem abrigo pelo qual ninguém vai dar a falta serve?"

_________________
Gentlemen, I like to troll. Gentlemen, I like trolling. Gentlemen, I LOVE to troll.
I like Asspull
I like twits
I like sudden trolling, I like planned trolling
in posts, in threads, in rules, in the facebook group, in the skype chat
I like pacing
I like missing details
I like pretentious plot
I like THE HEART
I love every aspect of trolling that takes on this Earth
and that's my policy as a mod
avatar
ET
Admin

Mensagens : 1131
Data de inscrição : 08/05/2014
Idade : 23
Localização : Açores

Ficha do personagem
Nome:: Minami Josuke
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário http://animerpgpt.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Numero 3] Casa do Silvers Rayleigh

Mensagem por Mustang em Dom 25 Out 2015 - 15:45

- Alguém que mereça morrer. - disse friamente sem esperar piedade da vitima, enquanto a sua aura negra começa a fluir por todo o seu corpo, o ilusisonista preparava-se para partir - Encontramo-nos nas cordilheiras de Fuyuki em meia hora. Não te atrases.

Dito isso a aura manifestou-se ainda mais, servindo como propulsão ao Sasagawa. Voando a altas velocidade, desapareceu nos céus, dirigindo-se à cidade de Fuyuki.
avatar
Mustang

Mensagens : 435
Data de inscrição : 08/05/2014

Ficha do personagem
Nome:: Sasagawa Alphonse
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Numero 3] Casa do Silvers Rayleigh

Mensagem por ET em Dom 25 Out 2015 - 15:59


Assim que Alphonse se afastou no horizonte, Raven levou a mão à cabeça.

Então, Raven, é ele que nos vai ajudar?
"Sim senhora, podes ficar descançadinha prai. Este é daqueles que é o melhor do que faz."
É bom que eu possa confiar em ti, Raven. Os nossos objectivos estão próximos.
"Sim, sim. Já te disse que podias ficar ai descançada a acabar a tua coisa, 『Justice』"

_________________
Gentlemen, I like to troll. Gentlemen, I like trolling. Gentlemen, I LOVE to troll.
I like Asspull
I like twits
I like sudden trolling, I like planned trolling
in posts, in threads, in rules, in the facebook group, in the skype chat
I like pacing
I like missing details
I like pretentious plot
I like THE HEART
I love every aspect of trolling that takes on this Earth
and that's my policy as a mod
avatar
ET
Admin

Mensagens : 1131
Data de inscrição : 08/05/2014
Idade : 23
Localização : Açores

Ficha do personagem
Nome:: Minami Josuke
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário http://animerpgpt.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Numero 3] Casa do Silvers Rayleigh

Mensagem por Mustang em Dom 25 Out 2015 - 16:09

Post de treino - Ocorreu durante o treino na ilha.
Spoiler:

Já fazia três dias desde que Alphonse partira novamente para a ilha, procurando aperfeiçoar o seu Haki de armamento. Nos últimos dias, tinha aperfeiçoado o seu Kokã e a sua habilidade com o arco e flecha, projetando com facilidade a sua armadura de Haki para a flecha. Naquele momento o dia estava silencioso, não havia presenças ali perto, o silêncio reinava no ar. Entre as quatro árvores maiores da floresta, Alphonse repousava sobre as suas pernas, o seu longo cabelo negro estava solto e caía pelas suas costas nuas, dançando por vezes a um ritmo calmo dirigido pela brisa. Meditava e restaurava a sua energia, tirava uns cinco minutos da aprendizagem do Haki, tinha novas fontes para explorar. De facto, aquela energia peculiar seria de grande ajuda nos futuros confrontos, no entanto não seria o Haki que decidiria um confronto tão crucial contra as divindades.

- Aquele cosmos é tão superior. Apesar de estar frente a frente, sinto como se a presença dele estivesse a milhares de galáxias de distância. A energia dele faz-se sentir em todo o cosmos, aquela infinidade manifesta-se no nosso interior. – sussurrava para si mesmo ao relembrar-se dos momentos em que encontrara Hades, mais precisamente do dia em que ofereceu a sua alma em troca de poder. Um poder tão grande, mas tão abismal que fizera o ilusionista sucumbir à voz do imperador, colocando de lado todo o seu orgulho – Eu tenho que aproximar-se daquele poder, sei que posso queimar o meu cosmo até aos extremos. Diversos ciclos tem a sua meta destinada por mim, o ciclo maior será o dirigido por Rokudo Mukuro, seguindo-se do ciclo repetitivo do Clã Sapporo. Contudo, está na altura deste clã banhado pelo mal desaparecer.


Alphonse concentrava a sua energia por todo o seu corpo, fazendo-o queimar até aos extremos. Na sua mente, utilizava o Haki de observação para analisar a distância entre o seu cosmo e o poder de um deus, usando as peculiaridades daquele estilo para entender de que essência se alimentava aquele poder. Raio negros começaram a surgir em torno do Sasagawa e todo o terreno à sua volta começou a quebrar com a manifestação do cosmo, alguns detritos e folhas começavam a voar com aquele fenómeno enquanto também os céus escureciam gradualmente. A energia atingia os seus limites, apesar do rapaz saber que aquele limite não era nada comparado ao poder que pretendia opter.
 
- Atingir os meus limites não será o suficiente para atingir os patamares que ambiciono. Rivalizar com potências como Goldark ou Mustang já não são preocupação, o problema está no que está acima. – raciocinava enquanto deixa a sua energia exposta ao seu limite – Tenho de queimar não só a minha alma enquanto humano, devo fundir o meu cosmo com toda a energia que rodeia. Devo unir-me à natureza e ao cosmos, expandindo os meus poderes a um nível superior.- neste momento a energia de Alphonse começava a deixar os tons negros, começando a ganhar um brilho dourado, surgindo por alguns segundos entre o poder das trevas, desaparecendo em seguida e reaparecendo de novo, mantendo o ciclo nos mesmos intervalos. Os cabelos longos de Alphonse começavam a entrar em metamorfose, mantinham os mesmos ciclos da aparição da energia dourada, tornando-se também dourados e brilhantes – Todo o poder que desenvolvi neste treino. Na luta contra o vulto do templo. Na luta contra RedStrike. Na luta contra Hitoshi. Na luta contra Raven. Na lutra contra Jack. Na luta contra Eliot e Hiroby. Na luta contra Minos. Na luta contra todos os outros espectros de Hades.
 
Todos os confrontos que tinha entrado conseguira sair vitorioso e em todos eles mostrava a sua capacidade oculta, o seu poder interior. Naquele momento, todos os seus combates e todos os seus treinos começavam a demonstrar os seus frutos, unindo-se todos na criação da energia suprema, levando o poder e cosmos de Alphonse a outro patamar. Uma explosão de energia dourada surgiu em toda a ilha e os céus negros abriram-se com a explosão, revelando a magnífica luminosidade do sol. Todo o ambiente silencioso ao redor tornou-se sereno e calmo, os animais começavam a reunir-se perto do ilusionista como se a sua energia os chama-se. A temperatura do ar aumentou.
 
- Finalmente. – a sua voz estava diferente. Já não emanava a normal neutralidade mas sim uma tranquilidade sem igual – Mas ainda não é o suficiente.

O corpo de Alphonse estava coberto por uma aura dourada e vermelha como se de chamas se trata-se, o seu corpo expandia uma luz fraca que cobria um diâmetro considerável. Os seus cabelos agora estavam loiros. Abriu os olhos, revelando que os seus olhos também detinham aquela coloração divina, além de estarem mais intensos e profundos que o normal. O rapaz olhou ambas as suas mãos.
 
- É o máximo que consigo neste momento.- mal sabia o rapaz que naquele momento tinha descoberto um poder que mudaria toda a sua vida, um poder que um dia lhe permitiria atingir o rosto de um deus.


avatar
Mustang

Mensagens : 435
Data de inscrição : 08/05/2014

Ficha do personagem
Nome:: Sasagawa Alphonse
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Numero 3] Casa do Silvers Rayleigh

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 3 de 3 Anterior  1, 2, 3

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum