[Numero 3] Casa do Silvers Rayleigh

Página 2 de 3 Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: [Numero 3] Casa do Silvers Rayleigh

Mensagem por ET em Ter 12 Maio 2015 - 21:46

"Oh sim... toda aquela conversa sobre Heroic Spirits e o caralho." começou Raven, antes de Alphonse lhe tocar, fazendo o seu pedido se ouvir. "Então senhores doutores fazem o teu género huh?"

_________________
Gentlemen, I like to troll. Gentlemen, I like trolling. Gentlemen, I LOVE to troll.
I like Asspull
I like twits
I like sudden trolling, I like planned trolling
in posts, in threads, in rules, in the facebook group, in the skype chat
I like pacing
I like missing details
I like pretentious plot
I like THE HEART
I love every aspect of trolling that takes on this Earth
and that's my policy as a mod
avatar
ET
Admin

Mensagens : 1131
Data de inscrição : 08/05/2014
Idade : 23
Localização : Açores

Ficha do personagem
Nome:: Minami Josuke
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário http://animerpgpt.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Numero 3] Casa do Silvers Rayleigh

Mensagem por Mustang em Ter 12 Maio 2015 - 22:09

- Pst. -cuspiu em seco sorrindo com o comentário do Cyborgue - Acho que uma inteligência artificial, um pouco dessa mecânica que corre no teu corpo pode ser útil contra as habilidades dele. Além do mais, nunca é tarde demais para criar uma arma de guerra. - retirou a mão do ombro de Raven e cruzou os braços - Vai ser interessante trabalhar contigo.
avatar
Mustang

Mensagens : 435
Data de inscrição : 08/05/2014

Ficha do personagem
Nome:: Sasagawa Alphonse
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Numero 3] Casa do Silvers Rayleigh

Mensagem por Syaoran em Ter 12 Maio 2015 - 23:41





O velho acabou por sair da sua casa depois de dar tempo para o Androide e o rapaz falarem, a sua decisão já estava tomada antes mesmo de Alphonse aparecer na sua casa e antes mesmo de que a primeira vitima do templo lhe pediu ajuda, ele não iria negar ajudar ninguém apenas iria contar tudo que acontecera antes para que o Ilusionista soubesse que poucos foram os que deixam a ilha com o treino completo.
Não tinha qualquer interesse no que se passava fora do seu pequeno reino, ninguém o chateava e ele não chateava ninguém e queria que assim fosse, por isso era mais fácil aceitar ensinar os outros em vez de os tentar mandar embora como um velho rabugento e ter os jovens a insistir para lhes ensinar.
Olhou para cima da sua casa a onde os dois estavam precisamente para Alphonse fazendo sinal para ele descer - Quando acabares a tua conversa anda cá - pediu Rayleigh ainda na entrada da sua casa.
avatar
Syaoran

Mensagens : 749
Data de inscrição : 18/05/2014
Idade : 23
Localização : Matosinhos

Ficha do personagem
Nome:: Alibaba Saluja
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Numero 3] Casa do Silvers Rayleigh

Mensagem por Mustang em Qua 13 Maio 2015 - 0:02

A conversa entre Raven e Alphonse tinha sido interrompida pelo velho, apesar de já estar quase terminada. O ilusionista ouviu com atenção o chamado do homem, provavelmente com a resposta ao seu pedido. Não aguardou a resposta de Raven e começou a caminhar.

- Depois espero mais detalhes. - despediu-se enquanto saltava para o solo novamente, pousando em frente ao velho. Nada disse, apenas aguardou a decisão.
avatar
Mustang

Mensagens : 435
Data de inscrição : 08/05/2014

Ficha do personagem
Nome:: Sasagawa Alphonse
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Numero 3] Casa do Silvers Rayleigh

Mensagem por Syaoran em Qua 13 Maio 2015 - 0:12





- Desde que me mudei para aqui nunca recusei ajudar ninguém, o problema é que muitos não aguentavam a ajuda que pediam. De uma maneira mais simples. Aceito ajudar-te a ficar mais forte, mas fica já a saber que de todos os que me pediram o mesmo poucos foram os que deixaram a ilha com o que queriam, muitos acabavam por falecer e outros acabavam por fugir sem aguentar mais. - falou Rayleigh resumindo a situação, ainda queria que o Ilusionista recuperasse mais antes de começar o treino a serio, mas talvez o tempo da teoria desse para esse efeito - O que te vou ajudar a aprender é o poder que tu foste vendo e sentindo enquanto exploravas a ilha à procura deste local penso que seja isso que queiras - anunciou olhando de lado para o templo do tridente como se fosse o que ele mencionava como "o que procurava".
avatar
Syaoran

Mensagens : 749
Data de inscrição : 18/05/2014
Idade : 23
Localização : Matosinhos

Ficha do personagem
Nome:: Alibaba Saluja
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Numero 3] Casa do Silvers Rayleigh

Mensagem por Mustang em Qua 13 Maio 2015 - 16:23

- Não te preocupes comigo, enfrentar a morte é algo já um quanto habitual para mim. - respondeu com um toque de ironia, relembrando-se de todas as vezes que encarou a morte, contra Goldark, RedStrike, Raven, Jack, Hiroby e Eliot, o padre, Minos, Pandora, até mesmo Hades. Estar diante uma figura mitológica era sem sombra de dúvidas mais assustador que qualquer treino - Todos os outros que entraram naquele templo, buscavam poder, esperando conquistador o tridente que outrora pertenceu a Kazu. - fez uma pequena pausa enquanto manifestou um sorriso - Estou inquieto para saber mais desse estilo.
avatar
Mustang

Mensagens : 435
Data de inscrição : 08/05/2014

Ficha do personagem
Nome:: Sasagawa Alphonse
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Numero 3] Casa do Silvers Rayleigh

Mensagem por Syaoran em Qui 14 Maio 2015 - 3:39





Suspirou com a insinuação do rapaz, mas iria finalizar aquele assunto sobre os perigos - Aquela arma tem a capacidade de chamar quem se aproxima do templo muitos que entraram nele nem conheciam a sua existência mas apenas sentiram o seu chamado quando chegaram cá em cima e acabaram por entrar, mas agora não interessa isso vamos para dentro para te tentar explicar então sobre o poder. - disse entrando na sua pequena casa, esperava que Alphonse o seguisse para o interior e o convidou a sentar-se para começar a explicar - Nós chamamos ao poder que viste os animais a utilizar enquanto subias esta montanha, de Haki e ele consiste em simplesmente os sentidos e é por isso que até estes animais pouco racionais conseguem utilizado o poder, porque todos os seres vivos o conseguem utilizar apenas alguns precisam de ajuda a despertar-lo. - tentou explicar fazendo uma pequena pausa para recuperar o folgo - Sinto o teu cosmo por isso penso que consigas despertar facilmente este poder, mas veremos isto mais tarde, o Haki tem mais algo por trás. Ele é dividido em 3 categorias duas delas comuns a qualquer ser, mas a ultima poucas pessoas o tem ou pelo menos o conseguem despertar, por isso pode dizer-se que essas pessoas são de alguma forma "escolhidas". Os comuns a todos são o Haki de Armamento, Busoshoku Haki, consiste em melhoramento das características físicas as tornando mais resistentes e fortes é normalmente utilizado como defesa... - explicou agora mais em pormenor o Haki, enquanto esticava o seu braço em direção a mesa ao seu lado o seu braço ficava negro, demostrando aquele tipo na forma defensiva, o seu braço voltou ao normal assim que ele pegou na sua caneca de café que estava em cima da mesa e acabou por beber o final do liquido esta também ficava negra como antes o seu braço tinha ficado e ele a atirava contra Alphonse, não ia com força suficiente para fazer qualquer dano nem a uma criança e a prova disso era que nem chegava até Alphonse cairia ao seus pés e direita mas assim que entrava em contacto com o chão criava uma pequena cratera a onde ela caia e apesar disso estava intacta - ... Mas também pode ser utilizada para melhorar o ataque. Se isto é o que faz uma simples caneca podes imaginar o que algo como uma espada ou até uma bala, que são feitas para matar pessoas, pode fazer melhoradas com este Haki. - disse voltando a fazer uma pausa para recuperar folgo, não estava habituado a falar tanto já que num lugar como aquele não tinha ninguém com quem falar a não ser os animais - O segundo tipo é o Haki da Observação, Kenbunshoku Haki, este é o melhoramento dos sentidos mentais e psicológicos, consegues sentir a vida a tua volta e até prever o que os outros vão fazer antes de eles o fazerem, podes pegar na caneca e atira-la com toda a força contra mim para onde quer que queiras. - pediu Rayleigh para tentar exemplificar aquele tipo de Haki e deixaria o Ilusionista tirar duvidas depois daquela demostração.
avatar
Syaoran

Mensagens : 749
Data de inscrição : 18/05/2014
Idade : 23
Localização : Matosinhos

Ficha do personagem
Nome:: Alibaba Saluja
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Numero 3] Casa do Silvers Rayleigh

Mensagem por Mustang em Qui 14 Maio 2015 - 9:54

Alphonse ouviu toda a explicação com atenção, tinha de admitir que estava encantado principalmente pelo Haki de Armamente, parece que ia ser algo bem útil para melhorar as suas fraquezas físicas. Os seus olhos arregalaram-se com a pequena cratera criada pela caneca, seguindo-se de um sorriso. A seguinte explicação, era sobre o Haki de observação, um Haki capaz de sentir vidas e até mesmo prever movimentos, seria de grande ajuda em combates equilibrados, visto que aquela vantagem poderia ser crucial.

- Provavelmente com a caneca seria fácil demais. - comentou com um sorriso, visto que as suas habilidades não eram propriamente focadas em arremesso ou força física. Ergueu a palma da sua mão, apontando-a em direção ao velho, uma pequena esfera de luz foi criada na sua mão - Já agora, ainda não sei o teu nome. Começo eu por apresentar-me, sou Sasagawa Alphonse. - ao terminar a sua frase, a esfera de energia aumentou repentinamente, sendo logo lançada contra o velho.
avatar
Mustang

Mensagens : 435
Data de inscrição : 08/05/2014

Ficha do personagem
Nome:: Sasagawa Alphonse
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Numero 3] Casa do Silvers Rayleigh

Mensagem por Syaoran em Sab 16 Maio 2015 - 21:44





-Como queiras. - respondeu quanto ao comentário em relação ao lançamento da caneca, de olhos fechados deixou o Ilusionista atacar, com um simples movimentação de corpo desviou-se da esfera de energia, não podia ser prova suficiente da habilidade do Haki - Haaa desculpa antes mesmo de tu acordares o Raven disse-me o teu nome e pensei que já tinhas ouvido o meu dele. Silver Rayleigh é o meu nome Sasagawa Alphonse. - apresentou-se tardiamente o velho - Voltando à explicação... Sei que pode não ser prova suficiente sobre o poder deste tipo de Haki, mas acredita que graças a ele consegui prever o teu ataque, claro que por muito que consigas prever se não tiveres habilidade para te desviares ou contra atacar ou impedir que aconteça não vai ajudar em muito. - terminou a explicação do Haki da observação, preparando-se para falar do ultimo - Agora o ultimo e mais raro... O Haki do Conquistador, Haoshoku Haki, este é a exerção da tua vontade em outros. - explicou sucintamente este ultimo, Alphonse iria começar a sentir o seu corpo pesado e os seus músculos a não lhe responder como se estivesse paralisado e se olhasse bem para o Rayleigh iria notar o seu olhar fixo nele - Se fores forte o suficiente podes até desmaiar pessoas mais fracas, e este efeito não está apenas limitado a um pode até chegar ao teu campo de visão. Claro que se não fores forte o suficiente pdoes simplesmente atrapalhar os movimentos dos outros. - explicou fechando os olhos por momentos e Alphonse iria deixar de sentir o efeito. sobre ele - Estes são os 3 tipos de Haki e cada pessoas tem afinidade a um deles apesar de que os dois primeiros possam ser desbloqueados por todos os seres vivos. Duvidas? - perguntou o velho esperando algum tipo de duvida
avatar
Syaoran

Mensagens : 749
Data de inscrição : 18/05/2014
Idade : 23
Localização : Matosinhos

Ficha do personagem
Nome:: Alibaba Saluja
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Numero 3] Casa do Silvers Rayleigh

Mensagem por Mustang em Dom 17 Maio 2015 - 1:02

O homem velho desviara-se sem dificuldade do blast de Alphonse, inclusive de olhos fechados. A onda de energia chocou com uma rocha da ilha, fazendo-a explodir em mil pedaços. O ilusionista sorriu com a explicação, estava cada vez mais interessado naquela estranha energia. Contudo ainda não tinha finalizado a explicação, ainda viria um terceiro tipo de Haki e o mais raro, também o que cativou mais a atenção do rapaz. Um Haki que emanava a força de vontade do individuo, podendo desmaiar oponentes que não o resistissem. O Haki dos conquistadores, aquele que demonstra a vontade de um rei.

O olhar de Rayleigh mudou e uma onda de choque surgiu. Uma onda invisível. O corpo de Alphonse começava a ficar mais pesado aos poucos, parecia ter alguma dificuldade em se mover. Apesar disso, a vontade de Rayleigh não era o suficiente para o desmaiar, ele mantinha-se resistente e com olhar determinado, encarando a "vontade" do rei Silver Rayleigh.

- Observação, armamento e conquista. - resumiu em uma palavra cada tipo de Haki, sempre mantendo os sorriso - Nenhuma dúvida a apresentar Rayleigh.
avatar
Mustang

Mensagens : 435
Data de inscrição : 08/05/2014

Ficha do personagem
Nome:: Sasagawa Alphonse
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Numero 3] Casa do Silvers Rayleigh

Mensagem por Syaoran em Dom 17 Maio 2015 - 14:31





Muito bem... Agora no âmbito pratico, penso que seja algo simples para ti para alem dos seus sentidos serem apurados e já teres acordado o seu cosmos, também já tens algum tipo de controlo sobre a tua determinação não é Rapaz-Ilusionista da Nevoa? - perguntou retoricamente o Velho - Se te achares capaz de começar agora, acho que podes tentar por tentar despertar um dos Haki's a tua escolha tentando levar aos limites os sentidos característicos dele. Lembra-te que cada pessoa tem mais afinidade com um dos três tipos, ele pode não ser o primeiro a conseguires utilizar mas a longo prazo deve ser o que consegues mestrar, melhorar e controlar com certa mais facilidade. - tentou explicar em palavras o que podia só ser sentido, mas tinha comprovado com alunos anteriores que daquela maneira era possível e talvez mais fácil Silver não se preocupava como já tinha exprimido Alphonse com as habilidade e poderes que já tinha mostrado teria menos dificuldade em acordar o Haki do que outras pesssoas.
avatar
Syaoran

Mensagens : 749
Data de inscrição : 18/05/2014
Idade : 23
Localização : Matosinhos

Ficha do personagem
Nome:: Alibaba Saluja
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Numero 3] Casa do Silvers Rayleigh

Mensagem por Mustang em Dom 17 Maio 2015 - 18:20

- Então o teu Haki de observação permite-te saber quais dos domínios das minhas habilidades. Será uma habilidade comum? Ou será que és tu que tens um poder incrível? - disse as últimas frases com um sorriso no rosto, parecia extremamente interessado naquele poder. Cruzou os braços e ouviu com atenção a restante explicação, acabando por no final ter de decidir qual dos Hakis deveria começar - Eu sei qual é o Haki que está é mais apropriado para mim. - soltou um pequeno suspiro e logo continuou - Comecemos com o Haki de Observação, seguindo-se o de armamento.
avatar
Mustang

Mensagens : 435
Data de inscrição : 08/05/2014

Ficha do personagem
Nome:: Sasagawa Alphonse
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Numero 3] Casa do Silvers Rayleigh

Mensagem por Syaoran em Dom 17 Maio 2015 - 18:48





Rayleigh ficou um pouco impressionado com a pergunta do rapaz, ele parecia estar a fazer confusão - Acho que estás a perceber algo mal... eu não sei do teu cosmos ou das ilusões porque usei Haki para saber. Eu sei porque tiveste de os usar enquanto estiveste aqui na ilha e eu sei quase tudo que se passa neste lugar. - disse o velho tentando desfazer a confusão, depois ouviu a decisão de Alphonse sobre por onde iria começar - Observação... tenta utilizar a tua determinação e o teu poder para levar os seus sentidos a uma nivel maior, visão, audição e todos os outros até paladar. Agora o Armamento tens de investir esse foco no teu corpo ou objecto que estejas em contacto, viste a minha pele e até a caneca e ficar escura, mas isso é algo de um haki mais avançado, o mais básico é claro mais fraco mas é como uma proteção invisível, por isso mesmo que não consigas ficar com a pele negra não aches que estás a fazer algo mal. - disse o Velho enquanto procurava algo, uma fita que arremessava para Alphonse - Vamos afastarmos-nos da casa um pouco e depois coloca a venda para começamos a tentar despertar o teu Haki da observação. Já agora vou te fazer um pedido, podes faze-lo ou não mas para conseguires melhorar mais, enquanto estiveres aqui a treinar esquece todas as outras habilidades que tens, enquanto estiveres aqui és um homem com o seu poder do seu corpo e sere e que vai apenas utilizar Haki. - pediu Silvers enquanto saia de casa e afastava-se um pouco da casa.
avatar
Syaoran

Mensagens : 749
Data de inscrição : 18/05/2014
Idade : 23
Localização : Matosinhos

Ficha do personagem
Nome:: Alibaba Saluja
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Numero 3] Casa do Silvers Rayleigh

Mensagem por Mustang em Dom 17 Maio 2015 - 19:20

Alphonse confundira as habilidades do Haki com a estranha "omnipresença" do homem. Se não nutria daquelas habilidades que o Haki de observação lhe dava, que tipo de poder usaria para sentir e observar aqueles que andam nesta ilha? Por enquanto, eram perguntas sem importância. O mais crucial no momento seria aprender como utilizar aquelas duas vertentes, Rayleigh parecia ter algum plano, arremessando uma fita contra o ilusionista. Alphonse agarrou a fita e caminhou atrás do velho, este pelo caminho pedia-lhe algumas restrições para o treinamento.

- Tudo bem, não utilizarei nenhuma das minhas habilidades. - comentou enquanto caminhava ao lado de Raileigh, começando a vendar os seus próprios olhos, tal como o superior pedira. Aquele teste seria mais complicado do que pensava, não utilizar os seus poderes poderia vir a ser crucial, visto que as suas habilidades não se redirecionavam para o corpo a corpo. Todavia, caminhava com confiança, seria uma desafio perfeito, além do mais confiava na sua velocidade.
avatar
Mustang

Mensagens : 435
Data de inscrição : 08/05/2014

Ficha do personagem
Nome:: Sasagawa Alphonse
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Numero 3] Casa do Silvers Rayleigh

Mensagem por Syaoran em Dom 17 Maio 2015 - 20:03





-Vamos a isto... prepara-te que isto vai doer, tenta desviar-te- disse o velho abaixando-se para apanhar algumas pedras - Vou começar espero que estejas preparado - avisou o velho levando a mão, que carregava uma pedra, e de seguida atirou a pedra contra o braço direito do rapaz, aquilo podia tornar-se numa tortura que por sua vez poderia ajuda-lo a desbloquear o Haki da observação, ou só saber que irá começar a ser bombardeado com pedras seria suficiente para o ativar e desviar-se do projetil. Determinação, sentidos, poder físico e mental iria precisar de tudo isso para desbloquear todos os Haki's, apesar de ter lhe pedido para descansar antes de falarem de novo, ele decidiu que não precisava de descansar por isso iria trata-lo como se ele tivesse a 100% o que poderá acabar por piorar o seu atado novamente.
avatar
Syaoran

Mensagens : 749
Data de inscrição : 18/05/2014
Idade : 23
Localização : Matosinhos

Ficha do personagem
Nome:: Alibaba Saluja
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Numero 3] Casa do Silvers Rayleigh

Mensagem por Mustang em Dom 17 Maio 2015 - 23:38

Finalmente tinham chegado ao local desejado, onde poderiam começar a primeira fase do treino. Alphonse mantinha-se com os olhos vendados, enquanto Silvers pegava numa pedra do solo, preparando-se para a arremessar, avisando só o pupilo com um simples "tenta esquivar-te". O ilusionista manteve-se calmo, já esperava alguma coisa parecida para poder desbloquear o poder da observação. Suavizou toda a carga de informação na sua mente, afastando tudo aquilo que não precisava, dominava bem as suas habilidades cognitivas e precisaria delas para manter a máxima concentração no momento. Utilizou a experiência que já tinha com o cosmo para se focalizar nos seus sentidos, afinal para despertar o lendário sétimo sentido era preciso dominar os outros cinco, incluindo o sexto que representava a intuição.

A sua audição captou alguns dos movimentos do velho, ouvinto o movimento do seu braço e até a própria roupa a mexer-se ligeiramente. De seguida, ouviu o ar a ser rasgado, mas era rasgado de fino, ou seja o objeto lançado vinha com velocidade, como também aparentava ser pequeno. Esta na altura de fazer uso de outro sentido, chamando o tato para tomar lugar como principal focus. Usava o tato para se aperceber do impacto do ar no seu corpo quando a pedra estivesse perto o suficiente, isto ajudaria-o a perceber a trajetória da pedra, ou seja, onde teria a mira. No último instante usaria-o em conjunto com o sexto sentido, a sua intuição, para poder prever o movimento.

"Agora."

Usufruindo da sua boa velocidade, movimento os pés para a esquerda, tentando evitar a pequena pedra. Contudo a sua previsão já era um pouco tardia, acertando ainda no seu braço direito. O rapaz pareceu não se incomodar com o impacto nem com a dor.

- Novamente. - pediu voltando a colocar-se em posição.
avatar
Mustang

Mensagens : 435
Data de inscrição : 08/05/2014

Ficha do personagem
Nome:: Sasagawa Alphonse
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Numero 3] Casa do Silvers Rayleigh

Mensagem por Syaoran em Seg 18 Maio 2015 - 14:44





Alphonse tentava-se mexer, mas era mesmo assim acertado, Rayleigh tinha notado o seu desviou tardio, e antes de atirar a próxima pedra ao Ilusionista falou - O Haki da observação ajuda-te a perceber os movimentos de outros antes de eles o fazerem, pois eleva os seus sentidos para alem do estado normal, tu tens os teus sentidos apurados e estás a conseguir detectar o ataque já depois de ele ser feito. Tu tens de te focar na pessoa que faz o ataque e não no ataque em si. - aconselhou o velho dando alguns segundos para o Sasagawa interiorizar aquilo e depois sim levou a mão atrás novamente para lançar mais uma bala contra o joelho esquerdo do ilusionista.
avatar
Syaoran

Mensagens : 749
Data de inscrição : 18/05/2014
Idade : 23
Localização : Matosinhos

Ficha do personagem
Nome:: Alibaba Saluja
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Numero 3] Casa do Silvers Rayleigh

Mensagem por Mustang em Ter 19 Maio 2015 - 22:36

Aquela habilidade era sem dúvidas interessante, não se tratava perceber os movimentos do adversário, mas sim de antecipar-lhes. Alphonse assentiu após a explicação de Silvers, tinha compreendido o seu erro, mas sentia que não estava assim tanto longe do verdadeiro conceito. Após ter dado tempo para o ilusionista interiorizar aquela explicação, Rayleig logo prossegui ao lançamento da outra pedra. Desta vez os sentidos do Sasagawa estavam ligados de uma maneira completamente distinta. Já não tentava utilizar os sentidos para perceber o trajeto da pequena pedra, mas sim para conseguir frizar uma imagem mental dos movimentos futuros do velho.

Audição. Visão. Tato. Olfato. Paladar. Intuição.

Não precisava utilizar aqueles sentidos da maneira habitual, tinha também que estabelecer uma ligação entre si e Rayleigh, além de com a restante natureza. Teria de ligar-se a tudo o que inspirava vida. Abstraiu-se de tudo, já era algo característico nas suas meditações, e deixou-se levar apenas pelos seus impulsos nervoso, por todos os fatores que lhe levavam a sentir o exterior. A sua mente era coberta por um fundo negro, com apenas uma risca azul e horizontal, que se prolongava em todo o espaço, tal como os aparelhos cardiovasculares que mediam as pulsações.

Sentiu uma oscilação. Provavelmente a manifestação de movimentos. O sinal de vida que jazia dentro de Silvers. Sentiu o mesmo em si e ao seu redor. Seguindo-se à oscilação veio a imagem, por um breve flash, lá Alphonse conseguiu observar o movimento do superior, lançando a pedra em direção ao seu corpo.

Manisfestou um sorriso e, novamente, voltou a dar uma pequeno passo para a esquerda, tentando escapar da pedra do Homem. Desta vez, já não lhe acertara completamente, mas mesmo assim raspara no seu braço.

- ... - suspirou de seguida inspirando fundo e expirando. Manter aquele nível de concentração durante um combate não deveria ser tarefa fácil.
avatar
Mustang

Mensagens : 435
Data de inscrição : 08/05/2014

Ficha do personagem
Nome:: Sasagawa Alphonse
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Numero 3] Casa do Silvers Rayleigh

Mensagem por Syaoran em Ter 19 Maio 2015 - 23:06

[quote="Syaoran"]




-Bom trabalho Alphonse. - felicitou Rayleigh ao ver que o Ilusionista parecia ter conseguido ver o seu movimento mas mesmo assim falhado a desviar-se - Outros já começavam a ter resultados como estes depois de estarem todos manchados de pisaduras. Deves pensar que isto parece difícil de mais para conseguir utilizar numa luta por causa de neste momento estares a ter de te focar apenas nisto, para alem de que é tão difícil desviar de uma simples pedra de for algo mais complexo estarias morto, mas como tudo, com pratica isto tornará-se mais fácil, podendo elevar os teus sentidos quando precisares ou até ficares sempre com eles neste nível, por isso pedi-te para enquanto estiveres nesta ilha apenas utilizares Haki, porque assim estarás sempre a exercitar os teus sentidos. -explicou o velho enquanto agarrava outra pedra e antes sequer de acabar de falar a arremessou contra Alphonse, já tinha mostrado que podia utilizar aquele Haki apesar de ainda não o controlar mas um dos factores principais nele era a determinação, muitos dos outros alunos apenas os acabava por libertar porque estavam fartos de serem acertados e magoados e se o Sasawaga ficar sempre a contar que ele vai atirar a pedra quando ele contar não terá o sentido de sobrevivência tão acentuado.
avatar
Syaoran

Mensagens : 749
Data de inscrição : 18/05/2014
Idade : 23
Localização : Matosinhos

Ficha do personagem
Nome:: Alibaba Saluja
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Numero 3] Casa do Silvers Rayleigh

Mensagem por Mustang em Sab 23 Maio 2015 - 13:14

Aquele homem era surpreendente, pelo menos mostrava grandes aptidões a nível de professor, visto que até os pensamentos de Alphonse conseguia decifrar, revelando as suas maiores preocupações no treino. O jovem ilusionista sorriu e escutou a restante informação dada pelo superior. Contudo tentava conciliar já as duas variáveis, mantendo-se concentrado naquele esquema mental representado anteriormente. Sorriu novamente com a oscilação no seu radar de energia, os seus sentidos explodiram, uma nova energia percorreu o campo de visão de Alphonse, apesar deste estar vendados. A imagens de Silver surgiu na sua mente, estava à sua frente, mantinha o corpo erguido e explicava o resto do teste ao ilusionista. Notou que também em uma das suas mãos estava uma pequena pedra, o qual atirou-a antes de terminar de falar.

O percurso da pedra rasgou o ar novamente.

Assim como os movimentos de Alphonse que se desviaram da pedra por completo, dando um simples passo à esquerda, seguindo-se de outro à direita que o ajustou no mesmo local.

- Entendi. - assentiu com a cabeça - Enquanto estiver submetido ao teu teste, continuarei apenas a usar o Haki.
avatar
Mustang

Mensagens : 435
Data de inscrição : 08/05/2014

Ficha do personagem
Nome:: Sasagawa Alphonse
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Numero 3] Casa do Silvers Rayleigh

Mensagem por Syaoran em Sab 23 Maio 2015 - 21:36





O Velho via o Jovem Ilusionista desviar do protráctil e sorria novamente, afinal não o tinha apanhado desprevenido, a sua evolução era estonteante em poucas tentativas já conseguia utilizar aquele tipo de Haki - Alphonse, podes tirar a venda. - avisou Rayliegh, ainda com o sorriso na cara, levou  os dedos  a boca e assobio, o sim fino  espalhou-se por todo o local, era logico que ele estava a chamar alguém ou alguma coisa - Estou surpreendido com a tua rapidez a conseguir pelo menos utilizar este Haki, antes de passamos ao próximo quero apresentar-te alguém que te vai ajudar na tua evolução no Haki, ele irá ajudar-te ainda mais que eu, porque a minha tarefa é dar-te a base o resto é contigo. - tentava explicar o Ermita ainda esperando algo chegar - Eu não sei se és um dos raros seres vivos com a habilidade de utilizar o Haki do Conquistador e por essa razão apenas te darei a base do da Observação e do Armamento... Ai está ele! - exclamou ao ver os arbustos por de traz do Espectro abanarem, de entre eles saiu um javali da mesma especie que Alphonse havia visto enquanto vinha para ali, mas este não passava de uma criança comparado com os que tinham enfrentando o rapaz, o animal passou por Alphonse e parou aos pés do velho, que se abaixou - Demorou, espero que te lembres do favor que me deves, ficarás ás ordens deste rapaz, irás fazer o que ele manda, irás protege-los com a tua vida, mas ficas já avisado que se ele decidir que não precisa mais de ti ele tem todo o direito para te tirar a vida. - falou para o animal que não parecia assustado com aquelas ameaçavas, de vez em quando olhava para Alphonse mas voltava a tomar atenção ao Instrutor - Alphonse este vai ser o teu companheiro de treino, ele usa o Haki do armamento e a sua vida é tua faz com ela o que achares necessário. Ele irá agora ajudar-te a tentar utilizar o Haki do armamento. - disse Rayleigh, de seguida olhou para o pequeno animal, este pegou numa pequena pedra com a boca e olhando para o Sasagawa  a custio com grande velocidade, esta ia negra, com o efeito do Haki do armamento e tal igual como a caneca da explosão bateu no chão criando uma pequena cratera - Aconselho que  estejas atento, caso não consigas utilizar o Haki do armamento a tempo para agarrares a pedra sem te fazer muito dano é melhor desvias-te - aconselhou olhando alternadamente entre o leitão e o Ilusionista, sendo que o animal já apanhava mais uma pedra para desta vez atirar contra Alphonse, Rayleigh dava alguns passos atrás para se afastar do javali vermelho,  este já estava preparado para lançar mais uma pedra na direção de Alphonse - O Haki do Armamento leva os seus dotes físicos mais a frente, força e resistente, pode tornar o teu corpo uma parede intrespassável assim como um bomba perigosa, se o Haki da Observação leva os teus sentidos ao extremo, o Haki do Armamento faz o mesmo com os teus músculos - explicava novamente este tipo de Haki - Ele está às tuas ordens se quiseres parar e descansar um pouco podes se quiseres começar já é só lhe dar a ordem ele é teu, faz com ele o que quiseres - voltou a bater no ponto em que Alphonse era dono da vida do animal e poderia fazer com  ele o que bem intendesse.  

Spoiler:


Cria Javali Vermelho,oriundo da ilha Deserta, é pequeno não chegando nem a ter 1 metro de altura, gordo e pele vermelha caraterística da raça, como é comum nesta raça e nas criaturas da ilha ele conseguie utilizar Haki apesar de ser apenas o do Armamento que lhe dá grande poder de defesa e de destruição.
Rank: D
Habilidades A sua força bruta e resistência que são levadas ainda mais ao extremo devido ao seu Haki do armamento

Nota: Até ele morrer/Malda-lo ou deixares esta ilha ele será teu e o controlaras como se fosse um pet ajudando no teu treino e na tua vida nesta ilha erei continuar.
avatar
Syaoran

Mensagens : 749
Data de inscrição : 18/05/2014
Idade : 23
Localização : Matosinhos

Ficha do personagem
Nome:: Alibaba Saluja
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Numero 3] Casa do Silvers Rayleigh

Mensagem por Mustang em Qui 23 Jul 2015 - 19:44


Alguns dias já se tinham passado e o treino perdurava na sua intensidade. Uma nova semana estava a começar e com esta, os raios de sol da madrugada começaram a incendiar os solos. A temperatura estava elevada na Ilha deserta, a brisa estava amena, um pouco superior para os lados verdes. O local parecia calmo, parecia apenas mais um dia normal. Mas não, alguns explosões de ar surgiam em recantos diferentes da ilha. Parecia um confronto.

- Não és nada fácil de se lidar. – um jovem de longos cabelos verdes percorria o recinto de ramo a ramo, saltando a alta velocidade como um Shinobi de Konoha. O seu corpo tinha diversos arranhões e estava sujo, já pouco restava das suas roupas, as calças mantinham-se intactas, mas a camisa estava completamente destruída. Os seus longos cabelos verdes estavam amarrados por uma pequena fita. Detinha algumas flechas e um arco de madeira presos às suas costa. Num movimento rápido pousou no solo de terra, encarando frente a frente aquela criatura estranha. O grande porco dados por Silvers, que também estava em mau estado – Vamos lá.


O porco nada respondeu, apenas soltou um enorme rugido fazendo ecoar e estremecer todo o local. De seguida cobriu o seu corpo com uma energia invisível, logo materializando-se numa armadura preta que percorria todo o corpo. Durante uma semana inteira, Alphonse tinha enfrentado a mais poderosa versão do Haki dos armamentos. Sem puder utilizar nem um pouco da sua energia, nem os seus poderes místicos. Sinceramente, ainda não dominava o Haki de Armamento, conseguia colocar uma pequena armadura sobre o seu corpo, ainda invisível.

Com um novo rugido, o porco atirou-se ao ilusionista. À velocidade que rasgava o ar poderia equivaler a diversas balas de canhão, o sufeciente para desfiar um corpo humano. O Sasagawa afastou um pouco os pés e logo se posicionou defensivamente. A energia começou a fluir do seu corpo e fazer levitar algumas pequenas rochas.

- Armamento. – sussurrou enquanto uma leve armadura de Haki cobriu o seu corpo. Com velocidade desviou-se do golpe do porco, erguendo a perna esquerda a meio do movimento, numa posição vertical desferiu um golpe ascendente nas costas do porco. O poder do Haki de Alphonse era sufeciente para arremessar o porco, criando uma pequena cratera abaixo dos seus pés, resultante da pequena explosão de poder. Contudo, o nível de armamamento do porco era muito maior, fazendo com que o golpe do ilusionista não tivesse efeito – Merda! – Cuspiu em seco e afastou-se com algumas mortais, ganhando distância do animal que se levantava como se nada fosse.

- Vou ter que observar este espetáculo para sempre? – uma voz ecoou no meio do recinto, Alphonse já conhecia perfeitamente aquele timbre. O ambiente começou a ficar mais pesado e uma névoa começava a sentir-se por toda a ilha. Silvers provavelmente sentiria a presença maligna, mas deixaria isso para responsabilidade do Sasagawa, afinal era ele que o atraía. No meio dos dois rivais surgiu uma névoa mais densa que em poucos segundos se manifestava no corpo de Shishou, o primeiro líder do clã Sapporo – Eu não vou esperar mais para o teu treino. Estás sempre a adiar o treino com desculpas. Agora preferes brincar com um porco em vez de derrotar o teu pai?


- Esta semana estava a ser tão agradável sem ti. O que te trás aqui? – o animal feroz parecia não se mexer, o que deixava o ilusionista um pouco irrequieto, provavelmente estava sobre o domínio do outro. Suspirou e coçou a cabeça, parecia um pouco entediado com a situação – Vais fazer-me passar por outro momento desconfortável...

- Sapporo Alphonse.  – respondeu com um sorriso no rosto, despertando um pouco a ira do ilusionista, Shishou sabia perfeitamente o quanto ele odiava ser chamado assim – Não me interessa se estás disponível ou não. Quer queiras quer não, foste escolhido pela lenda para restaurar ou destruir o clã. Para isso precisas despertar o poder de Akyo, mas só o conseguirás depois de dominar o poder do clã Sapporo e do Clã Rokudo. – o superior virou as costas e aproximou-se do porco que nada fazia. Colocou-lhe a mão sobre a pele e cobriu o animal com energia negra, fazendo-o entrar numa metamorfose. Em poucos segundos já pouco restava do antigo porco, parecia uma Quimera, um mostro. Com o triplo, ou melhor, quadruplo do tamanho e dos músculos. Olhos ferozes e grandes chifres que saiam dos seus ombros. Uma completa aberração. – Como é que voces dizem mesmo? Ah já sei... – para piorar, o corpo do porco foi coberto pela armadura mais forte do Haki, ficando com o corpo completamente escurecido – Armamento.

A surpresa de Alphonse era considerável, este não resistiu a situação e deixou-se recuar dois passos pelo espanto. Trincou o lábio, aquela situação era perigosa, visto que não saíria dos requesitos do treino não usaria mais nenhuma das suas habilidades que não se enquadrem nos poderes do Haki. Suspirou enquanto fechava os olhos, rapidamente regulou a respiração e diminiu o stress corporal. Olhou fixamente para o porco.

- Vem. – disse simplesmente. O animal, feroz, reagiu ao pedido e lançou-se contra Alphonse. Tanto o seu poder como a sua velocidade estavam muito maiores, mesmo com o aumento da sua massa corporal. Mantendo-se calmo, ativou o Haki de Observação, conseguindo observar com detalhe os movimento do porco. Poderia estar mais forte, mas também não podia desprezar o fato de que Alphonse também sabia fazer uso do Haki. Desviou-se sem muitos problemas, carregando a sua mão esquerda com uma leve armadura invísivel, sem esperar muito aproximou o punho do peito do animal, expandiu a energia do Haki, tentando arremessar o adversário para longe. – O que?!

Nada surgia. O golpe tinha sido completamente inútil. O irracional cessou o movimento, e com um sorriso, ergueu a cabeça para a direita, acertando todo o corpo do ilusionista, projetando-o para a àrvore mais proxima. O impacto fora reduzido graças ao uso rápido do Haki de armamento sobre o seu corpo. Recompos-se, não podia perder tempo, poderia significar a sua morte.

“Segundo o que sei, o Haki de armamento pode ser utilizado como defesa, mas também pode ser usado como blast, expandindo a energia do armamento. Todavia, a minha defesa em conjunto com a expansão, não são fortes o suficiente para adentrar naquele nível. Tenho que conseguir solidificar o meu Haki aquele nível”

- Não conseguirei solidificar todo o corpo se tentar fazer isso. – sussurrava para si mesmo, tentando ordenar os seus próximos passos. Pareciam um pouco arriscados – No momento em que solidificar mais um dos meus membros, no momento em que desferir o meu grande ataque, todo o meu restante corpo vai ficar desprotegido. – trincou os lábios, tentava pensar em algo melhor, mas nada surgia – Não existe outra maneira de quebrar aquela armadura...

Suspirou novamente e regulou a sua respiração com a natureza. Agora posicionava-se ofensivamente, parecia uma pose semelhante ao clã Hyuuga de Konohagakure. O adversário parecia entender o começo do novo round, adotando uma postura também ofensiva, seria um choque de Hakis. Continuando com o Haki de observação ativo, Alphonse lançou-se sobre o porco ao mesmo tempo que este se lançava sobre si. O ilusionista erguia o seu punho direito, enquanto canalizava todo o poder da sua armadura naquele punho, quebrando a proteção no restante corpo. O braço de Alphonse tornava-se preto, tal como o corpo do porco.

-Busoshoku: Koka! – gritou o jovem rapaz enquanto o seu punho colidia com o corpo do animal causando a maior explosão de poder que tinha existido naquela ilha. O golpe continuou por algum tempo enquanto ambas as energias se manifestavam, mas o poder do porco parecia enfraquecer por algum motivo. Os olhos determinados e ferozes de Alphonse começavam a intimidar e restringir as habilidades do outro. No final da explosão, ambos os corpos foram arremessados, porém em direções opostas. O corpo do animal voltava ao que era antes, agora inanimado no meio de uma cratera, tal como o ilusionista. Contudo, o ilusionista ainda mantinha a sua consciência, fitava os seus enquanto mais uma vez tentava coordenar a sua respiração. Estava ofegante, todo o seu corpo doía.

- Cada vez me surpreendes mais. – Shishou sentou-se ao lado do jovem rapaz, este não percebia o porquê daquela situação – Tu és um génio. Consegues superar-te em todos os teus limites, apesar de não ser pelos melhores motivos. Não deixes que a tua sede de vingança acabe por restringir as tuas habilidades. Afinal eu perdi a vida para Daemon Spade devido a esse erro. Demasiado poder, sede de vingança, por vezes não te deixam ver as verdadeiras probabilidades dos acontecimentos. – Shishou pela primeira vez sorria, Alphonse começava a entender o porquê daquela situação, como também começava a perceber no que se baseava controlar os poderes do clã Sapporo e clã Rokudo – Como já deves ter percebido, vais ter que o enfrentar para conseguires todo o poder do clã.

Alphonse sorriu e Shishou sorriu de volta.

- Não quero saber das tuas intenções, eu até gostei de ti. Não posso dizer outra coisa, afinal tu é que vais acabar por decidir o final da história Sapporo e Rokudo. – colocou o braço por cima de Alphonse – Eu, Sapporo. D Shadow, concedo-te o trono da família Sasagawa. Considero-te, frente a frente, sucessor de ser a minha reencarnação e visto assim, receber o direito de portar o Símbolo dos Sapporos.

Em poucas palavras de despedida, o corpo de Shishou transformou-se em energia negra, adentrando pelo corpo de Alphonse, como se de uma fusão de assimilação se trata-se. Uma pequena marca surgiu na mão direita de Alphonse, representando o clã Sapporo. Os seus cabelos soltaram-se e escureceram. Os seus olhos deixavam de ser verdes e passavam a ser azuis como o céu.



“Tal como seu pai, a mesma metamorfose. No dia que Kazu apunhalou o meu respeito e suprimiu o meu lugar para adquirir Rokudo Mukuro. O dia que recebeu a bênção dos Sapporo e a bênção dos Rokudo. Mas porquê? Porquê essa metamorfose tão cedo? Ele ainda não conseguiu os poderes da vertente Rokudo…














Então ele está mais perto do que esperado…




Daemon Spade.”
Spoiler:


[
avatar
Mustang

Mensagens : 435
Data de inscrição : 08/05/2014

Ficha do personagem
Nome:: Sasagawa Alphonse
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Numero 3] Casa do Silvers Rayleigh

Mensagem por Mustang em Sab 25 Jul 2015 - 13:31

O javali tinha ficado inconsciente por alguns dias, ao contrário de Alphonse que apenas levara meio dia para se recuperar completamente do confronto. Cada vez se agradecia mais pela chama do sol que corria pelas suas veias, simbolizava o espírito da sua mãe que ainda o protegia, já o salvando diversas vezes. Desta vez, o ilusionista estava no meio de um descampado, no topo de uma colina. Parecia meditar sobre as suas pernas cruzadas, mantinha os olhos fechados e os seus longos cabelos negros presos por uma fita, estes dançavam delicadamente ao ritmo da brisa. O seu arco e flechas de Madeiras repousavam sobre as suas pernas.

- O modo como Shishou falava sobre ele era diferente. - falava para si mesmo enquanto refletia nas palavras que Shishou dissera à alguns dias - Provavelmente Daemon Spade utiliza algumas técnicas impróprias. Segundo as lendas o clã Rokudo é repleto de mistérios. Todos os membros do seu clã causaram tumulto no mundo, ilusionistas banhados pelas trevas.

O jovem abriu os olhos e ergueu o seu corpo calmamente, pegando no seu arco e em apenas uma flecha de madeira. Fitou o monte que estava a alguns kilometros de si, pretendia acertar num pequeno alvo no centro. Alphonse ergueu o seu arco, posicionando-se tal como Archer lhe ensinara nos tempos em que servia Konoha ativamente. As chaves mestre para o domínio do arco e flecha era a respiração, seguindo-se da sincronização e por fim da estabilidade mental, que por si já era um requisito complicado para alguém que controlava a arte do engano. Colocou a primeira flecha corretamente, mirando em direção ao alvo, parecia já ter uma quantas flechas perto deste.

- Busoshoku. - sentiu aquela energia tão peculiar percorrer os seus sentidos, aproveitou-se a utilização do Haki de observação para manifestar e controlar a energia para a próxima vertente. Uma camada de energia invisível começava a cobrir o pedaço de madeira, endurecendo-o. Como um simples sopro, largou a mão que prendia a flecha, fazendo o objeto ser arremessado a altas velocidades. O seu destino foi o esperado e aclamado, tendo maior parte do seu comprimento cravado no meio do alvo, esta força toda era devido às propriedades do Haki de armamento - Ainda não foi suficiente.

O clima tropical voltava a actuar sobre a ilha, mudando repentinamente de um sol e altas temperaturas, para um nevoeiro com o céu nublado, seguindo-se de imediato a chuva aparente, que começou suavemente, mas acabou numa carga de água. O Sasagawa parecia não se incomodar com aquela situação, estava a aproveitar para refrescar e relaxar os corpos, afinal quanto mais estabilizado maior seria o controlo sobre o arco e a flecha, como também do seu Haki. Sorriu e voltou a retirar uma flecha, posicionando-se da mesma maneira, fitando o alvo novamente. Da última vez tinha acertado como o esperado, porque não seria suficiente? O objetivo seria outro?

- Isto assim torna o treino mais interessante. - disse com um sorriso obviamente referindo-se ao nevoeiro, seria um método perfeito para treinar não só o seu Haki de armamento como também para elevar o seu Haki de observação aos extremas. O seu sensor de energia foi ativado, mirando atraves de todo aquele nevoeiro e focando-se no alvo específico. Afinal, o Haki conseguia traçar energia vitais, como também estariam presentes na natureza, apenas seria mais difícil traçar-lhes - Busoshoku: Kouka - proferiu o estágio seguinte do Haki, começando novamente a cobrir a sua flecha com uma armadura invisível, que logo se condensou mais e acabou por colorir toda a flecha de preto, simbolizando o nível mais alto a nível ofensivo do estilo - Vai. - com um simples sussurro, uma simples ordem, a flecha foi arremessada rasgando o vendo. Tal como a outra, cravou-se no centro do alvo, apenas que desta vez nutriu uma explosão de força, rebentando com o alvo e consequentemente com o topo da colina - Hmm.

Voltou a colocar o arco de madeira sobre as costas. Olhou para cima deixando que a chuva lavasse o seu rosto. Abaixou a cabeça, virou o corpo e caminhou. Parecia pensativo, parecia aguardar alguém.
avatar
Mustang

Mensagens : 435
Data de inscrição : 08/05/2014

Ficha do personagem
Nome:: Sasagawa Alphonse
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Numero 3] Casa do Silvers Rayleigh

Mensagem por Syaoran em Sab 25 Jul 2015 - 16:16




Spoiler:






Alphonse acabava a sua demonstração de pericia e o seu treinamento de ambos os Haki's e ainda enquanto chovia um grupo aproximou-se da localização do Ilusionista, grupo liderado por Rayleigh, seguia-lhe um enorme Gorila azul feroz um enorme Leão vermelho de juba branca e com o seu corpo todo coberto de cicatrizes e um par de morcegos enormes, todos os 4 animais pareciam lutar entre si enquanto seguiam o humano.

- Alphonse... - dizia o velho ficando um pouco surpreso com a mudança física do ilusionista mas não era a sua tarefa saber o que se tinha passado, afinal o trato era auxilia-lo no treino - Estes aqui são as criaturas mais poderosas desta ilha, normalmente esperaria mais tempo antes de os apresentar ao que treina nesta ilha, mas recentemente as lutas entre eles tem ficado mais destrutivas e está-se a tornar um problema para os animais menores, por isso propôs-lhes um pequeno jogo. - explicou o Idoso calmamente enquanto tirava de uma saca uma caneca a mesma caneca que tinha sido utilizada para explicar o Haki ao rapaz - Cada um dos lados terá uma parte desta caneca, jogo seguinte, tu terás de lhes ganhar a parte que eles tem e se conseguires eles ficaram cada um no seu território até ao próximo aventureiro voltar. Mas por outro lado se um deles te matar ele terá a minha ajuda a dominar todo o resto da ilha. - explicou abrindo um sozinho deixando cair a caneca ao chão a fazendo quebrar em vários pedaços. - Claro que tem mais regras, eles apenas te poderão batalhar dentro do seu território... Floresta... Montanha... Cavernas - continuou a explicação dando respectivamente cada pedaço aos animais, Gorila, Leão e Morcegos respectivamente, indicando o território de cada um - Tos eles tem mestria em vários tipos de Haki por isso podem acabar por te ensinar algumas coisas, por isso é uma boa oportunidade para ti assim como também estarias a ajudar-me um pouco a manter ordem. - finalizou
avatar
Syaoran

Mensagens : 749
Data de inscrição : 18/05/2014
Idade : 23
Localização : Matosinhos

Ficha do personagem
Nome:: Alibaba Saluja
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Numero 3] Casa do Silvers Rayleigh

Mensagem por Mustang em Qua 29 Jul 2015 - 18:02

Parece que mais um estágio do treino tinha o seu término com a chegada do superior, Silvers. O velho chegava com um novo desafio, aproximando-se com as quatros criaturas mais poderosas da ilha, Alphonse já poderia imaginar do que se tratava o treino. Mas não era só um simples confronto para aplicar o seu haki, pelos vistos tinha algumas regras. Silvers partiu uma caneca em alguns bocados, dando de seguida cada bocado a uma criatura. Os quatro animais estariam divididos pela ilha, o objetivo do ilusionista era conseguir todas as partes da caneca, obviamente só usando o haki.

- Basicamente, tenho de derrotar os quatros e voltar até ti com os pedaços todos. - suspirou e logo de seguida sorriu, atando os seus longos cabelos negros - De certeza que não queres que te crie uma caneca nova? É mais simples. - brincou.
avatar
Mustang

Mensagens : 435
Data de inscrição : 08/05/2014

Ficha do personagem
Nome:: Sasagawa Alphonse
Stats:
Estilos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Numero 3] Casa do Silvers Rayleigh

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 3 Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum